Produtos e novidades em Relógios Inteligentes

Relógio inteligente do Google: um smartwatch para uso médico

Projeto de smartwatch do Google pretende monitorar e cuidar da saúde de pacientes.

Relógio inteligente Google
por Felipe Brito - Especialista em Tecnologia.

Quando o assunto é relógio inteligente, muita gente fica curiosa, querendo saber todas as funções que um smartwatch pode entregar. Algumas marcas já desenvolveram os seus modelos, como LG, Samsung e Motorola.

Com esses relógios inteligentes, realmente dá para realizar várias tarefas. O smartwatch não é apenas um "relógio para ver as horas". O produto vai além e, com ele, você pode receber notificações de redes sociais, ler SMS e, se o modelo permitir, até receber ligações. Ou seja, várias funções que você já está acostumado a fazer com um smartphone.

Mas você já imaginou um smartwatch desenvolvido exclusivamente para uso médico? Então, é essa novidade que a gente vai compartilhar com você agora. Olha só que interessante: o laboratório Google X divulgou um projeto de um novo relógio inteligente.

Se esse projeto realmente se tornar realidade, o smartwatch do Google vai chegar ao mercado disputando espaço com outros relógios, como o Samsung Gear S ou o LG G Watch R? Não, não é isso. O relógio do Google teria outro objetivo, porém um objetivo que tem tudo para ser bem útil: monitorar pacientes, como a temperatura corporal e a frequência do batimento cardíaco, por meio de sensores.

E faz até sentido se você fizer esta pergunta: "Por que ter um smartwatch exclusivo para monitorar pacientes, sendo que outros relógios também podem fazer isso, já que contam, por exemplo, com sensor que detecta as batidas do coração?". Acontece que, nesse projeto do Google, o relógio inteligente deve ir além.

Primeiro, os relógios inteligentes que temos hoje no mercado até podem ser smart, mas não surgiram com o objetivo de monitorar pacientes e auxiliar médicos. Bom, isso a gente já sabe. E é verdade que muitos desses gadgets precisariam monitorar, por exemplo, os batimentos cardíacos de um jeito bem mais rigoroso. Sendo assim, o relógio inteligente teria que ser capaz de analisar não apenas o fluxo de sangue do paciente, mas também como músculos, ossos e outras estruturas podem influenciar nesse fluxo de sangue, de acordo com a área a ser analisada.

Se você vai praticar algum exercício físico, um relógio inteligente pode ser um grande aliado, ao monitorar toda sua atividade. Mas quando estamos falando de pacientes que precisam de cuidados médicos, aí precisamos observar tudo com mais cautela.

Além de monitorar, o relógio inteligente do Google pode conseguir também analisar fatores externos. Por exemplo: entender se alguma situação externa causou taquicardia em um paciente. Outra ideia do projeto é oferecer esse relógio aos pacientes depois de receberem alta hospitalar. Assim os pacientes continuariam sendo monitorados, uma maneira mais segura de cuidar da saúde.

Lembre-se: por enquanto o smartwatch do Google é apenas um projeto

Como a gente já disse, o Google divulgou essa novidade, mas vários estudos ainda precisam ser realizados para o projeto sair do papel. Sendo assim, é importante para o Google ter a participação de especialistas da área médica e laboratórios farmacêuticos.

Apesar de esse relógio inteligente do Google ainda não ter data para ser lançado, é sempre bom a gente saber quando a tecnologia anda lado a lado com a nossa saúde.

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em relógios inteligentes