Comprar geladeira: como escolher a ideal para sua casa? [Guia de Compras]

Precisa de uma geladeira e não sabe qual modelo comprar? Confira nosso Guia de Compras completo!

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 11 min. de leitura.

Compartilhe:

Precisando de uma geladeira nova e não sabe por onde começar? A equipe do Zoom preparou um Guia de Compras de geladeira completo, explicando os requisitos que devem ser considerados na hora da compra de um refrigerador.

Acreditamos que, apesar da marca poder ser um fator importante na decisão, assim como a confiança que se tem nela, é necessário que se atente para aspectos como o tamanho e a capacidade do refrigerador, o tipo de degelo, o tipo de porta, o consumo e o design. E vale ressaltar também que, antes de sair às compras, é importante saber o tamanho da própria cozinha e o orçamento disponível, dois fatores cruciais para a escolha da melhor geladeira. Com isso em mente, dê um Zoom no nosso guia abaixo:

Leia mais: As melhores geladeiras para comprar em 2020

Tamanho e Capacidade

É muito importante ter ideia do espaço disponível na cozinha e reservar uma área confortável para a geladeira. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
É muito importante ter ideia do espaço disponível na cozinha e reservar uma área confortável para a geladeira. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Os tamanhos das geladeiras estão relacionados à capacidade de cada modelo. Vale ressaltar que o tamanho disponível na cozinha é um fator importante na hora da escolha, principalmente quando a busca é por uma geladeira grande. Lembramos também que ela precisará de um espaço seguro a sua volta para que o ar possa circular, evitando o superaquecimento. Veja abaixo as três capacidades diferentes disponíveis no mercado, e para quais perfis são indicados:

Baixa capacidade

Com até 300 litros de capacidade, as geladeiras de baixa capacidade suprem as necessidades de uma pessoa, um casal ou aqueles que não costumam comer em casa durante a semana. As geladeiras pequenas de até 300 litros também não precisam de muito espaço para instalação. A Electrolux DC35A é um exemplo de geladeira que está nessa faixa de até 300 litros.

Média capacidade

Com capacidade de 300 a 400 litros, as geladeiras de capacidade média possuem um tamanho razoável para famílias de até 4 pessoas, ou casais que usam com frequência o eletrodoméstico. O tamanho dessas geladeiras é um pouco mais largo e profundo que o de baixa capacidade, dando mais espaço para armazenar uma quantidade maior de alimentos. A Consul CRM39AB é uma geladeira de 340 litros, que está dentro da faixa de média capacidade.

Alta capacidade

Com mais de 400 litros, das quais as maiores podem atingir até 765L de capacidade, essas geladeiras são grandes e atendem as necessidades de famílias ou grupos com mais de 6 pessoas. Lembre-se, o tamanho da sua cozinha é um fator limitante para o tamanho do refrigerador. Portanto, compare as medidas antes de fazer a escolha do tamanho do refrigerador.

A geladeira Brastemp BRE57AK, de 443 litros, é um dos modelos mais buscados nessa faixa de capacidade.

Tipo de degelo

O degelo é importante para evitar o acúmulo de gelo no interior do freezer, o que pode causar uma mudança na temperatura do refrigerador (às vezes alimentos das primeiras prateleiras acabam congelando), ou interferir na conservação de alimentos congelados (quando todo aquele gelo acumula e engole um pote ou uma comida, tornando tudo uma única pedra de gelo).

Modelos que não possuem um sistema automático de degelo podem acumular pedras no seu interior. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Modelos que não possuem um sistema automático de degelo podem acumular pedras no seu interior. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Nessa escolha é importante considerar a rotina das pessoas que moram na casa, e o quanto elas estão dispostas a realizar o degelo manual. Os preços também variam quando o quesito é o tipo de degelo - ou seja, quanto mais automático, mais caro o refrigerador. No momento, existem quatro diferentes tipos de degelo disponíveis entre as fabricantes: manual, semiautomático/seco, cycle defrost e frost free.

Degelo Manual

Aqui é preciso se planejar para desligar a geladeira, pois o degelo manual só é realizado quando a camada de gelo atinge 1 cm, desligando a geladeira na tomada. Requer mais disposição e cuidado na hora da limpeza, e costuma ser mais barata que modelos com maneiras mais automatizadas de degelo. A geladeira Esmaltec ROC 31, possui esse tipo de degelo.

