A Xiaomi confirmou que lançará um smartphone gamer, o Xiaomi Play, em 24 de dezembro, na China. O novo aparelho apresenta um entalhe na forma de gota e um display LCD.

O modelo provavelmente será colocado entre os telefones da série Mi e Redmi. Isso marcará a expansão do portfólio de smartphones da empresa com uma nova série. E o Xiaomi Play será o primeiro smartphone desta nova série.

Quer ficar por dentro do que se sabe sobre esse novo celular? Então, veja o que já descobrimos sobre o novo celular da Xiaomi. Vamos lá?

A disputa oriental pelo mercado de gamers

Vale notar que a Xiaomi já tem a sua linha Black Shark para atender aos requisitos do emergente mercado de telefones para jogos. Por isso, é provável que o Xiaomi Play não seja um aparelho de jogos completo, já que a empresa está mirando em jogadores hard de videogame com seus celulares da marca Black Shark.

No entanto, o Xiaomi Play poderia ser uma resposta direta ao telefone Honor's Play, por ter o mesmo nome e também por ser destinado ao público jovem. Os celulares da Huawei se tornaram conhecidos por combinarem alta qualidade com preços acessíveis.

O seu Honor's Play é um dispositivo top de linha. Ele já pode ser listado como um dos melhores telefones para jogos, algo que poderia ter levado a Xiaomi a fazer esse novo lançamento, com um preço mais acessível.

No entanto, há quem diga que o Xiaomi Play seria uma versão renomeada do Pocophone F1.

As possíveis características do Xiaomi Play

Os rumores dizem que o dispositivo da Xiaomi terá as dimensões de 147,76 × 71,89 × 7,8 mm e peso de 150 gramas. O smartphone deve ser comercializado com um acabamento gradiente e várias opções de cores, como preto, rosa, ouro, branco, azul, vermelho, cinza, prata e verde.

A parte de trás terá um design simples com câmera traseira dupla e vertical, flash LED e um scanner de impressão digital.

Xiaomi Play

É provável que sejam disponibilizadas variantes de armazenamento de 32 GB com 3 GB de RAM, 64 GB com 4 GB ou 128 GB com 6 GB.

O Xiaomi Play também deverá ter uma bateria menor, de 2.900mAh, o que pode ser um grande ponto negativo, numa época em que os usuários precisam de baterias boas que possam durar todo o dia com uma única carga.

O dispositivo também deverá suportar armazenamento externo via slot para cartão microSD. Ele rodará no Android 8.1 Oreo.

O celular com foco no entretenimento

O nome "Play" indica que o telefone da Xiaomi também focará em entretenimento e outras coisas "divertidas". O Xiaomi Play se concentrará em recursos multimídia, como jogos e assistir a vídeos com boa qualidade de áudio e muito mais.

A frente do dispositivo apresenta uma tela de 5,84 polegadas com proporção de 19:9. O telefone tem resolução FullHD+ de 2.280 x 1.080 pixels e funciona com um processador octacore de 2,3 GHz. Ele trará um entalhe no estilo "waterdrop" em sua grande tela, o primeiro celular da fabricante com esse recurso.

Xiaomi Play

Quanto às câmeras, incluirá um sensor primário de 12 MP na parte traseira e uma câmera selfie solitária de 8 megapixels. Espera-se que ele tenha autofoco de pixel duplo, reconhecimento de cena alimentado por inteligência artificial e redução de ruído multiframe.

Além disso, a Xiaomi lançará este aparelho com um plano de dados com 10 GB gratuitos por mês. Ele permitirá que os jogadores móveis aproveitem o dispositivo sem serem incomodados pela conectividade.

Esse pacote provavelmente ajudará os usuários a acessar vários serviços e aplicativos da Xiaomi, que podem vir pré-instalados no próximo modelo. O brinde poderá ser reivindicado por meio de um aplicativo e o acesso gratuito à internet estará disponível apenas por um ano.

Lançamentos envoltos em mistérios

Embora o Natal tenha um impacto menor na China do que nos países ocidentais, parece que esse lançamento se beneficiará da cobertura da mídia. Está claro que a gigante chinesa está interessada em atingir os jovens consumidores.

Espera-se que o Lei Jun, o fundador da Xiaomi, esteja presente no local de lançamento e que ele desafiará um recorde mundial do Guinness com o Xiaomi Play.

Este smartphone tem tudo para ser um enorme sucesso, já que terá ótimas especificações e muitas opções de cores, sendo uma alternativa acessível aos jogadores. Ele deve ser uma espécie de aparelho pensado para jovens e que se concentra na estabilidade e no desempenho fotográfico.

Além do Xiaomi Play, espera-se que a série Redmi 7 também possa ter um lançamento em breve. Em seguida, teremos a terceira geração do celular Mi A3 Android One e o aguardado celular com o sensor IMX 586 de 48 megapixels.

A Xiaomi e o Brasil

Em 2016, menos de um ano depois de entrar no mercado brasileiro, a Xiaomi anunciou que mudaria sua estratégia. A empresa chegou a comercializar seus aparelhos Redmi 2 e Redmi 2 Pro no país e, desde então, não lançou novos produtos por aqui.

Entre os motivos estão as constantes mudanças nas regras de fabricação e tributação de vendas no comércio eletrônico. Além disso, a empresa não conseguiu lidar com a demanda e os usuários começaram a perder interesse em seus produtos.

Assim, não existe previsão para o lançamento do Xiaomi Play no Brasil, já que a marca não comercializa seus produtos "oficialmente" no país ou mesmo em outros países. Espera-se que o novo smartphone tenha como alvo o mercado chinês.

Muitos brasileiros importam os produtos da empresa chinesa, mas o usuário corre o risco de não ter suporte técnico em caso de algum problema.

E já que você está interessado em celulares para jogos, conheça a nossa lista com os melhores dispositivos para jogos do momento!

Leia também: