Zoom indica em Celular e Smartphone

Celular com notch: 5 modelos da Motorola para comprar em 2019

Recurso popularizado com iPhone X permite maior aproveitamento da tela dos smartphones.

celular com notch da motorola
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Os celulares com notch viraram febre no mundo todo. E, em 2019, foi a vez da linha mais popular da Motorola, a família Moto G, entrar para o time dos smartphones com entalhe na tela lançando a linha Moto G7. O que nem todo mundo sabe é que a fabricante já tinha dado uma prévia do que estava por vir com o Motorola One.

Se você ainda não conhece os novos telefones da marca, confira a lista a seguir e descubra qual é o melhor celular Motorola com notch para o seu dia a dia.

 

5. Motorola One: um celular com Android Puro de verdade

O design torna o Motorola One um celular parecido com o iPhone X. Suas bordas arredondadas, o notch retangular e a posição das câmeras traseiras fazem lembrar os atuais modelos da Apple. Porém o hardware e as funcionalidades estão bem distantes.

O Motorola One é bom para usuários menos exigentes, já que conta com um processador mais antigo, o Snapdragon 625. A memória RAM é de 4 GB, prometendo boa fluidez para multitarefa, e os 64 GB internos dão fôlego para armazenar muitas fotos, vídeos e apps.

Esse foi primeiro celular do Brasil com o Android One. Essa versão do sistema operacional promete atualizações mais rápidas e frequentes. Além disso, smartphones com Android One trazem menos modificações feitas pela fabricante do aparelho.

Ficha técnica do Motorola One:

4. Moto G7 Plus: maior desempenho e a melhor câmera dupla

A versão mais potente do Moto G7 é o Plus. Se seu foco for câmeras, aí que é pra considerar mesmo. Além de ter uma câmera frontal capaz de oferecer boas selfies (no segmento de celulares intermediários), conta também duas câmeras traseiras para fotografar com o Modo Retrato, que desfoca o fundo das imagens.

Em relação aos demais lançamentos da linha Moto G7, o Plus apresenta o melhor desempenho em função do seu processador um pouco mais avançado, o Snapdragon 636. Assim, a irritação causada por jogos e aplicativos mais pesados travando se torna uma vaga lembrança.

Ficha técnica do Moto G7 Plus:

  • Tela de 6,24 polegadas Full HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 636 octa-core de até 1,8 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB
  • Câmera frontal de 12 MP
  • Câmera traseira dupla de 16 MP + 5 MP
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Android 9 Pie

3. Moto G7 Power tem bateria de longa duração e TV Digital

Para quem não gosta de ficar pendurado em uma tomada, o Moto G7 Power é uma excelente opção. Com 5.000 mAh é possível alcançar até 55h de uso leve, segundo a própria Motorola. Em nossos testes, com uso moderado em uma rotina agitada, o Moto G7 Power rendeu dois dias longe do carregador.

Além disso, esse é um celular com TV Digital, o que é uma boa notícia para quem passa muito tempo na rua, mas não quer perder nenhum capítulo da novela favorita ou partidas do seu time.

Ficha técnica do Moto G7 Power:

  • Tela de 6,2" HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador octa-core de até 1,8 GHz (Snapdragon 632)
  • Memória RAM de 3 GB
  • Armazenamento de 32 GB (expansível via microSD)
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 12 MP (f/2.0)
  • Leitor de impressões digitais
  • Bateria de 5.000 mAh
  • Android 9 Pie

2. Moto G7 Play tem o maior notch e o menor preço

Esse é o aparelho mais em conta da linha Moto G7. A ausência de câmera dupla, do carregador TurboPower e o menor armazenamento interno tornam o aparelho mais acessível. Apesar disso, esses fatores não o tornam um celular ruim para todo mundo.

Os mesmos 3.000 mAh de bateria presentes no G7 também estão no Moto G7 Play. E, por ter menor resolução e tamanho de tela, o uso da energia é menor. O chipset também é o mesmo, sendo assim, os jogos intermediários rodam bem, porém com menor resolução e com a possibilidade de engasgos eventuais, já que a memória RAM é de 2 GB.

A captura de tela pode ser feita com um clique, e basta virar a tela do celular para baixo para ativar o modo "Não Perturbe" quando você precisar de concentração.

Ficha técnica do Moto G7 Play:

  • Tela de 5,7 polegadas HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador Qualcomm Snapdragon 632 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM de 2 GB
  • Armazenamento de 32 GB (expansível via microSD)
  • Câmera frontal de 8 MP (f/2.2)
  • Câmera traseira de 13 MP (f/2.0)
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Android 9 Pie

1. Moto G7 tem bom desempenho nos games intermediários

Ainda que não seja um smartphone gamer, o Moto G7 não trava e não apresenta lentidão nos jogos. Seu chipset Snapdragon 632, junto dos 4GB de memória RAM, dá conta do recado e deve agradar à maioria dos usuários comuns.

Além disso, o Moto G7 vem com o Android 9 Pie. Um recurso interessante desse sistema operacional é o Google Playground, sendo possível acrescentar personagens e outros elementos às suas fotografias e vídeos.

A câmera frontal fica "escondida" no notch em formato de gota, que torna o celular mais atraente. Seu display é 19:9 Max Vision, ou seja, ocupa grande área da fronte do celular e tem resolução Full HD+.

Ficha técnica do Moto G7:

  • Tela de 6,24" Full HD+ Max Vision (19:9)
  • Processador Snapdragon 632 octa-core de até 1,8 GHz
  • Memória RAM de 4 GB
  • Armazenamento de 64 GB (expansível via microSD)
  • Câmera frontal de 8 MP
  • Câmera traseira de 12 MP + 5 MP
  • Bateria de 3.000 mAh
  • Leitor de impressões digitais
  • Android 9 Pie


Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone