Melhor repetidor de sinal Wi-Fi em 2020: veja 5 modelos para comprar

Dispositivo é capaz de aumentar potência da internet; conheça as diferenças entre alguns modelos.

Melhor repetidor de sinal Wi-Fi em 2020: veja 5 modelos para comprar
Felipe BritoEditor(a)

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Melhorar a qualidade do sinal Wi-Fi ajuda qualquer tipo de usuário. Seja para ver filmes, séries e até mesmo jogar, alguns consumidores podem encontrar dificuldades, visto que em ambientes mais amplos o sinal de Internet pode se perder no caminho. A opção mais ideal para isso é adquirir um repetidor, capaz de replicar o sinal Wi-Fi e ajudar você nos momentos em que a Internet te deixa na mão.

Por isso, o Zoom selecionou cinco modelos de repetidores de sinal Wi-Fi vendidos no mercado brasileiro. Na lista, há a presença de aparelhos comuns e também powerlines, que transmitem o sinal via rede elétrica. Confira a seguir.

Leia também: Melhor roteador Wi-Fi em 2020: veja 8 modelos para comprar

Vantagens e desvantagens dos repetidores de sinal Wi-Fi:

Antes de comprar um repetidor de sinal Wi-Fi, fique de olho nas dicas do Zoom com prós e contras para fazer a melhor compra:

Vantagens dos repetidores de sinal:

  • Possuem preço baixo;
  • Conseguem replicar o sinal sem precisar de um novo roteador.

Desvantagens dos repetidores de sinal:

  • Em ambientes maiores, o resultado pode não ser o esperado;
  • Modelos powerline são mais caros que os repetidores tradicionais.
Melhor repetidor de sinal Wi-Fi em 2020: veja 5 modelos para comprar
1. D-Link DHP-W221AV 150 MbpsRepetidor Powerline da D-Link de 150 Mbps
2. TP-Link TL-WA850RE 300 MbpsRepetidor da TP-Link de 300 Mbps
3. TP-Link TL-WPA4220 300 MbpsRepetidor Powerline da TP-Link de 300 Mbps
4. TP-Link Tl-PA4010KIT 500 MbpsRepetidor Powerline da TP-Link de 500 Mbps
5. TP-Link RE200 750 MbpsRepetidor TP-Link de 750 Mbps

O primeiro item da nossa lista é um repetidor modelo powerline da D-Link. Diferente dos repetidores comuns que apenas replicam o sinal Wi-Fi, o DHP-W221AV utiliza a rede elétrica para transmitir o sinal. Para funcionar, basta conectar o aparelho no roteador e ligá-lo em uma tomada. Na sequência, ao posicionar a outra parte do repetidor em outra tomada, o sinal é transmitido com maior intensidade.

O modelo DHP-W221AV suporta conexões de até 150 Mbps e transmite sinal Wi-Fi na freqüência de 2.4 Ghz. Já os padrões de rede são compatíveis com os modelos tradicionais de roteador: IEEE 802.11b; IEEE 802.11g; IEEE 802.11n; IEEE 802.3u.

Ficha técnica:

  • Frequência: 2.4 Ghz
  • Velocidade: 150 Mbps
  • Padrão de rede: IEEE 802.11b; IEEE 802.11g; IEEE 802.11n; IEEE 802.3u
  • Portas: Ethernet
  • Botões: Reset

O segundo da lista é o TP-Link TL-WA850RE. Com ele, o usuário expande o sinal de internet Wi-Fi para locais mais distantes do roteador original, com velocidade de até 300Mbps. O aparelho tem configuração simples e precisa estar conectado à tomada para funcionar.

Sua capacidade de 300 Mbps é compatível com muitos roteadores domésticos, e deve atender bem grande parte dos usuários. Uma luz indicadora mostra a força do sinal recebido pelo repetidor.

O repetidor da TP-Link tem duas antenas internas para Wi-Fi padrões IEEE 802.11n, IEEE 802.11g e IEEE 802.11b, e uma porta Ethernet para conectar dispositivos através do cabo de rede LAN.

Ficha técnica:

  • Frequência: 2.4 Ghz
  • Velocidade: 300 Mbps
  • Padrão de rede: IEEE 802.11b; IEEE 802.11g; IEEE 802.11n
  • Portas: Ethernet
  • Botões: Reset

Outro modelo powerline vendido no mercado brasileiro é o TL-WPA4220, da TP-Link. O repetidor também funciona via rede elétrica sendo voltado para ambientes maiores, onde os repetidores comuns não funcionam como deveriam.

Além disso, o usuário não deve ter maiores problemas com o aparelho, já que os padrões de rede suportados pelo repetidor são compatíveis com grande parte dos roteadores no mercado. O dispositivo suporta velocidades de até 300 Mbps.

Ficha técnica:

  • Frequência: não informado
  • Velocidade: 300 Mbps
  • Padrão de rede: IEEE 802.11b; IEEE 802.11g; IEEE 802.11n; IEEE 802.3; IEEE 802.3u
  • Portas: Ethernet
  • Botões: Reset

O quarto modelo de repetidor vendido no e-commerce brasileiro é o Tl-PA4010KIT, também da TP-Link. Seguindo o exemplo dos dispositivos citados anteriormente, esse modelo powerline funciona da mesma maneira: utilizando a rede elétrica para transmitir o sinal Wi-Fi.

Porém, diferente dos demais, esse modelo suporta velocidades de conexão de até 500 Mbps, sendo útil para ambientes mais amplos onde a velocidade de internet precisa ser maior.

Ficha técnica:

  • Frequência: não informado
  • Velocidade: 500 Mbps
  • Padrão de rede: IEEE 802.3; IEEE 802.3u
  • Portas: Ethernet
  • Botões: Reset

Modelo dual band, esse repetidor da TP-Link trabalha nas frequências 2,4GHz, com velocidade de até 300 Mbps e 5GHz, com velocidade de até 433Mbps, chegando na velocidade combinada de quase 750Mbps. Essa promessa de velocidade é um dos principais motivos de seu preço ser um pouco maior do que outros repetidores comuns.

Vale lembrar também que essa combinação de frequências é compatível com os padrões de Wi-Fi IEEE 802.11a (mais veloz), IEEE 802.11n, IEEE 802.11g, IEEE 802.11b.

Ficha técnica do roteador Wi-Fi:

  • Frequência: 2.4 Ghz e 5 Ghz
  • Velocidade: 750 Mbps
  • Padrão de rede: IEEE 802.11b; IEEE 802.11g; IEEE 802.11n; IEEE 802.11a
  • Portas: Ethernet
  • Botões: Reset

Leia também: