Xbox Series X vs Xbox One: comparativo entre os consoles da Microsoft

Veja a comparação de ficha técnica e especificações entre o Xbox Series X, Xbox One X e Xbox One S.

Xbox Series X vs Xbox One: comparativo entre os consoles da Microsoft
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

O Xbox Series X teve a ficha técnica completa revelada recentemente. O console contará com 12 teraflops de potência gráfica, armazenamento em SSD, rodará jogos em 4K e terá novas tecnologias para melhorar a qualidade de imagem dos jogos, além de chegar recheado de funções novas. Com essas características, o videogame pode se tornar o mais poderoso da próxima geração.

O console chega em 2020 para substituir o Xbox One X e Xbox One S, atuais consoles da Microsoft. Mas você sabe quais são as diferenças entre os três modelos? No comparativo a seguir, o Zoom vai colocar lado a lado as fichas técnicas dos três modelos, além de mostrar tudo que o Xbox Series X trará de novo.

Leia também: PS5 vs PS4 vs PS4 Pro: veja comparativo entre os consoles da Sony

Xbox Series XXbox One XXbox One S
CPUOcta-core Zen 2 a 3.8Ghz Octa-core Jaguar a 2.3GHzOcta-core Jaguar a 1.75GHz
GPUAMD Radeon com 12 TFLOPs e 52 CUsAMD Radeon com 6 TFLOPs e 40 CUsAMD Radeon com 1,4 TFLOPs e 12 Cus
Memória16 GB DDR612 GB DDR58 GB DDR3
Armazenamento interno1 TB em SSD NVMe customizado1 TB em HD500 GB ou 1 TB em HD
Memória expansívelSim, com slot USB para SSD NVMeNãoNão
Armazenamento externoSuporta HD externoSuporta HD externoSuporta HD externo
Drive óptico4K UHD Blu-Ray4K UHD Blu-RayBlu-ray
Resolução máxima4K @ 120/60 fps4KFull HD

CPU e GPU

A Microsoft continuará trabalhando com a AMD, que fabrica processadores e GPUs exclusivos para o console. O Xbox One S, modelo mais “básico” da geração atual, possui um processador Jaguar octa-core de 1.75 GHz, modelo que já tem um ótimo desempenho. No One X foi usado um Jaguar octa-core customizado, esse que consegue atingir até 2.3 GHz, além de ter um cooler de resfriamento líquido para ajudar a manter a temperatura.

O Xbox Series X terá processador chamado Zen 2, esse que consegue atingir até 3.8 GHz de frequência, uma diferença grande em relação ao One X. Além disso, ele foi construído de uma forma que pudesse manter a temperatura controlada mesmo em ocasiões em que fosse exigido muito do console.

Interior do Xbox Series X. (Foto: Divulgação/Microsoft)
Interior do Xbox Series X. (Foto: Divulgação/Microsoft)

O salto de processadores foi grande, mas nem se compara ao salto que a GPU do novo console deu comparado a geração atual. Enquanto o Xbox One S possui 1.4 teraflops e o One X possui 6 teraflops, o novo videogame da Microsoft contará com incríveis 12 teraflops, ou seja, o dobro de processamento gráfico de seu antecessor.

O teraflop é uma medida indicada para mostrar a força da GPU e, quanto maior for, mais poder de processamento gráfico tem o dispositivo. A diferença é tão grande que agora o Xbox Series X rodará jogos em 4K nativamente, a 120 ou 60 de fps, enquanto que o One X conseguia executar alguns jogos em 4K e o One S apenas em Full HD.

Comparação de gráficos do Xbox One X vs Xbox Series X. Foto: Divulgação Microsoft
Comparação de gráficos do Xbox One X vs Xbox Series X. Foto: Divulgação Microsoft

Memória RAM e SSD

A memória RAM do Xbox Series X também ganhou um upgrade. O modelo mais básico da empresa, o Xbox One S, possui 8 GB de RAM DDR3. Já o One X teve um bom avanço, com 12 GB de RAM DDR5, mas agora a empresa apostou em 16 GB de memória RAM DDR6 para o seu novo videogame. Com mais memória e tecnologia superior, os jogos ficaram menos propensos a “gargalos”, além de ajudar o sistema a executar suas ações.

Uma das melhorias mais importantes que teremos no Xbox Series X será a adição de um SSD NVMe. Os consoles da geração atual não usam esse tipo de armazenamento, por isso são limitados pela velocidade do HD, que é até 10 vezes menor. Além de um tempo de inicialização menor, você terá os jogos carregando de forma mais rápida.

O SSD também permitiu que a Microsoft integrasse o recurso “Resumo Rápido” (Quick Resume, em inglês), que permite sair de um jogo e entrar em outro em poucos segundos. Quando quiser voltar para o jogo anterior, terá seu progresso salvo da onde tinha parado ao sair.

Novas tecnologias

Além de um hardware bem potente, a Microsoft também anunciou tecnologias novas de processamento para melhorar os gráficos do Xbox Series X. Além de rodar os jogos em 4K, o console terá gráficos fotorrealistas com a ajuda da tecnologia Ray Tracing.

Minecraft com a tecnologia de Ray Tracing do Xbox. (Foto: Divulgação/Microsoft)
Minecraft com a tecnologia de Ray Tracing do Xbox. (Foto: Divulgação/Microsoft)

Com esse recurso, o videogame é capaz de melhorar a qualidade de iluminação, reflexos e sombras nos jogos, dando um aspecto mais realista ao gráfico. Além disso, o Series X também contará com VRS (Variable Shading), que melhora a renderização do console focando em partes específicas da imagem.

Design

O design do Xbox Series X também mudou bastante em comparação com seus antecessores. Antes, a Microsoft apostou em um um modelo um pouco mais retangular para o Xbox One X e One S. Por conta disso, você precisava apenas de um bom espaço na horizontal para encaixá-lo em qualquer lugar.

Design horizontal do Xbox One X. (Foto: Divulgação Microsoft)
Design horizontal do Xbox One X. (Foto: Divulgação Microsoft)

Agora, a empresa adotou um formato de “torre”, com altura média de 30 centímetros. O novo design permite que a empresa faça uma montagem interna diferente, favorecendo assim sua refrigeração. Qual console é mais bonito? Bem, essa parte vamos deixar para você decidir.

Xbox One X

Retrocompatibilidade

A retrocompatibilidade é um recurso comum nos consoles da Microsoft. O Xbox One X e One S, por exemplo, rodam jogos do Xbox 360 e do primeiro Xbox. No caso do Series X, isso vai continuar.

Além dessa compatibilidade, ele também terá uma tecnologia chamada de “Entrega inteligente”, que será capaz de identificar se o jogo possui alguma melhoria para o Xbox que você estiver usando. Caso tenha, será garantido que essa melhoria seja executada automaticamente.

Controle

O controle do Xbox Series X também terá algumas melhorias comparado ao que está presente nos modelos anteriores. Ele contará com um novo D-Pad, será compatível com outros dispositivos e terá uma latência melhor.

Controle do Xbox Series X “reformulado”. (Foto: Divulgação Microsoft)
Controle do Xbox Series X “reformulado”. (Foto: Divulgação Microsoft)

Além disso, ele funcionará no modo “Baixa Energia”, que além de ser econômico, deixa o pareamento mais fácil. A empresa também anunciou a adição do botão “compartilhar” no novo controle.

Quer comprar um controle de Xbox One? Confira os menores preços no Zoom!

Preços das três versões do Xbox

O Xbox Series X ainda não teve o seu preço divulgado, então tudo que se sabe é que ele será lançado no final do ano, de acordo com a própria Microsoft. O Xbox One S está custando em média R$ 1.400 atualmente, enquanto que o Xbox One X pode ser achado a partir de R$ 2.500.

Confira os menores preços para o Xbox One S e One X no Zoom!

Leia também: