Zoom indica em Cinta e Modelador

As 3 Melhores Cintas Pós-Parto em 2018

Veja os melhores modelos de cinta pós-parto e escolha o ideal para você!

melhor cinta pós-parto
por Yasmin Miranda - Especialista em Moda, Beleza e Saúde.

Se você está procurando a melhor cinta pós-parto, muito provavelmente já está com a gravidez avançada, riscando os itens da lista de enxoval.

Então, antes de mais nada, saiba que o uso da cinta pós-parto não é obrigatório, e, na maioria das vezes, é o seu médico que vai prescrever. Ao contrário do que muita gente pensa, a cinta não "coloca a barriga no lugar" ou "ajuda a desinchar", pois esse processo acontece naturalmente, conforme você amamenta, se movimenta e etc.

Ela, na verdade, proporciona uma sensação de segurança para as mamães que carregaram umas 40 semanas seu bebê e agora estão se sentindo desconfortáveis com a barriga um pouco solta.

Nesses casos, a melhor cinta pós-parto é aquela que comprime sem ser desconfortável e te dá segurança para caminhar, sentar e levantar. Existem vários modelos, por isso reunimos os 3 tipos mais comuns para te ajudar a fazer a escolha certa. Olha só:

 

Leia também: Os Melhores Carrinhos de Bebê do Momento

A calcinha alta é uma opção mais barata de cinta pós-parto

Cinta pós-parto calcinha alta

Quem procura um modelo básico de cinta e costuma se sentir desconfortável com peças muito apertadas, pode acabar optando pela calcinha cinta, como este modelo Slin U, que pega somente a parte do abdômen e é sem costura.

Esse tipo, embora não faça tanta compressão quanto os outros modelos, é suficiente para segurar a barriga e dar a sensação de segurança.

Clique aqui para conferir as ofertas deste produto.

Características da cinta pós-parto:

  • Reforçado no abdômen
  • Sem costura
  • Fabricada em poliamida

Um boa opção de cinta pós-parto tipo body pode ser a Lucitex

Cinta pós-parto Lucitex

A cinta body é aquela de corpo inteiro, que vai desde a calcinha até o sutiã. Esse tipo de cinta comprime todo o tronco e da ótima sensação de segurança.

A vantagem é que a maioria dos modelos é cinta pós-parto amamentação, ou seja, que tem abertura para os seios e colchetes na parte inferior para facilitar a higiene pessoal sem que você precise tirar a peça inteira.

Clique aqui para conferir as ofertas deste produto.

Características da cinta pós-parto:

  • Tem abertura para amamentar
  • Tem abertura para higiene pessoal
  • Reforçado no abdômen
  • Fabricada em poliamida

O modelo mais buscado é a cinta pós-parto sem sutiã, como a Power Jersie

Cinta pós-parto Power Jersie

Existe também a cinta sem o sutiã, um tipo muito procurado, pois comprime o quadril inteiro e todo o tronco e da ótima sensação de segurança. Mas relaxa, pois você consegue ficar livre para trocar o sutiã se ele sujar de leite, por exemplo.

Ela também tem abertura inferior e, como é o caso desse modelo, duplo tecido frontal para ajudar a manter o abdômen contraído.

Clique aqui para conferir as ofertas deste produto.

Características da cinta pós-parto:

  • Tem abertura para higiene pessoal
  • Reforçado no abdômen
  • Fabricada em poliamida com forro em algodão

Ter paciência é fundamental!

Eleger a melhor cinta pós-parto é muito difícil quando se trata de algo tão particular como o nosso corpo, principalmente em um momento vulnerável como nos primeiros dias depois do nascimento do seu tão aguardado bebê.

Tenha em mente que tudo vai dar certo! O importante é se sentir bem e ter paciência, pois com o tempo, tudo vai voltando para o lugar.

 

Leia também: As Melhores Cadeiras para Auto do Momento

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!