Zoom indica em Tênis

Correr na esteira ou na rua?

Conheça as diferenças entre estes dois pisos e descubra qual tênis utilizar.

por Daniel Passos - Especialista em Esporte e Lazer .

Correr faz bem à saúde. Isso, você já sabe. Correr com os acessórios adequados, também faz toda a diferença. Uma característica que se deve levar em conta quando se escolhe um par de tênis de corrida para uma atividade física, é em que tipo de ambiente você vai estar.

Analisamos dois dos principais, correr na esteira e correr no rua, e trouxemos algumas vantagens de cada um deles, assim como indicaremos os tipos de tênis mais confortável e eficaz em cada situação.

Correndo na esteira

A grande vantagem de correr na esteira é ter controle total sobre a sua corrida. Em modelos mais completos você consegue monitorar a velocidade, distâncias, inclinação e ajustar todos os movimentos. Isso faz toda a diferença, principalmente para quem está começando na prática da corrida e ainda não tem muita noção sobre velocidade, distância ou batimentos cardíacos.

E, claro, você está protegido das intempéries. E isso não é um luxo apenas para não se molhar na chuva. Com temperatura e vento controlados, seu rendimento é melhor, e é mais fácil controlar o seu ritmo cardíaco e os músculos ficam menos tensos. Ou seja, você pode alcançar resultados melhores em menos tempo de prática.

Contudo, isso acaba sendo um ponto bom e ruim ao mesmo tempo quando se corre na esteira. Já que se você se habitua demais a correr apenas em ambientes fechados, seu desempenho na rua pode ser muito abaixo do esperado. Uma dica boa, para "simular" a rua, é colocar um inclinação de 0.5 na esteira, o que dificulta um pouco, simulando um pouco melhor os obstáculos da rua.

Na esteira, você até pode apostar em tênis de corrida mais leves e que não tenham um amortecimento tão elaborado, já que a própria esteira já costuma ter um sistema de amortecimento. A linha Nike LunarGlide pode ser uma boa pedida, pois é bem leve e não custam tão caro.

Correndo na rua

Já para correr na rua, o ambiente é um pouco mais inóspito. Logo de saída o impacto nas articulações é bem maior. Tendões e ligamentos, principalmente no tornozelo e joelhos tendem a ser mais exigidos. Na corrida de rua, você vai encontrar mais resistência do ar, que aumenta a medida que você puxa mais na passada.

Quando você corre na rua, uma das forças físicas que estão atuando sobre você é a resistência do ar. E quanto mais rápido você estiver, mais vai sentir esse "atrito". O asfalto, contudo, tem lá suas vantagens.

Mas, ainda assim, muitos corredores preferem essa modalidade. Eles afirmam que o mesmo esforço exercido pelo chão mais duro, ajuda a trabalhar panturrilhas e quadris, com gasto calórico maior. Outra vantagem é que fora de um "ambiente de laboratório", você acaba controlando melhor o ritmo. Bom, e se você estiver correndo de frente para a praia ou no parque de sua cidade, o contato com a natureza também tem efeitos relaxantes que são importantes.

Para o asfalto, trabalhe com tênis de corrida de maior amortecimento, por mais que sejam um pouquinho mais pesados. A linha Asics Nimbus é uma das mais famosas e bem sucedidas entre os corredores. A marca se consolidou entre os corredores com materiais de ótima qualidade e um dos melhores sistemas de amortecimento do mundo.

Uma indicação que alguns especialistas dão, é alternar entre os dois pisos, utilizando a esteira como ferramenta complementar aos seus treinos no asfalto. E vale lembrar também, que se você estiver se preparando para alguma prova de rua, faço pelo menos 2 ou 3 treinos no aslfato antes da prova.

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em tênis