GTX 1660 vs GTX 1660 Super vs GTX 1660 Ti: veja comparativo e análise

Confira o que muda entre as três placas de vídeo da série GTX 1660

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Se você quer placas de vídeo da linha GTX cujo desempenho sejam próximos aos modelos da linha RTX 2000, os modelos GTX 1660, GTX 1660 Super e GTX 1660 Ti são as escolhas certas! Essas placas são a última linha da Nvidia antes de chegarmos ao “alto escalão” de placas de vídeo.

No entanto não é fácil decidir qual dos três modelos escolher. Qual é a melhor para jogos? Qual a mais barata? Qual tem as melhores especificações? Nós preparamos um comparativo completo entre as três placas de vídeo GTX 1660 para te mostrarmos as principais diferenças entre cada uma, além dos melhores preços delas aqui no Brasil.

Se estiver fazendo uma pesquisa para decidir qual comprar, você pode ver também as melhores placas de vídeo do mercado.

Especificações técnicas da GTX 1660, GTX 1660 Super e GTX 1660 Ti

GTX 1660 Super da Gigabyte (Foto: Divulgação/Gigabyte)
GTX 1660 Super da Gigabyte (Foto: Divulgação/Gigabyte)

A GTX 1660 “convencional” e sua "irmã" GTX 1660 Ti foram lançadas juntas em 2019, e claramente a versão Ti é mais potente. Ela possui mais núcleos CUDA e uma velocidade de memória maior, apesar de o clock ser levemente menor e da memória VRAM ser a mesma.

O modelo GTX 1660 Super foi lançado um pouco depois, e tecnicamente era para ser o mais “parrudo” das três placas de vídeo. Na prática, essa versão só tem uma velocidade de memória maior, pois mantém a quantidade de VRAM dos modelos anteriores, e chega a ter menos núcleos CUDA que a versão Ti.

No entanto, se avaliarmos mais minunciosamente as três placas, perceberemos que o modelo Super também possui uma largura de banda maior. Na potência total e TFlops, a GTX 1660 empata com a GTX 1660 Super, enquanto que a GTX 1660 Ti possui um pouco a mais.

Veja os números de cada placa lado a lado:

 GTX 1660GTX 1660  TiGTX 1660 Super
Núcleos CUDA1,4081,5361,408
Clock Base1,530MHz1,500MHz1530MHz
Clock Máximo1,785MHz1,770MHz1,785MHz
Memória VRAM6 GB GDDR56 GB GDDR66 GB GDDR6
Velocidade de memória8 GB/s12 GB/s14 GB/s
Largura de banda192 GB/s288 GB/s366 GB/s
TFlops10 TFlops10 TFlops11 TFlops
TDP120w120w125w

E como tudo isso se converte no desempenho geral? Bem, a GTX 1660 Ti e GTX 1660 Super ficarão praticamente lado a lado no desempenho, com alguma delas sendo mais eficaz dependendo da aplicação ou jogo, então não é possível definir qual é a melhor entre as duas. No entanto, ambas apresentarão uma performance melhor que a GTX 1660 convencional, o que já é esperado.

Desempenho em jogos

A GTX 1660 Ti tende a apresentar resultados levemente melhores em jogos (Foto: Divulgação/Asus)
A GTX 1660 Ti tende a apresentar resultados levemente melhores em jogos (Foto: Divulgação/Asus)

Como citamos anteriormente, a diferença da GTX 1060 Super e Ti para o modelo convencional é clara, mas entre as duas é difícil determinar qual é melhor, e isso também se resume na performance em jogos.

As três placas são feitas para rodarem jogos em 1080P com bons gráficos, e títulos como o PUBG, forza Horizon 4 e Battlefield V ficam, com FPS acima dos 60 mesmo com os gráficos no Ultra. A diferença da GTX 1660 convencional para as outras duas é em torno de 10 a 12 de FPS, por isso games como o Control podem rodar acima dos 60 FPS na versão Super e Ti, mas no modelo menos potente ficará abaixo deste valor, que é considerado o ‘mínimo” para uma boa experiência jogando.

Já a diferença entre a GTX 1660 Super e GTX 1660 Ti varia de empates até 8 de FPS de ganho na versão Ti. Alguns jogos mais pesados como o Assassin’s Creed Odyssey precisam ter as configurações gráficas reduzidas, pois, mesmo nas placas mais potentes, ainda ficam abaixo dos 60 FPS.

É sempre importante lembrar que esse desempenho também vai depender de outros fatores do computador como processador, memória RAM, entre outras peças, mas estamos falando de cenários testados com uma mesma configuração.

Desempenho em renderização

GTX 1660 Ti da Aorus (Foto: Divulgação/Aorus)
GTX 1660 Ti da Aorus (Foto: Divulgação/Aorus)

Além de serem boas para jogos, as placas de vídeo da série GTX 1660 também são excelentes opções para profissionais que trabalham com softwares que precisam fazem o uso dos núcleos gráficos, seja esses editores de vídeo, renderizadores 3D, entre outros.

As três placas se dão bem para esses profissionais também, mas é importante lembrar que elas são modelos intermediários do mercado, então dependendo do nível do seu trabalho, talvez seja mais interessante investir na série RTX.

Mais uma vez ressaltamos que esse desempenho também estará diretamente ligado ao restante da configuração do seu computador, principalmente o processador. Veja a nossa seleção com os melhores processadores para comprar em 2021.

Consumo de energia

Essas placas possuem um consumo de energia médio, com um TDP de 120W para a GTX 1660 convencional e Ti, e de 125W para a versão Super. É recomendado uma fonte de 450W para atender qualquer uma das três placas, mas claro, a depender do consumo das outras peças do seu computador, essa fonte terá que ser mais potente.

Se quiser montar seu setup com essas GPUs, você pode ver as nossas recomendações de melhores fontes para PC.

GTX 1660, 1660 Ti e 1660 Super: preços

Falar de preços das placas de vídeos em pleno 2021 é algo delicado, já que a febre de mineração fez com que o valor delas fosse às alturas. A GTX 1660 Super, por exemplo, está custando a partir de R$ 6.349, enquanto o modelo mais “básico” parte dos R$ 5.000. Já o modelo Ti está em falta no momento da publicação deste comparativo.

Veja abaixo os melhores preços das placas de vídeo:

Conclusão

As placas de vídeo GTX 1660, 1660 Ti e 1660 Super são o último degrau da série GTX antes de chegarmos na RTX, que é a linha de alto escalão da Nvidia. Se você não pretende usar recursos como o Ray Tracing ou DLSS, vale a pena fazer o investimento nos modelos 1660, que são consideravelmente mais baratos e oferecem um desempenho semelhante.

A versão convencional é para aqueles usuários menos exigentes que não ligam de diminuir as configurações de alguns jogos para ter um bom desempenho. Como o modelo Ti e Super são muito parecidos, a nossa recomendação é que você avalie o preço de cada um, já que suas performances são bem parecidas.

Por exemplo, se ambas estão pelo mesmo valor, vale a pena pegar a GTX 1660 Ti, que tende a apresentar resultados melhores em jogos. Se ela está consideravelmente mais cara, a GTX 1660 Super se torna a menor opção, ao custo de poucos FPS. Caso queira opções de placas ainda mais potentes, veja abaixo as nossas análises da série 3000: