Microsoft compra Bethesda; Game Pass terá Doom, Fallout e The Elder Scrolls

Com compra da ZeniMax Media, Microsoft agora é dona de 23 estúdios de desenvolvimento de jogos.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 2 min. de leitura.

Compartilhe:

A Microsoft anunciou, nesta segunda-feira (21), a compra da ZeniMax Media, empresa dona da Bethesda Softworks. Um dos mais talentosos estúdios de desenvolvimento de jogos do mundo, a Bethesda é a responsável por produzir jogos marcantes de séries como The Elder Scrolls, Doom, Fallout e Dishonored. Segundo informações da Bloomberg, o valor da negociação chega na casa dos US$ 7,5 bilhões.

Leia também: Xbox Series X e Series S: entenda retrocompatibilidade dos consoles

Doom Eternal foi lançado em 2020 pela Bethesda. (Foto: Divulgação/Bethesda)
Doom Eternal foi lançado em 2020 pela Bethesda. (Foto: Divulgação/Bethesda)

De acordo com a Microsoft, com essa nova aquisição, os jogos da desenvolvedora que ainda não faziam parte do catálogo do Game Pass estarão disponíveis em breve para Xbox e PC, sem custo adicional aos assinantes.

Ainda no anúncio de compra, a empresa afirmou que futuros jogos como Starfield e The Elder Scrolls VI estarão disponíveis para o Xbox Series X e Series S, além da versão para PC. Entretanto, apesar de tudo indicar que sim, ainda não há confirmação se esses e outros jogos dos estúdios serão exclusivos Xbox.

The Elder Scrolls V: Skyrim também vai fazer parte do Xbox Game Pass. (Foto:Divulgação/Bethesda)
The Elder Scrolls V: Skyrim também vai fazer parte do Xbox Game Pass. (Foto:Divulgação/Bethesda)

Além dos estúdios da Bethesda, a compra da ZeniMax Media garante acesso da Microsoft a outros estúdios como id Software, ZeniMax Online Studios, Arkane, MachineGames, Tango Gameworks, Alpha Dog e Roundhouse Studios. Essas subsidiárias também são responsáveis por jogos como Quake, Wolfenstein e Prey, além dos citados anteriormente. A partir de agora, a Microsoft conta com 23 estúdios de desenvolvimento.

De acordo com o anúncio, essa aquisição garante uma evolução ainda maior no desenvolvimento do serviço de jogos em nuvem como o xCloud, visto que a Bethesda é uma das principais investidoras nesse tipo de tecnologia. Além disso, o valor da negociação se torna a maior aquisição da história na categoria, ultrapassando o valor que a própria Microsoft pagou pela Mojang, antiga desenvolvedora do Minecraft, em 2014.

Via: DotEsports, GameRant e Bloomberg

Inscreva-se no canal do Zoom no YouTube!

Leia também: