Produtos e novidades em Console de Video Game

Mortal Kombat 11: confira o review do melhor jogo de luta de 2019

Mortal Kombat 11 tem cenas violentas realistas e traz elementos clássicos da franquia.

Mortal Kombat 11
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Mortal Kombat 11 é um jogo de luta disponível para PS4, Xbox One, Nintendo Switch e PC (com download via Steam). Desenvolvido pela NetherRealm (responsável por Injustice: Gods Among Us e Injustice 2) e publicado pela Warner Bros. Interactive Entertainment, o game traz gráficos realistas, capazes de tornar as cenas violentas mais impactantes, e diversos elementos clássicos da franquia, tornando o título nostálgico para antigos fãs, mas, mesmo assim, acolhedor com os novatos.

Em dúvida se Mortal Kombat 11 é o jogo para você? Nós te ajudamos! Dá só uma olhada nessa análise completa que a gente fez.

Mortal Kombat 11 tem quatro modalidades: Konquer (que engloba as Torres, a História e o modo Kripta), Fight (com os diversos modos de luta), Learn (tutoriais, em geral) e Kustomize (customização de personagens e outros elementos). Para maior fluidez na leitura, falaremos de cada uma separadamente.

Konquer é um dos maiores modos do game, responsável por concentrar bastante da experiência do jogador. Dentro dele, existem as Torres do Tempo, as Torres Klássicas, a História e a Kripta, que funciona como uma aventura à parte.

Mortal Kombat 11Passado e presente colidem em Mortal Kombat 11

Começando pela História, Mortal Kombat 11 é influenciado diretamente pelos acontecimentos de seu predecessor, Mortal Kombat X, de 2015. O enredo apresenta a primeira grande antagonista mulher da série, a vilã Kronika, uma deusa anciã capaz de controlar o tempo. Insatisfeita com as constantes interferências de Raiden, o deus do trovão e protetor do Reino da Terra, ela se reúne aos revividos Liu Kang, Kitana, entre outros, para recomeçar a história.

Entretanto, para que seu plano dê certo, Kronika embaralha as épocas e cruza passado com presente. O resultado é o reaparecimento de inimigos já vencidos, como Shao Khan, mas também de aliados, caso de Liu Kang e Kung Lao (antes de serem eliminados por Raiden).

Toda essa narrativa se desenrola até um final que se escancara para um próximo título da franquia. A estrutura do game é quebrada em capítulos, cada um protagonizado por até dois heróis – da mesma forma que Injustice 2, por exemplo.

Diversas vezes, o grande foco da história é a colisão de ideais entre personagens do passado e seus respectivos “eu” do presente. Também é muito interessante reparar no cuidado da caracterização de quem é trazido do passado, feita para marcar a diferenças de épocas. Um exemplo mesmo é o jovem Johnny Cage, que usa uma jaqueta neon azul e roxa, em contraponto com um Cage mais velho que usa roupas mais sóbrias.

Mortal Kombat 11

No que tange nos gráficos, Mortal Kombat 11 é quase uma aventura cinematográfica. O título se supera e, consequentemente, impacta. Isso porque o nível de detalhes é tanto que é quase impossível não se impressionar com a brutalidade das cenas dos golpes e especiais.

Esse realismo se estende na humanização dos personagens, que se tornam mais compatíveis com homens e mulheres de diversas etnias, e se resulta em um enredo diverso e próximo do jogador – tirando, claro, todas as magias e golpes surreais.

Mortal Kombat 11

Outro aspecto capaz de incrementar o realismo é a trilha sonora imersiva e a dublagem, muito bem-feita. Dentro disso, é importantíssimo destacar o cuidado da produção em trazer Cary Tagawa, que atuou como Shang Tsung no filme de 1995, de volta como o mesmo personagem em MK 11. 

Entrando na jogabilidade, Mortal Kombat 11 adiciona alguns golpes e introduz a mecânica do Fatal Blow, um tipo de golpe especial que só é possível utilizar uma vez por combate e quando o lutador está com menos de 30% de vida. Já as barras de ataque e defesa acrescentam mais um pouco de estratégia ao jogo, convertendo-se em elementos importantes para sair de uma situação complicada ou colocar mais pressão no inimigo, por exemplo.

