Mesa com três modelos de celular Motorola em uma loja

Celular Motorola barato: veja modelos por até R$ 1.300 para 2022

Um celular Motorola barato tem funções básicas que satisfazem o uso do dia a dia sem gastar muito. Confira smartphones bons e baratos da marca

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 10 min. de leitura.

Compartilhe:

Um celular Motorola barato tem configurações básicas, mas com a garantia de qualidade de uma marca experiente no mercado. Assim, se você está procurando um novo smartphone, mas não quer gastar muito com isso, nós selecionamos opções de celular Motorola bom e barato, na faixa de preço até R$ 1.300.

Com esse valor, você encontrará desde modelos bem simples só para navegar e usar as redes sociais até alguns mais intermediários com capacidade de jogos. Veja abaixo as indicações de celulares baratos Motorola e as suas respectivas características para você saber pelo que está pagando.

Como chegamos à lista de celular Motorola barato?

Mão segurando um celular Motorola com a tela acesa
Motorola faz celulares de qualidade desde os mais baratos até os de ponta (Foto: Shutterstock/Jovana Kuzmanovic)

Para definir o que é um celular Motorola barato, nós balanceamos o preço com as configurações dos produtos. Afinal, você pode achar aparelhos antigos por um bom preço, mas muito provavelmente eles terão configurações ultrapassadas e até os aplicativos podem perder suporte. Ou seja, o smartphone vai durar menos até se tornar obsoleto.

Por causa disso, um dos critérios da nossa seleção de celular Motorola mais barato leva em consideração o que está no mercado atualmente que ainda vale a pena para os compradores. São dispositivos relativamente novos, ainda que não necessariamente lançamentos, com bom custo-benefício e que ainda fazem sentido em 2022. O limite de preço proposto de R$ 1.300 leva em consideração o custo dos smartphones atualmente, mas existem modelos até abaixo dos R$ 800.

Se você ainda não sabe o que está procurando exatamente, veja nosso artigo sobre como comprar celular. Assim você pode ver o que leva em conta na hora definir o que é um bom celular para você. Se você quer um smartphone para jogar, por exemplo, precisará de mais capacidade de processamento do que a média. Se for este seu caso, pode valer mais a pena ver a nossa lista de celular para jogos, uma vez que são aparelhos mais caros.

Vale lembrar, no entanto, que os valores não são fixos. Eletrônicos mudam de valor constantemente pela demanda e pelas promoções. Por isso, nós atualizamos a lista conforme for necessário e você também pode acompanhar os preços com as ferramentas do site. Veja como o Histórico de Preços funciona para conferir os preços mais baratos nos últimos seis meses. E aprenda a criar um Alerta de Preço para ser avisado quando chegar no valor desejado.

Moto E20

O Moto E20 é um celular da linha de entrada da Motorola. Por isso, suas configurações são simples e indicadas apenas para atividades típicas do dia a dia. Ainda assim, esse é um aparelho novo, lançado em 2021, então promete mais durabilidade do hardware.

O processador é um Unisoc T606 de 1,6 GHz, e ele tem 2 GB de RAM. Isso significa que este celular Motorola barato vai rodar aplicativos mais simples como redes sociais e apps de mensagens. Usar programas pesados ou abrir vários de uma vez podem travar o aparelho. O armazenamento de 32 GB é considerado pequeno hoje em dia, mas funciona em um celular simples. Além disso, você pode expandir com um cartão microSD.

A tela do Moto E20 tem 6,5 polegadas e a resolução dela é HD+. Apesar de existirem telas melhores em aparelhos tops, essa resolução já é boa para ver vídeos. O conjunto de câmeras traseiras é duplo: uma de 13 MP com foco automático e outra de 2 MP para fazer efeito desfoque. Já a câmera frontal é de 5 MP. A fim de compensar as câmeras de qualidade mais baixa, a Motorola aposta em inteligência artificial para fazer os ajustes, mas o aparelho terá melhor resultados na luz. Saiba mais no artigo com a ficha técnica do E20.

Por que o Moto E20 está na lista de celular Motorola barato?

