Embora muita gente ache que o processador e a memória RAM são os únicos responsáveis pela velocidade de trabalho de um notebook ou PC, é importante saber que as unidades de armazenamento, ou seja, o disco rígido e o SSD, também têm papel fundamental no desempenho do aparelho.

Isso quer dizer que o seu computador pode ficar mais lento porque ele demora a carregar seus dados e arquivos armazenados.

É nesse ponto que entra a memória Intel Optane, uma nova tecnologia da Intel pode deixar seu equipamento com maior velocidade de trabalho.

O que é a memória Intel Optane

Em termos simples, a memória Intel Optane é um acelerador de cache baseado na nova tecnologia Intel 3D Xpoint, que junta a leitura rápida da memória RAM com a "lembrança" dos dados oferecida pelo SSD. Ou seja, é uma memória persistente (como a SSD) com alta velocidade de leitura (como a RAM).

Quais as vantagens da memória Intel Optane?

O princípio da memória Intel Optane é semelhante ao dos computadores híbridos, que trabalham com HD e SSD para dar mais velocidade à inicialização da máquina, mas de forma que a maior velocidade também seja perceptível em outras ações, como abrir ou salvar arquivos e programas pesados.

O objetivo é que a memória Intel Optane otimize a velocidade de trabalho de um computador com HD, chegando aos níveis próximos aos de SSD, mas com mais capacidade de armazenamento por um custo baixo.

Segundo a Intel, o desempenho de um computador com memória Intel Optane ultrapassa os modelos híbridos, aumentando em até duas vezes, ou mais, a velocidade de trabalho.

Posso comprar um notebook com memória Intel Optane de fábrica?

Sim! Alguns modelos de notebooks já têm memória Intel Optane instalada. Você pode ver alguns deles aqui:

A memória Intel Optane substitui algum dos elementos do PC?

Não. Você ainda precisa de um HD e um SSD para armazenamento, e a tecnologia não dispensa a memória RAM do computador.

Qualquer computador pode receber a memória Intel Optane?

Também não. Como é uma tecnologia recente, a memória Intel Optane só serve para acelerar sistemas com processador Intel de sétima geração ou superiores, e é necessário que a sua Placa-Mãe tenha uma entrada M.2 disponível.


Leia também: