Produtos e novidades em Livros

Bienal do Livro 2019: saiba o que esperar da Feira Internacional no Rio de Janeiro

Edição de 2019 terá novidades como pavilhão infantil, espaço para pequenas editoras e homenagem à cultura japonesa

Bienal do Livro
por Luiza Ramalho - Especialista em Livros e Música.

A Bienal do Livro é uma tradicional feira literária que ocorre em várias cidades e promove exposições, sessões de autógrafo, palestras, oficinas e debates sobre temas pertinentes nos campos da literatura, arte, política e sociedade.

O objetivo é fazer uma integração entre o público, autores e editoras, fomentando a leitura, o intercâmbio de ideias e o mercado editorial no país. Além, é claro, de presentear leitores de diferentes gostos com livros a preços acessíveis e encontros com seus autores preferidos.

A 19ª edição da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro ocorrerá entre 30 de agosto e 8 de setembro, no centro de exposições do Riocentro, Zona Oeste da cidade. A feira, que tem a missão de "incentivar o hábito da leitura para mudar o país", terá novidades na edição de 2019.

Quais são as novidades que a Bienal do Livro do Rio apresentará esse ano?

Uma das primeiras novidades será notada já na entrada do evento. Tradicionalmente feita pela lateral do Riocentro, que já dava acesso direto à exposição, entrada esse ano será pelo espaço do Pavilhão das Artes, cuja exposição permanente indoor de arte de rua é a maior da América Latina.

A planta do evento sofreu mudanças e foi remodelada a fim de alocar cada perfil de público em ambientes diferentes e, assim, facilitar a interação das editoras com seu público-alvo.

Bienal do Livro 2017Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro de 2017 | Foto: Divulgação


Segundo a diretora da Bienal, Tatiana Zaccaro, o objetivo maior é priorizar a experiência do público. Por isso, os jardins, lagos e outros ambientes externos do Riocentro serão melhores aproveitados. "Vamos trabalhar com categorias muito bem segmentadas, seguindo a lógica de criar uma bienal para cada um. Para as crianças, por exemplo, teremos o pavilhão infantil", disse Zaccaro.

Além dessas novidades, segundo a coluna de Marina Caruso no jornal O Globo, o Japão será homenageado pela Bienal do Livro de 2019, com exposições de mangás e games, além de uma programação voltada a outros elementos da cultura nipônica.

E, por falar em programação, essa edição vai contar com seis espaços oficiais, conheça eles e fique por dentro dos detalhes!

Pavilhão Infantil

Pavilhão InfantilBienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro de 2017 | Foto: Divulgação


Pela primeira vez haverá um pavilhão todo dedicado ao público infantil. Com atividades lúdicas, o espaço infantil dessa edição, que se chama “Pela estrada afora...”, contará com experiências imersivas e sensoriais.

Também vale ficar ligado nos autores participantes dessa edição que dialogam com os pequenos. Na última edição (2017), Mauricio de Sousa, o criador de Turma da Mônica, esteve presente e fez parte da programação.

Arena #SemFiltro

Arena Sem FiltroArena #SemFiltro na edição de 2017 da Bienal do Rio | Foto: Divulgação


Através de encontro com autores, youtubers e personalidades conhecidas do público jovem, a área terá acesso próprio e trará mesas com temas diversos: poesia, diversidade, games, empoderamento, humor e muito mais.

Um dos autores participantes da Arena #SemFiltro da edição de 2017, foi Lázaro Ramos. O ator e autor participou de uma mesa, além de divulgar e promover uma sessão de autógrafos do livro Na Minha Pele.

Fórum de Educação

Fórum de Educação2º Fórum de Educação na Bienal do Livro do Rio de Janeiro de 2017 | Foto: Divulgação


Espaço e programação com foco no professor. Serão dois dias de evento (2 e 3 de setembro) para debater questões que dialoguem com o sistema educacional. A proposta é conectar diferentes assuntos ao tema da educação.

Entre os confirmados do Fórum de Educação está a ex-presidente da Academia Brasileira de Letras, a autora Ana Maria Machado, que também é a homenageada da Bienal deste ano.

Café Literário

Café LiterárioLeandro Karnal no espaço Café Literário da Bienal do Rio de Janeiro 2017 | Foto: Divulgação


Espaço para autores nacionais e internacionais debaterem diferentes temas com seu público. Tema como meio ambiente, feminismo, fake news e corrupção são debatidos nesse ano.

No ano de 2017, o historiador e escritor Leandro Karnal participou de uma das mesas, divulgando e debatendo o livro Todos Contra Todos – O Ódio Nosso de Cada Dia, lançado no mesmo ano.

Auditório Madureira e Palco Maracanã

Palco MaracanãFelipe Neto no Auditório Madureira, na edição de 2017 da Bienal do Livro do Rio de Janeiro. | Foto: Divulgação


O Auditório Madureira é o espaço que vai permitir o encontro dos escritores com o público em geral. Já o Palco Maracanã vai receber influenciadores e autores mais midiáticos.

Na última edição, Felipe Neto divulgou o trabalho que fala um pouco da sua história como um dos maiores youtubers do Brasil nesse palco.

Informações gerais

Dias do Evento

30 de Agosto a 08 de Setembro

Horários de funcionamento

Dias de semana: 09h às 21h
Sexta-feira: 09h às 22h
Finais de semana: 10h às 22h

Local

Riocentro
Av. Salvador Allende, 6555
Barra da Tijuca
Rio de Janeiro – RJ
22783-127

Ingressos

Inteira: R$30,00
Meia-entrada: R$15,00

 

Pra ficar por dentro das novidades no mundo literário é só clicar aqui e acompanhar a gente no /deumzoom!

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em livros