Redmi Note 8: para que servem as 4 câmeras?

Saiba como aproveitar ao máximo este conjunto incrível de câmeras

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 3 min. de leitura.

Compartilhe:

O Xiaomi Redmi Note 8, que chegou ao Brasil em 2019, conta com um conjunto quadruplo de câmeras, com um sensor principal e três secundários. Um ultra-wide, um sensor macro e um último sensor de profundidade, para auxiliar o Modo Retrato.

Por isso, o modelo da Xiaomi - que conta ainda com uma câmera frontal de 13 MP - chama a atenção de quem busca versatilidade na hora de tirar fotos, mas não quer investir em um aparelho top de linha. Quer saber como usar a câmera quádrupla do Redmi Note 8 para fazer cliques incríveis? Dê um Zoom e aprenda a alcançar o máximo da sua qualidade.

Ficha Técnica do Redmi Note 8 
  
Tela:6,3 polegadas Full HD+
Processador:Qualcomm Snapdragon 665 octa-core de até 2 GHz
Memória RAM:4 GB
Armazenamento:64 GB ou 128 GB
Câmera Traseira:Quádrupla traseira de 48 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.2) + 2 MP      (f/2.4) + 2 MP (f/2.4)
Câmera Frontal:13 MP (f/2.0)
Internet:4G, 3G e Wi-Fi
Chip:Dual Chip
Bateria:4.000 mAh
Android:9.0 Pie

Leia também: Xiaomi lança Redmi Note 8 e Note 8 Pro no Brasil

Características do Conjunto de Câmeras

Conheça tudo sobre este conjunto potente da Xiaomi

O sensor principal deste conjunto conta com resolução de 48 MP e possui a tecnologia quad-pixel, que combina quatro pixels em apenas um de tamanho grande, o que gera uma imagem com qualidade superior, mesmo em condições de baixa luminosidade. Outra tecnologia disponível no sensor principal é o foco automático.

O Redmi Note 8 tem como novidade a presença de uma lente macro de 2 MP, que tem a capacidade de fazer fotos e vídeos de objetos bem próximos com detalhes altamente bem definidos. Outra lente presente no aparelho é a ultra-wide, de 8 MP. Esta lente amplia bastante o campo de visão, sendo ótima para fotografar paisagens ou mesmo para fazer imagens de um grupo grande de pessoas.

Com a lente macro, as fotos ficam riquíssimas em detalhes (Foto: Divulgação/Xiaomi)
Com a lente macro, as fotos ficam riquíssimas em detalhes (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Para completar o conjunto, um sensor de profundidade de 2 MP, responsável pelo efeito Bokeh, aquele efeito onde um objeto ou uma pessoa ficam focados em primeiro plano e o fundo fica todo fora de foco. Já na parte frontal, este modelo da Xiaomi conta com um sensor de 13 MP, com recurso HDR, que produz fotos mais nítidas por meio de um equilíbrio entre as partes claras e escuras de uma imagem.

Com o sensor de profundidade você vai conseguir ótimas fotos (Foto: Divulgação/Xiaomi Brasil)
Com o sensor de profundidade você vai conseguir ótimas fotos (Foto: Divulgação/Xiaomi Brasil)

Quatro câmeras garantem uma boa imagem?

Descubra o que mais um celular precisa ter para conseguir as melhores fotos

O processamento da imagem vai fazer a diferença no resultado. (Foto: Lucas Moreira) 
O processamento da imagem vai fazer a diferença no resultado. (Foto: Lucas Moreira) 

O conjunto quadruplo de câmeras traz para o Redmi Note 8 uma grande versatilidade na captura das imagens. Esta versatilidade garante alta qualidade em fotos em condições diversas (de iluminação, distância e foco, por exemplo). Mas não é só isto que basta para conseguir fotos perfeitas. O processador e a memória RAM também são importantes, pois eles que são os responsáveis pelo processamento da imagem, e esta etapa conta muito no resultado.

Graças ao processador Snapdragon 665 e os seus 4 GB de RAM, este modelo da Xiaomi deve conseguir grandes imagens, muito ricas em detalhes. A sua memória interna, nas duas versões (64 GB e 128 GB), também são suficientes para armazenar boa quantidade de fotos e baixar aplicativos de edição. Sem falar na sua boa bateria, de 4.000 mAh, que possibilita tirar fotografias por horas.

Confira as melhoras ofertas para o Redmi Note 8 no Zoom:

Leia também:

Redmi Note 8 vs Motorola One Vision: qual é o melhor celular com câmera de 48 MP?

Redmi Note 8 vs Redmi Note 9: o que muda nos celulares Xiaomi?