  • É um dos celulares Motorola mais baratos hoje em dia
  • Configurações que fazem sentido para quem quer um celular simples para o dia a dia

Moto E40

O Moto E40 é outro modelo de entrada, estando apenas um pouco a cima do Moto E20. O próprio design é parecido, mas as diferenças estão no interior. Seu processador é um Unisoc Tiger T700. Este componente tem um desempenho levemente melhor, mas ainda é de entrada. Por isso, só capaz de rodar apps simples e leves com tranquilidade.

A memória RAM de 4 GB, no entanto, ajudará a executar alguns aplicativos simultaneamente. Isso é bom para o caso de você precisar abrir várias planilhas para trabalho ou ter várias abas de pesquisas e mensagens. O armazenamento é de 64 GB, uma capacidade bem razoável para a categoria.

A tela de 6,5 polegadas deste celular Motorola barato surpreende pela qualidade. Ela usa painel tipo IPS LCD com resolução Max Vision HD+ e o principal: tem taxa de atualização de 90 Hz. A média do mercado é de 60 Hz. Esse número maior significa que as imagens são mais fluidas, bom principalmente para ver vídeos.

O Moto E40 tem três câmeras traseiras: a principal com 48 MP e tecnologia Quad Pixel, um sensor de profundidade para modo retrato de 2 MP e uma lente macro para objetos próximos de 2 MP. Esse conjunto dá mais opções para as fotos e a tecnologia Quad Pixel ajuda a fazer boas fotos em qualquer luz. A câmera frontal tem 8 MP, mais um pulo em comparação com o Moto E20. Veja a ficha técnica completa do E40.

Por que o Moto E40 está na lista de celular Motorola barato?

  • Bateria promete até 40 horas de duração
  • Armazenamento de 64 GB é bom para modelo de entrada de Motorola barato
  • Tela tem taxa de atualização de 90 Hz para imagens mais fluídas
  • Conjunto de três câmeras traseiras e tecnologia boa para fotos em qualquer luz

Moto G10

O Moto G10 é um celular Motorola barato que oscila entre os modelos de entrada e intermediários. Isso porque, apesar de pertencer à linha de intermediários Moto G, tem as configurações mais básicas da linha e um preço em conta. Por isso, é um bom smartphone custo-benefício.

O processador é um Qualcomm Snapdragon 460, com velocidade de 1,8 GHz, capaz de rodar apps simples e jogos mais leves. A memória RAM é de 4 GB e o armazenamento de 64 GB. A bateria de 5.000 mAh nessas configurações consegue durar cerca de dois dias de uso moderado. A tela IPS LCD tem 6,5 polegadas e resolução HD+, suficiente para assistir a vídeos no dia a dia.

A respeito das câmeras, o Moto G10 usa um conjunto quádruplo. A câmera principal tem 48 MP e faz fotos boas de dia e de noite. A câmera ultra-wide de 8 MP serve para fotos de áreas maiores, a macro de 2 MP é boa para objetos pequenos e o sensor de fundo de 2 MP desfoca o fundo. Já a câmera frontal de 8 MP é razoável para fotos de dia mas nem tanto para noite. Quer saber mais sobre como esse celular Motorola barato funciona na prática? Veja o que achamos do Moto G10 após testes.

Por que o Moto G10 está na lista de celular Motorola barato?

  • Bateria rende dois dias de uso moderado
  • Tela tem resolução HD+
  • Tem conjunto quádruplo de câmeras traseiras
  • Processador é simples, mas capaz de rodar jogos leves
  • Armazenamento de 64 GB tem bom tamanho para a categoria

Moto G20

O Moto G20 é mais uma opção para você que está atrás da linha intermediária do Moto G, mas quer um celular Motorola barato. O processador Spreadtrum T700 é diferente do que vem no Moto G10, mas com os mesmos oito núcleos e 1,8 GHz. Acompanhando, o Moto G20 tem uma memória RAM de 4 GB. Por causa disso, ele roda os apps do dia a dia e alguns jogos leves.

