Melhor placa-mãe para comprar em 2021: quais modelos escolher?

Qual placa-mãe poderá entregar a melhor conectividade e compatibilidade com processadores e placas de vídeo atuais?

Filipe SallesRedator

Publicado e atualizado 10 min. de leitura.

Compartilhe:

A placa-mãe pode não carregar o status de estrela como acontece com as placas de vídeo e os processadores, especialmente quando falamos em computadores gamer. Só que ela é a base onde essas placas ficarão conectadas. Sem ela, você pode ter uma RTX 3080, uma das melhores placas de vídeo do mercado, em casa e ela não servirá de nada.

Se formos comparar peças de computador ao corpo humano, é comum pensar que o processador é o cérebro e a placa de vídeo são os olhos. Só que não adianta colocar um cérebro e dois olhos em uma mesa sem algo que faça a conexão entre eles e distribua energia para que funcionem.

Nos computadores, é a placa-mãe quem desempenha esse papel. Tanto que, dependendo de qual modelo você escolha, pode ter a possibilidade de escolher entre comprar processador Intel Core ou AMD Ryzen, por exemplo.

Entenda a importância das placas mãe a seguir e veja quais são os melhores modelos para o seu PC em 2021!

Placa-mãe: o que é?

Fora do gabinete e com as devidas peças encaixadas, essa peça aqui é o seu computador (Fonte: Shutterstock/Raw Group)
Fora do gabinete e com as devidas peças encaixadas, essa peça aqui é o seu computador (Fonte: Shutterstock/Raw Group)

Como mostramos acima, a placa-mãe é onde você conectará todas as outras peças do computador. Ela é a base de tudo e tem duas principais funções. A primeira delas é ser uma base de conexão entre todas as outras peças.

Usando outro paralelo, pense na placa-mãe como uma panela. É nela que você vai juntar os ingredientes e fazer a conexão entre eles, resultando em um prato. E, assim como uma panela, ela pode receber tipos de ingredientes específicos. Por exemplo, não é possível fazer uma feijoada em uma frigideira, por exemplo.

Quando falamos em placa-mãe, o equivalente a isso é a compatibilidade. Qual tipo de processador ela pode receber? Com até qual geração ela é compatível? Esses são alguns detalhes em que entraremos mais a fundo em nossa lista.

A segunda função é distribuir a energia que vem da fonte para cada peça, de acordo com a necessidade de cada uma. Afinal de contas, enviar energia demais para uma memória RAM pode fazer com que ela queime, então a tarefa da placa-mãe é enviar energia o suficiente para que todas as peças funcionem corretamente e sem sofrer danos.

Como saber minha placa-mãe?

É possível que você já tenha um computador com uma das melhores placas mãe deste ano e nem saiba. É por isso que achamos importante que primeiro aprenda como saber qual é a sua placa-mãe, para depois conferir se precisa de uma renovação no equipamento. Por isso, siga o passo a passo abaixo.

Passo 1: na barra de busca do menu "Iniciar", digite "Informações do sistema", clicando no aplicativo de mesmo nome.

Passo 2: você já conseguirá encontrar o modelo da sua placa-mãe já na primeira tela. Em "Fabricante da Baseboard", saberá qual foi a empresa que fabricou a sua placa-mãe. Abaixo, você encontra o "Produto Baseboard", que é o modelo instalado em seu computador.

Ao acessar as Informações do Sistema, você logo aprende qual é o modelo da placa-mãe do seu computador (Fonte: Filipe Salles/Reprodução)

O que considerar na hora de buscar uma placa-mãe?

Você já sabe o que é uma placa-mãe e até mesmo descobrir qual é a que vem equipada em seu computador, mas posso apostar que buscar por uma ainda parece uma tarefa difícil. Essa dificuldade é bastante comum e praticamente qualquer um que resolveu se aventurar por esse mundo ficou com dúvidas na primeira vez.

Por ser a base de um computador, é comum não entender as diferentes conexões ou eventuais problemas de compatibilidade com outras peças. Sendo assim, a primeira coisa que você precisa definir antes de procurar por uma placa-mãe é o objetivo do computador.

Para que você quer usar o computador? Pretende usá-lo para o trabalho em home office? Ou é um editor de vídeo buscando ter um bom equipamento para suas criações? Ou será você alguém que está migrando dos consoles de videogame para as infinitas personalizações de um PC gamer?

Um PC gamer que rode os jogos atuais exigirá uma placa-mãe robusta para conseguir ter as melhores peças (Fonte: Shutterstock/Gorodenkoff)
Um PC gamer que rode os jogos atuais exigirá uma placa-mãe robusta para conseguir ter as melhores peças (Fonte: Shutterstock/Gorodenkoff)

Claro que pode ser um pouco de tudo isso, mas definir o seu objetivo na compra de um computador já serve como um guia ao procurar uma placa-mãe pelo preço. Afinal de contas, o uso comum não vai te exigir muito dinheiro, já que não precisará encontrar a peça mais moderna. Agora, se pretende aproveitar tudo o que um PC tem a oferecer, o ideal é ir atrás de opções premium ou que ofereçam bom custo-benefício.