Degelo Semiautomático/Seco

Nesse tipo de degelo, basta apertar um botão e nada mais. As geladeiras com degelo semiautomático/seco são mais baratas que os totalmente automáticos. Seu funcionamento é bem parecido com o degelo manual, porém, com a vantagem de não ser necessário desligar o eletrodoméstico da tomada, já que a água descongelada vai para um compartimento onde ocorre a evaporação ou para uma bandeja abaixo do congelador que precisa ser esvaziada.

Nesse modelo o refrigerador funciona normalmente enquanto acontece o descongelamento do freezer. É indicado para quem busca praticidade, pois evita a poça d’água na cozinha, e apresenta valores mais acessíveis. A Electrolux RE31 é um exemplo de geladeira semiautomática e uma das mais buscadas por aqui (até preparamos um Review em 1 Minuto sobre ela!).

Cycle Defrost

Basicamente, um modelo Cycle Defrost é manual no freezer e seco no refrigerador. Em resumo, as vantagens são os preços baixos e a necessidade de realizar o degelo apenas duas vezes ao ano. A geladeira Consul CRD37 é um exemplo, ou seja, o sistema cycle defrost permite que o gelo se acumule menos do que modelos manuais. Ah! Para ver o Review em 1 Minuto da CRD37 é só clicar aqui!

Frost Free

Por último, mas não menos cobiçada, as geladeiras Frost Free não precisam de degelo nunca, pois traz tecnologias, como sistemas de circulação de ar frio, capazes de evitar a formação e o acúmulo de gelo no interior do freezer ou do refrigerador. Esses modelos estão cada vez mais popularizados, mas ainda apresentam preços mais altos que os anteriores e consomem mais energia. A geladeira Brastemp BRO80AK é um modelo Frost Free (e também tem Review em 1 Minuto!).

Leia mais: Qual a melhor geladeira Frost Free? Veja opções para comprar em 2020

Tipo de porta

As tecnologias recentes interferiram muito nos designs das geladeiras e aumentaram as possibilidades de disposição e quantidade de portas. Atualmente, existem cinco modelos diferentes de portas disponíveis no mercado, confira abaixo as características e indicações de cada um:

Uma Porta

Geladeiras de 1 porta mantém o congelador na parte interna. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
Geladeiras de 1 porta mantém o congelador na parte interna. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Modelo presente nos tamanhos menores, a geladeira de uma porta traz o freezer dentro do refrigerador, normalmente com uma gaveta entre os dois. Uma geladeira pequena de uma porta é a mais barata do mercado, além de ser indicada para quem está com o orçamento apertado, ambiente com espaço reduzido e casais ou pessoas que moram sozinhas.

Duplex

As geladeiras duplex são os modelos tradicionais, com freezer em cima e refrigerador embaixo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
As geladeiras duplex são os modelos tradicionais, com freezer em cima e refrigerador embaixo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Leia mais: Qual a melhor geladeira Duplex? 10 refrigeradores para comprar em 2020

Modelo disponível em todos os tamanhos, as geladeiras duplex são as mais tradicionais nas cozinhas brasileiras e possuem duas portas: uma para o refrigerador e outra para o freezer, que fica na parte de cima. Por isso, ela também é indicada para pessoas que tenham crianças que já podem acessar o refrigerador, por exemplo, ou quem tem mobilidade reduzida para atingir alimentos em uma altura maior.

Inverse

As geladeiras Inverse possuem o freezer em cima e o refrigerador embaixo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
As geladeiras Inverse possuem o freezer em cima e o refrigerador embaixo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

As geladeiras Inverse são mais recentes e trazem uma tecnologia capaz de economizar energia, o que a torna um pouco mais cara que as outras. Esse modelo tem duas portas, mas o que a difere da duplex é a disposição do freezer, que encontra-se invertido nesse caso, ou seja: congelador na parte de baixo, refrigerador na parte de cima.

Ela é mais acessível para quem faz uso mais frequente do refrigerador, para pessoas que possuem dificuldade para se abaixar, como idosos ou até mesmo para quem quer evitar que crianças alcancem essa área interna.

Side by Side

A geladeira Side by Side é um modelo de duas portas, lado a lado. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
A geladeira Side by Side é um modelo de duas portas, lado a lado. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Leia mais: Qual a melhor geladeira Side by Side 2020? Confira 7 opções

Trazendo duas portas lado a lado, a geladeira Side by Side é a mais versátil de todas, sendo indicada para quem usa com frequência o freezer, já que nesse modelo ele ganha mais espaço. Esse tipo de porta é ideal para cozinhas planejadas e costuma ter uma profundidade menor e uma largura maior que as outras, além da capacidade, em geral, ser acima de 500 litros.