A opção mais barata do celular que entra na lista vem com 64 GB de armazenamento. Mas você também pode conferir a versão do Moto G20 com 128 GB de espaço para aplicativos e arquivos. A tela IPS LCD tem 6,5 polegadas, resolução HD+. Além disso, o Moto G20 tem 90 Hz de taxa de atualização para imagens mais fluidas.

São quatro câmeras traseiras no total. A principal tem 48 MP e tecnologia Quad-pixel para ter fotos melhores em baixa luz. De resto é uma ultra-wide de 8 MP, uma macro de 2 MP e um sensor de fundo de 2MP. A câmera frontal oferece mais qualidade, com 13 MP e Modo Retrato. Se você se preocupa com durabilidade da bateria, segundo a Motorola, a bateria de 5.000 mAh rende cerca de dois dias de uso. Quer saber mais? Confira a ficha técnica do Moto G20 na íntegra.

Por que o Moto G20 está na lista de celular Motorola barato?

  • Bateria promete durar cerca de dois dias
  • Armazenamento de 64GB é bom para modelo de entrada de Motorola barato e ainda tem opção com 128 GB
  • Tela tem taxa de atualização de 90 Hz para imagens mais fluídas
  • Tem conjunto quádruplo de câmeras traseiras e uma câmera frontal com boa resolução

Moto E7

O Moto E7 volta para a linha de entrada da marca, com um modelo um pouco mais antigo, de 2020. Apesar de ser de um ano anterior, as suas configurações ainda são suficientes para ser usado em 2022. Além disso, a idade do aparelho entra como um ponto positivo, pois permite que ele seja vendido a um preço menor.

O processador é o MediaTek Helio G25 com oito núcleos e 2,0 GHz de velocidade. Não é o mais novo do mercado, mas ainda tem um desempenho bom, porque foi pensado para trazer capacidade gamer para smartphones baratos. Este celular Motorola barato não chega a ser capaz de rodar muitos jogos, mas vai servir bem para o cotidiano. A versão mais barata tem 2 GB de RAM e 32 GB de espaço. Mas você pode conferir o Moto E7 com 64 GB e RAM de 4 GB.

A tela é a típica de celular Motorola barato. É IPS LCS com 6,5 polegadas e Max Vixion HD+. A câmera frontal tem 5 MP, dentro do padrão da categoria. Na câmera traseira, a principal tem 48 MP e Quad-Pixel, o que surpreende nesta faixa de preço. Além disso, Moto E7 tem uma segunda câmera, uma macro de 2 MP. Por outro lado, ela não vem como o sensor de profundidade que desfoca o fundo, presente nos celulares baratos Motorola de 2021. A bateria de 4.000 mAh dura 36 horas.

Por que o Moto E7 está na lista de celular Motorola barato?

  • É um dos smartphones Motorola mais baratos
  • Câmera traseira principal com 48 MP de resolução é incomum pelo preço

Moto E7 Power

O Moto E7 Power é uma variação do E7 padrão e é um celular Motorola barato com foco maior na bateria. Como um aparelho da linha E7, ele foi lançado em 2020 e tem como processador o MediaTek Helio G25. Além disso, vem apenas com a combinação mais simples de 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento.

A tela é a mesma, um painel IPS LCD de 6,5 polegadas e resolução Max Vision HD+. A câmera frontal tem 5MP. Já a câmera traseira principal é inferior, com 13MP de resolução. A segunda câmera é a macro de 2MP. Não chega a ser uma diferença muito grande na prática. No entanto, é bom considerar o quanto você usa a câmera se está entre esses dois aparelhos.

Por isso, ele é um smartphone para usos simples do cotidiano como um produto de entrada. Ao mesmo tempo, isso implica também em um preço menor, que ultimamente o fez ser incluso nesta lista de celular Motorola barato. Como um atrativo para este aparelho em particular está a bateria de 5.000 mAh. A capacidade maior em um aparelho simples rende dois dias de uso misto entre apps que usam pouca e muita bateria. Por isso, ele chega a ser um pouquinho mais pesado do que o E7.

Por que o Moto E7 Power está na lista de celular Motorola barato?