Também é importante considerar o tamanho da placa-mãe. Essas peças são vendidas em três tamanhos, do maior para o menor: ATX, Micro-ATX e Mini-ITX. Quanto menor a placa-mãe, menos espaços e soquetes ela terá para fazer upgrades, mas o preço também costuma ser menor.

Um fator importante na escolha de uma placa-mãe e uma dica que damos com antecedência: decida quais serão as outras peças que pretende comprar para o seu computador. A seguir, vamos mostrar como a escolha da placa-mãe se relaciona com cada uma das principais peças de PC.

Processador

Como comentamos no início do artigo, algumas placas são compatíveis apenas com processadores da Intel, enquanto outras apenas com AMD. Além disso, algumas gerações de processadores mudam o padrão do soquete, ou seja, o espaço onde vai conectar o processador à placa-mãe.

Por isso, é importante olhar a ficha técnica da placa-mãe para saber com quais gerações de processadores ela é compatível. Caso contrário, acabará tendo que trocar o processador simplesmente por ele não se encaixar na base.

Nas características da placa-mãe acima, podemos ver que ela é compatível apenas com processadores Intel de oitava geração (Fonte: Gigabyte/Divulgação)
Nas características da placa-mãe acima, podemos ver que ela é compatível apenas com processadores Intel de oitava geração (Fonte: Gigabyte/Divulgação)

Saber qual processador comprar vai te ajudar bastante na busca pela placa-mãe perfeita. Se não sabe qual escolher, confira esse guia completo mostrando como comparar processadores!

Placa de vídeo

Os conectores das placas de vídeo são chamados de PCI Express. Esses soquetes costumam vir acompanhados de um número, como PCI Express x16.

Quando uma placa de vídeo exige PCI Express x16, isso significa que a placa-mãe precisa ter uma entrada do mesmo tipo. Caso contrário, será impossível encaixar a placa de vídeo e usá-la para aproveitar seus jogos para PC.

Confira algumas ofertas de placa de vídeo no Zoom:

Memória RAM

O tipo de DDR para memória RAM também é um detalhe importante. Atualmente, a maioria das placas mãe já são compatíveis com o padrão DDR4, presente também na maioria das placas de memória RAM disponíveis no mercado.

Ainda assim, em um futuro próximo teremos as placas DDR5, que podem não ser compatíveis com a sua placa-mãe atual. Por isso, é importante sempre conferir a ficha técnica de uma placa-mãe para saber quais são os seus conectores.

HD e SSD

O mesmo se aplica às portas para HD ou SSD. Alguns desses equipamentos possuem conectores diferentes, que fazem a diferença na leitura e escrita de arquivos.

Por exemplo, alguns SSDs possuem conectores SATA III, que costumam ter velocidade de leitura por volta de 500 MB/s. Já outros adotam o padrão M.2, com velocidade média quase dez vezes maior. Só que não adianta comprar um SSD M.2 caso a sua placa-mãe tenha apenas entradas SATA III, por exemplo.

Por fim, verifique também quantas portas USB, de rede, entrada HDMI e para fone de ouvido uma placa-mãe possui. Assim, não será pego de surpresa caso a que escolheu não disponibilize muitas portas.

Sem mais delongas, veja abaixo algumas alternativas de qual é a melhor placa-mãe para comprar em 2021!

5. Asus Prime A520M-E

A A520M-E é uma das opções mais econômicas de placa-mãe em 2021 (Fonte: Asus/Divulgação)
A A520M-E é uma das opções mais econômicas de placa-mãe em 2021 (Fonte: Asus/Divulgação)

Essa placa-mãe Asus é a mais econômica da lista, custando cerca de R$ 1.017 em março de 2021. O A520M-E é uma placa-mãe am4, que significa que ela é compatível apenas com os processadores AMD Ryzen. Além disso, é possível instalar apenas processadores de 3ª geração da fabricante.

Ele também vem equipado com slot para instalação de SSD no padrão M.2 ou SATA III, assim como para HD. Ele também permite equipar memória RAM DDR4 e possui placa de rede integrada que aceita conexões Wi-Fi de até 1GB.

Essa placa-mãe traz duas portas USB 3.2 Gen 1, uma USB 3.2 Gen 2 e seis portas USB 2.0, com duas na parte frontal e quatro na parte traseira. Em relação ao vídeo, essa placa tem entrada DVI ou HDMI para monitores ou televisores. A Asus Prime A520M-E é comercializada no tamanho Micro ATX.

4. MSI B460M Mag Mortar Wi-Fi

A placa-mãe Mag Mortar se destaca pela robustez e durabilidade, além de ser compatível com a 10ª geração de processadores Intel (Fonte: MSI/Divulgação)
A placa-mãe Mag Mortar se destaca pela robustez e durabilidade, além de ser compatível com a 10ª geração de processadores Intel (Fonte: MSI/Divulgação)

Uma opção mais robusta que a anterior, as placas mãe Mag da MSI costumam ser construídas de material mais durável, o que acaba causando aumento no preço. A MSI B460M Mag Mortar WiFi em particular é um exemplo disso.