French Door Inverse

A geladeira French Door Inverse possui 3 portas. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)
A geladeira French Door Inverse possui 3 portas. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O modelo mais diferentão de todos é a geladeira French Door Inverse que conta com três portas. Assim como a Inverse, esse é um tipo invertido, onde o freezer é localizado embaixo; porém, nesse caso, em cima ficam dois compartimentos diferentes de refrigerador, com as portas lado a lado.

O modelo French Door é o mais cara de todo e está disponível nos tamanhos realmente grandes. Ou seja, é ideal para uma família maior que faz muito uso de todos os compartimentos.

Consumo

A etiqueta do INMETRO nos aparelhos auxilia a descobrir o selo de eficiência energética dos eletrodomésticos. (Imagem: Reprodução/Electrolux)
A etiqueta do INMETRO nos aparelhos auxilia a descobrir o selo de eficiência energética dos eletrodomésticos. (Imagem: Reprodução/Electrolux)

Eletrodomésticos como geladeiras, lavadoras de roupa, fogões e ar condicionados necessitam de um consumo alto de energia, por isso é muito importante saber qual o selo de eficiência energética da aparelho. Ela indica o índice de consumo energético, no qual o “A” significa o mais econômico.

Além do selo Procel, por exemplo, tecnologias específicas também auxiliam na economia de energia. Abaixo separamos algumas delas para explicar de que forma e porquê são funcionais para o consumo:

Tecnologia Inverter

A tradução dessa palavra para o português significa “inverso”. Portanto, essa tecnologia utiliza um compressor inverso para controlar o fluxo de energia e a rotação de acordo com a quantidade de armazenamento interno no refrigerador.

Esse controle maior consegue reduzir o consumo de energia e manter os alimentos refrigerados mais seguros, sem estragar com a troca de calor. As geladeiras Inverter também são mais silenciosas, já que escovas, polias e correias não fazem parte de seus motores. A geladeira Panasonic NR-BT42BV1X é um modelo que possui esse diferencial, por exemplo.

Alerta de Porta Aberta

As geladeiras com alerta de porta aberta são indicadas para quem não costuma conferir se a porta realmente fechou, e compromete a refrigeração de toda a geladeira. Essa tecnologia emite um alerta caso a porta da geladeira fique aberta entre 2 a 5 minutos, e só para de apitar quando ela fechar ou o botão de porta fechada no painel for acionado, depende do modelo.

A geladeira Brastemp BRM54HK é um modelo com alerta de porta aberta.

Painel externo

Essa função ajuda na economia de energia, pois evita o abre e fecha da porta para regular temperatura e possibilita a escolha de funções pré-programadas de refrigeração pelo painel. As geladeiras com painel externo estão cada vez mais populares e presentes no mercado, garantindo mais praticidade e modernidade.

A geladeira Electrolux DFN41 tem como diferencial o painel externo Blue Touch. Para saber mais sobre ela é só conferir nosso artigo:

Design

O design de cada modelo e marca também vai interferir na durabilidade ou na facilidade de limpeza do eletrodoméstico. Mencionamos três tipos de acabamento diferentes e seus diferenciais:

Geladeira Inox

A geladeira Electrolux DM84X é uma geladeira com acabamento em inox. (Imagem: Divulgação/Electrolux)
A geladeira Electrolux DM84X é uma geladeira com acabamento em inox. (Imagem: Divulgação/Electrolux)

Leia mais: As Melhores Geladeiras Inox em 2020: compare marcas e preços

O acabamento inox é responsável por agregar durabilidade no aparelho e um visual moderno para o ambiente. O aço escovado não descasca ou amarela ao longo do uso, e é indicado para quem tem crianças ou deseja pagar um pouco mais por um produto que garanta resistência.

Geladeira Branca

A Brastemp BRM44HB é um exemplo de geladeira branca. (Imagem: Divulgação/Brastemp)
A Brastemp BRM44HB é um exemplo de geladeira branca. (Imagem: Divulgação/Brastemp)

Leia mais: Brastemp BRM44HB: confira análise da ficha técnica e preço da geladeira

É o design mais tradicional e, por ser branca, ela combina com qualquer decoração de cozinha. No entanto, a longo prazo, ela pode amarelar e, em alguns casos, descascar. Por esses motivos ela tem um preço mais em conta quando comparada aos outros dois acabamentos.