  • É um dos smartphones Motorola mais baratos
  • Bateria rende mais de dois dias de uso moderado

Moto E7 Plus

O Moto E7 Plus é a terceira variação desta série de smartphones, mas é a que traz mais melhorias – por isso recebe o nome "Plus". Enquanto o exterior é praticamente igual ao E7, incluindo a tela Max Vision HD+ de 6,5 polegadas, as mudanças começam no processador. Ele tem um Qualcomm Snapdragon 460 octa-core de 1,8 Hz.

Este processador é de entrada, mas com uma potência boa para abrir os programas rápidos. Ele pode, inclusive, rodar jogos leves sem muitos problemas, principalmente, porque ainda vem com memória RAM de 4 GB e armazenamento de 64 GB. A bateria de 5.000 mAh aguenta bem e pode durar mais de dois dias de uso.

O conjunto de câmeras continua limitado, mas tem uma qualidade boa para um celular Motorola barato. A câmera principal tem 48 MP e vem acompanhada de uma câmera macro de 2 MP para fechar a dupla na traseira. Já a câmera frontal tem 8 MP para as suas selfies.

Por que o Moto E7 Plus está na lista de celular Motorola barato?

  • Versão mais aprimorada da série Moto E7 é um celular Motorola bom e barato
  • Processador capaz de rodar jogos leves
  • Bateria dura mais de dois dias

Moto E6i

O Moto E6i foi lançado pouco depois do próprio E7, mas como uma otimização do seu antecessor. Com isso, o Moto E6i é ainda um celular Motorola bom e barato. Ele chega a ser o mais barato da lista, baseado em valores de dezembro de 2021.

O processador é um Tiger SC9863A, um octa-core de 1,6 GHz, bem simples e feito para usos cotidianos. A memória RAM é bem modesta, de 2 GB, e o armazenamento é pequeno, com 32 GB. Ou seja, é um aparelho para quem quer um smartphone o mais simples e barato possível para trocar mensagens e navegar na internet. A própria bateria é menor, de 3.000 mAh, mas que dá conta da demanda menor deste aparelho.

O Moto E6i tem um conjunto de duas câmeras traseiras. A principal tem 13 MP, o que equivale a outros aparelhos de entrada. A segunda é um sensor de profundidade de 2 MP que ajuda a desfocar o fundo e fazer bons retratos. A câmera frontal tem 5 MP. A tela IPS LCD Max Vision HD+ tem como diferencial o tamanho reduzido de 6,1 polegadas. Com a tendência de aparelhos grandes atualmente, celulares menores agradam usuários que querem aparelhos mais leves e portáteis.

Por que o Moto E6i está na lista de celular Motorola barato?

  • É o celular Motorola mais barato da lista atualmente
  • Tamanho um pouco menor agrada quem não gosta de celulares enormes

Moto E6s

O Moto E6s é uma variação do Moto E6 ainda simples, mas com duas variações de armazenamento que dão mais escolhas para os usuários. A versão mais barata tem 2 GB de RAM e 32 GB de espaço para apps e arquivos. Ele é mais indicado para quem vai usar poucos apps no cotidiano. A segunda opção é um Moto E6s com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento para um smartphone com um pouco mais de capacidade.

Em ambos os casos, o processador do aparelho é o MediaTek Helio P22. Ele é bem básico como esperado de um celular de entrada. A bateria é a mesma do Moto E6i, com capacidade de 3.000 mAh. A tela é do tipo IPS LCD Max Vision HD+, com boa resolução para vídeos como sempre. O tamanho de 6,1 polegadas entra aqui como atrativo para usuários que gostam de aparelhos menores.

O conjunto de câmeras não esconde nenhuma surpresa, mas não chega a decepcionar justo por se tratar de um celular barato. A câmera traseira principal tem 13 MP e vem com um sensor de 2MP. Já a câmera frontal tem 5MP para fazer as suas selfies.

Por que o Moto E6s está na lista de celular Motorola barato?

  • Tamanho um pouco menor agrada quem não gosta de celulares enormes
  • Tem versão com 64 GB de armazenamento e 4 GB de RAM para quem quer mais espaço e velocidade em um celular Motorola barato