Em tamanho mATX (sigla para Micro ATX), esse modelo é uma evolução da placa-mãe B450 e traz soquete LGA 1200, capaz de aceitar processadores Intel Comet Lake, da 10ª geração. Ele também traz dois slots M.2 para instalação de SSDs, assim como portas SATA para HD e SSD do tipo. É possível instalar memória RAM DDR4 de até 128GB e 2933MHz nele.

O B460M Mag Mortar WiFi conta também com dois slots PCIe x16 para placa de vídeo. Além disso, ele traz duas portas USB 3.2 Gen 1 na frontal e quatro portas do mesmo tipo na traseira. Junto a eles, mais quatro portas USB 2.0 na frontal, com duas adicionais na traseira.

3. MSI MPG X570 Gaming Pro Carbon Wi-Fi

Uma placa-mãe de tamanho ATX que permite memória RAM de 4400MHz (Fonte: MSI/Divulgação)
Uma placa-mãe de tamanho ATX que permite memória RAM de 4400MHz (Fonte: MSI/Divulgação)

Mais uma placa da MSI, essa traz mais possibilidades para melhorar a performance do seu PC, essa placa-mãe tem preço com cerca de R$ 2.544 no Zoom em março de 2021. Essa placa-mãe é uma alternativa à anterior para quem prefere os processadores Ryzen.

Seu soquete AM4 é compatível com os processadores de segunda à quinta geração da AMD. Ela também traz dois slots PCIe x16 para placas de vídeo. Um de seus destaques é a capacidade para memória RAM, bem superior à outra placa-mãe da fabricante que mostramos.

Essa versão da MPG X570 permite memória RAM máxima de 128GB, mas comporta placas de até 4400MHz, para quem quer montar um PC com muito desempenho. De tamanho ATX, o maior entre placas mãe, essa peça possui quatro portas USB 3.2 Gen 1 na traseira, com mais três do mesmo tipo na parte de trás. Além de mais quatro portas USB 2.0 na frontal e outras duas na traseira, assim como o modelo anterior.

2. Gigabyte Z390 Designare

O Z390 da Gigabyte é ótimo para quem está pensando em montar um PC com processadores de 9ª geração da Intel (Fonte: Gigabyte/Divulgação)
O Z390 da Gigabyte é ótimo para quem está pensando em montar um PC com processadores de 9ª geração da Intel (Fonte: Gigabyte/Divulgação)

Essa placa-mãe 1151 de tamanho ATX, ela é compatível com processadores Intel de 8ª ou 9ª geração. Ele também permite ter memória RAM de até 128GB, mas com frequência máxima de 4266MHz. Além disso, a Gigabyte Z390 Designare também traz duas portas PCIe x16, permitindo que instale a maior parte das placas de vídeo do mercado.

Com dois slots PCI Express x16 para placas de vídeo, um padrão da indústria, ela é uma das poucas a contar com duas portas Thunderbolt 3, interessante para quem tem aparelhos e periféricos da Apple. Além dessas portas, você também pode contar com uma porta USB-C 3.1 Gen 2, duas portas USB 3.1 Gen 2 e mais duas portas USB 3.1 Gen 1, junto a quatro outras portas USB 2.0.

1. ASUS ROG Maximus XII Extreme

A placa-mãe da ROG foi desenvolvida com os PC gamers em mente (Fonte: ROG/Divulgação)
A placa-mãe da ROG foi desenvolvida com os PC gamers em mente (Fonte: ROG/Divulgação)

Nossa última indicação de melhor placa-mãe em 2021 é o modelo Maximus XII Extreme da ROG, feito especialmente para quem é PC gamer e não tem medo de jogar dinheiro na tela para ter o melhor equipamento. Fabricado no formato ATX, ele custa cerca de R$ 4.899 no Zoom em março de 2021.

Esta placa-mãe 1200 traz o chipset Intel Z490 é compatível com processadores Intel Comet Lake, ou seja, da 10ª geração da fabricante. Além disso, ela vem com ferramentas para facilitar o overclock e iluminação RGB para maior personalização.

Nos conectores, ela possui os dois slots PCIe x16, assim como quatro portas M.2 para instalação de SSD. Também traz oito entradas SATA para HD ou SSD complementar. Se costuma produzir ou transmitir vídeos de gameplay, poderá ter muito armazenamento para guardar seus jogos e vídeos.

Esta placa-mãe também possibilita instalar até 128GB de memória RAM máxima. O ROG Maximus XII Extreme também traz uma das melhores placas de rede integradas, permitindo conexão WiFi de até 2,5GB e cabeada de até 10GB.

Você também não ficará sem portas USB à disposição, já que ele traz mais de 20 portas na frontal e na traseira. Na parte de trás, temos 12 portas, sendo uma 3.2 Gen 2x2, uma USB-C 3.2 Gen 2, duas USB 3.2 Gen 2 e seis portas USB 3.2 Gen 1. Já na frontal temos 10 portas, distribuídas da seguinte maneira: duas USB 3.2 Gen 2, quatro USB 3.2 Gen 1 e duas portas USB 2.0.