Entenda antes de comprar em Papel de Parede e Adesivo Decorativo

Como aplicar papel parede: 6 passos para acertar

Veja 6 passos para acertar em cheio na aplicação do papel de parede!

como aplicar papel parede
por Catarina Monteiro - Especialista em Casa.

Versatilidade, preço baixo e fácil aplicação. Estamos falando das características dos papéis de parede, que são opções muito práticas para repaginar a decoração da casa sem se esquentar a cabeça com a bagunça da reforma.

Se você quer apostar nessa ideia, mas está em dúvida sobre como aplicar papel de parede do jeito certo, nós temos a solução!

Neste artigo, listamos 6 dicas certeiras para você fazer a aplicação perfeita, considerando fatores como o tipo de papel de parede e o estilo de décor do seu lar. Fique de olho e mãos à obra!

1. Escolha o papel de parede ideal

Para garantir o melhor resultado, é preciso primeiramente acertar na escolha do papel de parede, já que existem modelos específicos para alguns casos. Os revestimentos mais comuns do mercado são os vinílicos, vinilizados e acetinados. Veja as características de cada tipo:

Papel de parede acetinado

O acabamento dos papéis de parede acetinados é levemente mais frágil. Por esse motivo, não se recomenda limpá-los com pano úmido, somente com flanelas macias e secas. Observada essa ressalva, pode escolher sem medo, pois se trata de uma excelente opção decorativa para o quarto das crianças ou de pessoas alérgicas, já que não acumulam pó.

Papel de parede vinilizado

Os papéis de parede do tipo vinilizados são aqueles que não apresentam revestimento, isto é, têm textura lisa. A durabilidade é altíssima, chegando a ter vida útil de até sete anos intacto na parede da sua casa. A restrição de limpeza é a mesma dos papéis acetinados, recomendando-se apenas uma flanela seca para retirar a poeira.

Papel de parede vinílico

Como o próprio nome indica, os papéis de parede vinílicos apresentam uma camada extra de vinil para conferir uma textura plástica ao acabamento. Essa camada também favorece a durabilidade do papel, tornando-o mais resistente aos efeitos da iluminação direta e da umidade.

Sem dúvida, eles são a melhor escolha para aqueles ambientes de grande circulação na casa, como áreas de convívio, além de locais úmidos. A limpeza permite a utilização de um pano levemente embebido em água e detergente.

2. Prepare a superfície antes de aplicar papel de parede

Esse é o erro mais comum quando falamos em aplicar papel de parede decorativo. As pessoas simplesmente se esquecem de preparar a parede e aí o resultado fica comprometido. Para não cair nessa armadilha, considere a regra: mesmo que a parede aparente estar em bom estado, verifique se a superfície está de fato lisa, livre de qualquer tipo de irregularidade, infiltração, mofo ou demais danos.

Caso haja fissuras na parede, é só corrigi-las com um pouco de gesso ou massa corrida. Lembre-se também de limpar e secar muito bem a parede antes da aplicação. Retire os interruptores para não atrapalharem o processo e, em seguida, coloque-os novamente.

3. Preste atenção no padrão do papel de parede

Eis uma regrinha básica, tanto para evitar desperdício quanto para garantir mais uniformidade na aplicação: saber ao certo qual o padrão do papel que você vai aplicar. Se escolher modelos com listras ou desenhos, preste muita atenção no tamanho padrão dos itens e na frequência com que cada detalhe se repete no papel. Assim, a aplicação ficará mais harmoniosa.

Confira também as medidas exatas da superfície, considerando a altura dos rodapés e das molduras. Isso ajuda a evitar desperdício e favorece o resultado, garantindo uma aplicação lisinha e sem sobras.

4. Combine cores e texturas com o estilo de décor

Sem dúvida, essa é a parte mais divertida do processo, pois é a hora de escolher seus modelos preferidos, que tenham tudo a ver com a decoração da casa. A receita para não errar é simples: avalie com cuidado todos os objetos de décor do ambiente, principalmente os móveis, buscando um resultado que tenha unidade e onde todos os elementos dialoguem entre si.

Experimente combinar a cor do papel de parede com o tom de algum móvel característico, por exemplo. Também, dá para escolher modelos de fundo neutro com estampas pontuais, combinando com as cores das cortinas, tapetes, almofadas etc. Fica um charme! Quanto às estampas, anote a regrinha básica para acertar na composição: desenhos grandes ou muito coloridos dão a impressão de que o cômodo é menor; enquanto os desenhos mais sutis favorecem a sensação de amplitude e leveza.

5. Defina o formato da aplicação

Para definir o melhor formato na hora de aplicar papel de parede, basta considerar que cada padrão de aplicação resulta em um efeito característico no ambiente. Por exemplo: um cômodo com todas as paredes revestidas causa muito mais impacto do que se você utilizar o papel em apenas uma superfície ou em meia parede.

É comum as pessoas optarem pela aplicação em apenas uma das paredes do cômodo, de preferência a principal.

Dessa forma, diminui consideravelmente o risco de sobrecarregar o ambiente com excesso de informação. Por outro lado, se você optar por um papel de parede em cor neutra, poderá aplicá-lo em todas as paredes sem medo de pesar o décor.

6. Siga corretamente as etapas da aplicação

Aplicar papel de parede vai exigir um pouco de tempo e alguns cuidados específicos, como utilizar as ferramentas corretas e seguir precisamente o passo a passo da aplicação. Vamos a eles!

Você vai precisar de:

  • trena e fio de prumo;
  • estilete e espátula lisa;
  • escada e balde para a cola;
  • pano macio de limpeza.


Passo a passo:

  • prepare a cola de acordo com as instruções do fabricante;
  • corte as folhas do papel conforme as dimensões da parede, deixando 5 cm de sobra;
  • marque o ponto de partida com uma linha de prumo;
  • aplique a cola uniformemente em cada folha;
  • aplique as folhas na parede começando de cima e desenrolando até a base;
  • retire o excesso de cola com a espátula de silicone;
  • corte as sobras com o estilete;
  • finalize com o pano macio.

 

Aplicar papel de parede pode ser muito mais fácil do que você imagina. É só ficar atento a essas dicas e garantir uma aplicação de sucesso, trazendo beleza, estilo e personalidade para sua casa. E o melhor: sem gastar rios de dinheiro!

Gostou da ideia? Então aproveite e compartilhe o conteúdo para inspirar seus amigos da rede!

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!