No geral, a forma de se jogar é complicada de início, já que são necessários diversos botões para destravar um golpe ou combo. Mas, uma vez que o jogador complete o tutorial, a jogabilidade se torna mais simples e fluida.

Mortal Kombat 11Cada Torre tem um propósito, mas ambas dão uma sobrevida ao game de luta

Existem dois modos de torre: as Torres do Tempo e as Torres Klássicas. Nos dois casos, cada torre funciona como uma sequência pré-determinada de lutas. Além disso, ambas servem como um tipo de “sobrevida” de Mortal Kombat 11 por modificar a experiência de jogo. Também exigem uma experiência satisfatória, tornando-se acessíveis para jogadores iniciantes e ótimas para quem gosta de colecionar itens.

As Torres Klássicas variam de tamanho e dificuldade além de recriar as experiências dos arcades. Em uma delas, por exemplo, o jogador enfrenta 25 inimigos apenas com uma barra de vida para todos os combates. Já em outra, a quantidade de adversários é infinita.

A menor torre tem como oponente final Kronika, simulando a sensação de última fase do jogo. Ao vencê-la com diferentes personagens, são criados finais alternativos, levantando questões como “como seria se o herói X tivesse ganhado?”.

Já as Torres do Tempo mudam constantemente suas composições e desafios, podendo até ser temáticas – algumas até dão a oportunidade de enfrentar um oponente com outro jogador. Essa modalidade é uma ótima pedida para aqueles que gostam de superar dificuldades diariamente.

Mortal Kombat 11A Kripta é quase um mini-game dentro de Mortal Kombat 11

A Kripta é um modo em que é possível coletar itens e execuções. Em Mortal Kombat 11, ela tem como cenário a ilha de Shang Tsung, um vilão icônico na saga Mortal Kombat – incluindo o filme.

Diferentemente de Mortal Kombat X, em MK 11, a modalidade é em terceira pessoa e funciona como um mini-game. Enquanto explora e interage com diversas áreas, o jogador passa por paisagens nostálgicas e utiliza artefatos de alguns personagens, como o martelo de Shao Khan, a lança de Scorpion, a venda de Kenshi, entre outros.

Responsável por outra grande parte da experiência do título, o modo Fight traz múltiplas formas de combater outros jogadores, seja de forma online ou off-line local. Nele, também existe o modo de Batalha de Inteligência Artificial, no qual é possível configurar um time para lutar contra outra equipe, configurada por outra pessoa.

A modalidade Learn traz não só o tutorial, como também a oportunidade de treinar golpes comuns e Fatalities. Como todo bom jogo de luta, as lições são extremamente didáticas e servem para os iniciantes e aqueles que procuram se profissionalizar. Quem passa por elas, têm uma experiência bem construída.

Os guias de movimentos são amplos e abrangem todos os lutadores, incluindo golpes, vantagens e desvantagens personalizados. Há também aulas sobre estratégia e até mais avançadas, como é o exemplo da “frame data”, que treina o jogador para compreender as janelas de tempo entre os golpes e obter vantagens a partir disso.

Mortal Kombat 11Customize ao máximo os personagens no modo Kustomize

A customização em Mortal Kombat 11 é tão intensa que é possível construir um personagem único, totalmente particular. O game permite modificar desde roupas e equipamentos até a forma de entrar numa luta e posições de vitórias.

Uma grande vantagem para os iniciantes é que as roupas são estéticas e não impactam na jogabilidade. Cada uma tem um nível de raridade e podem ser encontradas de forma mais fácil, pelo modo História ou Kripta, ou mais difícil, por meio de desafios da Torre do Tempo.

Há também os equipamentos, capazes de evoluir e acrescentar alguma habilidade, como redução de dano de ataques específicos. Vale ressaltar que esses itens também têm níveis de raridade.

E aí, qual a conclusão?

Mortal Kombat 11 é um jogo extremamente divertido e versátil, capaz de agradar jogadores iniciantes e fãs de longa data do gênero de luta. O título traz um clima nostálgico envolto em um ótimo enredo.

Mortal Kombat 11

Também estão na lista de pontos positivos a alta customização, a trilha sonora e o nível gráfico, responsável por um realismo quase assustador. Mortal Kombat 11 entra para a lista dos grandes games da franquia de Ed Boon e John Tobias.

Confira as ofertas do jogo Mortal Kombat 11!

 

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em console de video game