Zoom indica em Console de Video Game

Resident Evil, Bloodborne e mais: os 10 melhores jogos de survival e terror em 2019

De Bloodborne a Resident Evil, aqui estão os 10 melhores jogos de terror para videogame no momento, confira!

melhores jogos de surviral e terror
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Jogos de survival e terror vivem uma era de ouro e têm uma grande variedade. Qual deles faz mais o seu estilo?

Preparamos uma lista com os dez melhores jogos de terror, passando por diferentes subgêneros, para ajudar a sua busca pelo arrepio ideal.

10. Em Bloodborne (PS4) você tem que sobreviver em uma cidade tomada por monstros

Bloodborne

Bloodborne é um primo de Dark Souls, e também foi desenvolvido pela From Software. Seguindo o estilo da série prima, o jogo com uma dificuldade punitiva e uma história contada de maneira sutil e indireta.

Bloodborne transporta o jogador para a cidade de Yharnam, onde o terror gótico é somado à tensão constante de morrer com um único ataque nas mãos dos monstros que espreitam na cidade.

9. Você pode jogar como sobrevivente ou como o monstro em Dead By Daylight (Xbox One, PS4)

Dead By Daylight

Para quem aguenta ficar nervoso enquanto joga com amigos, Dead By Daylight é a melhor pedida. Esse é um jogo multiplayer assimétrico: grupos de até quatro jogadores são sobreviventes, tentando escapar de um assassino ou monstro, controlado por um outro jogador.

Enquanto os sobreviventes têm tarefas para cumprir e conseguir escapar, o assassino precisa persegui-los e matá-los para alimentar “a Entidade”, que lhe concede cada vez mais poderes. O jogo é angustiante, com partidas curtas, mas intensas. Há várias maneiras de vencer, e cada assassino ou monstro tem um tipo diferente de jogabilidade.

 

8. Alien: Isolation (Xbox One, PS4, Xbox 360, PS3) é um game de sobrevivência tenso e assustador

Alien Isolation

Jogos baseados em filmes não costumam agradar os fãs, mas Alien: Isolation é uma exceção. O jogo é considerado um dos survival horrors mais difíceis de todos os tempos, por um motivo simples: o xenomorfo (também conhecido como  “o Alien”) é extremamente imprevisível e mortal.

Amanda, a protagonista, é filha da heroína Ellen Ripley dos filmes e é controlada em primeira pessoa e isso só acentua a sensação de claustrofobia. Além do xenomorfo, que a persegue pelo cenário e com o qual a melhor estratégia é se esconder, há inimigos humanos e robóticos que podem ser combatidos - embora disparar uma arma de fogo não seja uma grande ideia quando há a chance do monstro aparecer.

 

7. Em Outlast (Xbox One, PS4), você está sem armas, no escuro, à beira da loucura

Outlast

Outro em primeira pessoa sem opção de combate, a série Outlast coloca o jogador na pele de um jornalista que se mete em um lugar insano. O primeiro jogo trata de experiências com pacientes de um sanatório, enquanto o segundo fala de fanatismo religioso.

Em ambos os casos a loucura é um fator importante da história. Nenhum dos dois protagonistas luta: tudo que o jogador pode fazer para sobreviver é se esconder e economizar a preciosa bateria da câmera que ilumina o ambiente. A série é considerada um marco e claramente influenciou outros títulos da lista. A versão Outlast Trinity, disponível para PS4 e Xbox One, reúne os dois games e suas expansões.

 

6. The Evil Within 2 (Xbox One, PS4) vai mexer com os seus nervos

The Evil Within 2

O criador da série Resident Evil deixou a Capcom e se dedicou à criação de The Evil Within, uma série de survival horror com vários elementos que haviam sido previamente incluídos na série de zumbis, mas com foco no sobrenatural.

O clima é de filme B, assim como em Resident Evil e os monstros se comportam e até se assemelham aos inimigos do quarto jogo da série com Leon Kennedy. Sem dar spoilers, a história gira em torno de simulações, ao estilo Matrix, mas com um toque mórbido.

 

5. Prey (PS4, Xbox One) é um game de sobrevivência com boa dose de terror

Prey

Outro exemplar de terror baseado em ficção científica, Prey é uma obra do Arkane Studios, a mesma equipe que desenvolveu Dishonored. Assim como a série irmã, Prey oferece uma experiência bastante aberta, com muitas abordagens para as situações.

O protagonista ou a protagonista se vê numa estação espacial dominada por criaturas alienígenas e em uma situação que não parece fazer sentido. Conforme a história avança, o jogo começa a questionar a própria identidade do personagem, enquanto torna a exploração da estação um desafio. O design de cenários é o grande destaque do jogo, cheio de detalhes espalhados para premiar exploradores corajosos.

 

4. Until Dawn (PS4) tem história interativa de terror com atores famosos

Until Dawn

Filmes interativos dividem opiniões. Until Dawn não tem vergonha nenhuma de ser um deles, emulando o gênero de terror adolescente, com personagens estereotipados presos em uma situação terrível.

O jogador controla todos os personagens do grupo, alternadamente, e a história se adapta às decisões, erros e acertos do jogador: é possível chegar ao fim do jogo com todos vivos ou com todos mortos, com muitas variações. A ação ocorre numa mansão nas montanhas, quando os adolescentes começam a lidar com um assassino - mas como toda boa história, as coisas não são como parecem.

3. Resident Evil 7 (PS4, Xbox One, Switch) dá vida nova à série

Resident Evil 7

A Capcom passou alguns anos patinando com a série Resident Evil e errou feio em alguns títulos, até resolver se inspirar no que estava fazendo os jogos de terror funcionarem e ter um grande acerto. Resident Evil 7 se inspira em Outlast, P.T. (demo de Silent Hill que Hideo Kojima estava desenvolvendo quando saiu da Konami) e busca retomar o gênero de survival horror.

Tudo é feito com sucesso: o jogo é em primeira pessoa, o que aprofunda a imersão necessária para dar medo, os inimigos variam entre zumbis e humanos com poderes que caçam o protagonista. O combate é desafiador o suficiente para que seja sempre mais negócio buscar uma alternativa em vez do confronto direto. A história é interessante e cheia de reviravoltas, se afastando um pouco da linha principal da série.

 

2. The Last of Us (PS3, PS4) é uma grande experiência nos games

The Last of Us

A obra-prima da Naughty Dog é um jogo duro e cinematográfico a respeito de um apocalipse zumbi causado por um fungo. O mundo não perdoa, dificultando a vida dos protagonistas, Joel e Ellie, a cada minuto, e eles ainda têm de lidar com os próprios sentimentos conflitantes no caminho.

The Last of Us é considerado um marco para os videogames, com a jogabilidade equilibrando trechos de furtividade e exploração com outros mais narrativos, que constróem a relação dos dois personagens. O jogo recebeu uma versão remasterizada para o PS4.

 

1. Resident Evil 2 Remake (Xbox One, PS4) é um clássico reimaginado

Resident Evil 2 Remake

Relançado em 2019, Resident Evil 2 é o remake do clássico de 1998, aproveitando o motor gráfico usado em Resident Evil 7 para trazer Leon e Claire para os dias de hoje. A jogabilidade foi toda refeita, mantendo um equilíbrio entre o gênero de tiro em terceira pessoa e o survival horror.

O interessante é que o jogo não é um copia-e-cola do original, mas realmente o atualiza para ficar no padrão dos dias de hoje. O inimigo Mr. X, ou Tyrant, foi incorporado ao jogo principal e persegue o jogador pela delegacia, dificultando as tarefas mais simples e causando cenas de verdadeiro terror.

 


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em console de video game