Geladeira Preta

A geladeira Panasonic NR-BB53GV3 é um modelo com acabamento em preto. (Imagem: Divulgação/Panasonic)
A geladeira Panasonic NR-BB53GV3 é um modelo com acabamento em preto. (Imagem: Divulgação/Panasonic)

Leia mais: Geladeira Preta: compare os preços de 7 opções para comprar em 2020

Essa é sinônimo de sofisticação e elegância. O acabamento em preto espelhado é chique e fácil de limpar, mas cuidado para não arranhar! Esse acabamento também costuma ser um pouco mais caro que o inox, mas vai deixar qualquer ambiente impecável.

Além do acabamento, outras características também fazem diferença. Geladeiras com pés niveladores facilitam a limpeza embaixo do eletrodoméstico e a locomoção do mesmo. Já os painéis ajudam na economia de energia e são diversos, entre eles encontramos:

  • Painel Blue Touch: um painel digital moderno da marca Electrolux que consegue controlar funções com apenas o toque dos dedos.
Painel Blue Touch da geladeira Electrolux TF55. (Imagem: Divulgação/Electrolux)
Painel Blue Touch da geladeira Electrolux TF55. (Imagem: Divulgação/Electrolux)
  • Painel Eletrônico: esse dispositivo emite informação por LED e é controlado por botões que também ajudam na seleção de programas para o seu refrigerador.
  • Painel TouchScreen: bem semelhante ao Blue Touch, este display é eletrônico e sensível ao toque.

Recursos avançados

Depois que todos os fatores acima foram considerados, chegamos nos recursos adicionais que podem haver nos diferentes modelos de geladeira. Abaixo listamos os principais, os dividindo entre “Recursos do Refrigerador” e “Recursos do Freezer”. Dê um Zoom:

Recursos do Refrigerador

Um dispenser na área externa da porta, como este do modelo PRF520DI, pode ser considerado um recurso diferenciado do refrigerador. (Imagem: Divulgação/Philco)
Um dispenser na área externa da porta, como este do modelo PRF520DI, pode ser considerado um recurso diferenciado do refrigerador. (Imagem: Divulgação/Philco)
  • Controle de Umidade: esse recurso é perfeito para quem não quer ficar limpando suor de geladeira, ou seja, aqueles pinguinhos de água que escorrem ao redor dela. Com o controle de umidade a geladeira economiza energia e não compromete sua cozinha ou alimentos devido à alteração de temperatura.
  • Fluxo Múltiplo de Ar (Multiflow): esse sistema torna a circulação do ar mais homogênea no interior do refrigerador, melhorando o resfriamento.
  • Filtro de Água Embutido: presente na parte externa da porta da geladeira, esse filtro permite pegar água fresca ou gelo sem a necessidade de abrir o refrigerador, o que economiza energia. Existem o filtro manual e o filtro com ligação no encanamento da cozinha, o qual exige a realização de obras na cozinha para instalação.
  • Resfriamento Rápido: são compartimentos ou prateleiras que ficam próximos ao congelador e podem ser usados para gelar alimentos ou bebidas rapidamente.
  • Iluminação LED: economiza energia e melhora a visibilidade interna do refrigerador.
  • Compartimento Extra-Frio: compartimentos fechados que tem o resfriamento direcionado para ficarem mais frios.

Recursos do Freezer

  • Fábrica de Gelo: com um sistema ligado à abastecimento de água, a geladeira consegue produzir gelo de forma automática.
  • Gela Taças e Copos: compartimento especial para copos e taças, pensados para bebidas geladas, como cerveja ou vinho.
  • Acelerador de Resfriamento Especial: uma tecnologia presente em programas de geladeiras modernas, e como o próprio nome sugere, ele acelera o resfriamento do freezer. É ideal para os dias de festa ou eventos em família, quando o eletrodoméstico tem um aumento no armazenamento.
  • Compartimento de Congelamento Rápido: ideal para congelar carnes ou alimentos muito perecíveis.
  • Controle Individual de Temperatura: presente nas geladeiras mais modernas, esse controle é direcionado para um compartimento específico.
  • Dispenser para Sorvete: feito para armazenar sorvetes para as crianças.

Leia também: