O que é memória RAM do celular?

Descubra o que significa memória RAM, que é uma importante informação na ficha técnica do seu smartphone

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Você sabe o que é memória RAM no celular? A memória RAM faz a ponte entre o processador e os componentes armazenados. É ela que transporta os dados requisitados pelo processador do cartão de memória ou do chip de memória flash (embutido no aparelho).

É importante saber o que significa RAM, como essa memória funciona no celular e qual a quantidade ideal para cada tipo de uso. O Zoom preparou um artigo bem completo para te ensinar tudo sobre memória RAM e quais são os impactos dela no celular. Dê um Zoom e confira!

O que é memória RAM do celular?

Memória RAM é um componente que faz parte do hardware do smartphone (Foto: Shutterstock)
Memória RAM é um componente que faz parte do hardware do smartphone (Foto: Shutterstock)

A sigla RAM, em inglês, significa Random Access Memory, ou Memória de Acesso Aleatório. Esse nome se relaciona aos dados contidos nesse componente, acessados de forma aleatória, independentemente de sua localização.

Esse tipo de memória guarda dados acessados com mais frequência pelo celular, mas não os armazena permanentemente. Você já deve ter notado ser possível (e recomendável) fazer a limpeza da memória RAM do aparelho, e isso exclui justamente todos os dados citados. A próxima inicialização dos aplicativos vai demorar um pouquinho a mais justamente porque eles não têm mais os blocos de acesso rápido na RAM, mas não se preocupe, pois eles vão começar a armazenar tudo novamente.

Falando um pouco de "tecniquês", essa memória guarda endereços de blocos de arquivos que são necessários para a execução de um aplicativo em questão, e quando necessário, a memória acessa esses endereços diretamente. A velocidade desse acesso não muda dependendo de onde o bloco esteja localizado, o que deixa toda essa troca de informações muito rápida.

Após processado, o resultado retorna para a memória RAM, que os encaminha para seu destino: a tela, para ser visualizado, ou as saídas de áudio do smartphone.

Como funciona a memória RAM em um celular?

Memória RAM é responsável por carregar blocos de arquivos para executar ações no celular (Foto: Shutterstock)
Memória RAM é responsável por carregar blocos de arquivos para executar ações no celular (Foto: Shutterstock)

Toda vez que o usuário executa um aplicativo no celular, os blocos de arquivos necessários para essa execução são carregados na memória RAM. Quando você fecha o app, esses arquivos continuam lá, então ao abri-lo novamente, é como se o celular estivesse continuando a execução de onde parou.

É por isso que quando você faz a limpeza dos arquivos temporários da memória RAM, os apps demoram um pouco a mais para iniciarem, justamente porque não possuem esse “ponto de parada” para continuar a execução. Se toda essa troca de informações fosse feita diretamente com a memória interna, os aplicativos iriam demorar mais para iniciar e carregar informações.

A memória RAM também é a responsável por fazer a execução de serviços em segundo plano, por isso que geralmente vemos a frase “quanto mais memória RAM, mais apps você consegue rodar simultaneamente”. No entanto, o desempenho do celular não vai depender exclusivamente da RAM, ter um bom processador também é parte essencial neste processo. Veja qual o melhor processador para celular do mercado.

Quais as diferenças entre memória RAM e memória interna?

Memória RAM é diferente de memória interna do celular (Foto: Shutterstock)
Memória RAM é diferente de memória interna do celular (Foto: Shutterstock)

Muitos também confundem memória RAM com a memória interna do aparelho, mas suas funções são totalmente distintas. Enquanto a memória interna armazena definitivamente todos os arquivos (aplicativos, fotos, músicas e documentos), a memória RAM encaminha os dados ao processador.

Outra diferença entre as memórias é o seu tamanho: a memória interna deve ser bem maior do que a memória RAM, pois o objetivo dela é guardar arquivos permanentemente, sem necessidade de acesso contínuo e rápido. Além disso, diferentemente da memória interna, quando o celular é desligado os arquivos e dados são apagados da memória RAM, justamente porque a sua função não é armazenar e sim transportar as informações.

Por que ter muita memória RAM?

Quanto mais memória RAM, melhor tende a ser o desempenho do celular (Foto: Shutterstock)
Quanto mais memória RAM, melhor tende a ser o desempenho do celular (Foto: Shutterstock)

Como já citado, a memória RAM é usada tanto para armazenar arquivos de acesso rápido, quanto para rodar apps em segundo plano. Cada vez mais esses aplicativos, jogos e até mesmo os sistemas operacionais exigem uma memória maior, pois implementam mais funções e ferramentas.

O modo como as pessoas usam o celular atualmente também se adequa a isso. Imagine que hoje é normal abrir jogos, aplicativos de redes sociais, WhatsApp e ferramentas do celular ao mesmo tempo, algo que provavelmente não seria possível se o celular tivesse pouca memória RAM.

Se você está tendo problemas com travamentos na hora de abrir mais de um app de uma vez, ou ele está demorando para iniciar, a falta de memória RAM pode ser um fator determinante para esse desempenho.

Como escolher a quantidade de memória RAM pela usabilidade?

Se você está procurando um celular “básicão”, os modelos com 2 GB de memória RAM serão os mais baratos. Eles são indicados para quem precisa de um segundo celular, ou quem está entrando no mundo dos smartphones agora e não pretende usar apps pesados. Veja alguns exemplos de celulares com 2 GB de memória RAM:

Os modelos com 3 GB de memória RAM ainda são categorizados como celulares de entrada, mas oferecem uma “folga” a mais para o usuário no uso do dia a dia. Se você só quer um aparelho para redes sociais, navegação na internet, WhatsApp, entre outras ferramentas leves, 3 GB deverá ser o suficiente. Veja alguns celulares com essa quantidade de RAM:

Celulares com 4 GB são os mais populares para quem busca um bom intermediário, eles oferecem um ótimo desempenho, seja para o uso no cotidiano ou mesmo para jogos. Claro, esse desempenho também vai depender do restante do hardware, mas 4 GB é uma quantidade suficiente para o aparelho não travar facilmente. Confira alguns celulares com 4 GB de memória RAM.

Se você precisa abrir muitos aplicativos ou gosta de jogos pesados, os celulares com 6 GB são os melhores para evitar problemas de travamentos ou “engasgos”. Já é possível encontrar vários destes modelos na categoria de smartphones intermediários “premium”, ou mesmo avançados. A maior parte dos usuários nem sequer chegam a usar esses 6 GB ao ponto do aparelho ficar no seu “limite”. Veja alguns celulares com 6 GB de memória RAM:

Os melhores celulares do mercado já possuem 8 GB, 12 GB e até 16 GB de memória RAM, o que em 2021 ainda é um “exagero”, mesmo para quem vai rodar os jogos e aplicativos mais pesados. Claro, ter RAM sobrando é sempre bom, mas ainda não temos aplicações que usem tanto assim.

É válido ressaltar que tudo o que foi dito acima vale para os aparelhos com Android. O iOS, sistema operacional dos iPhones, possui uma otimização diferente, e consegue entregar a mesma performance da concorrência mesmo com quantidades menores de memória RAM. O iPhone 12 Pro Max, melhor celular da Apple, tem 6 GB de memória RAM, enquanto o Galaxy S21 Ultra, melhor da Samsung, tem versões com 16 GB.

Confira o canal do Zoom no YouTube para ver mais dicas sobre celulares: