O que é internet? O que significa esse nome?

Saiba o que é, como surgiu e evoluiu ao longo dos anos

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

Com certeza você a utiliza o tempo todo, mas já parou para se perguntar o que é internet, de fato? Essa forma de conexão virtual está em constante evolução desde a década de 70 e se torna cada vez mais indispensável em nossas vidas.

No entanto, muitas pessoas podem não saber o que é ou como funciona esse compartilhamento instantâneo de informações que revolucionou o mundo. Pensando nisso, nós preparamos um conteúdo especial para você conhecer mais sobre a internet.

Dê um Zoom e confira algumas curiosidades sobre o que é a internet e a sua evolução desde os primórdios, até os dias atuais.

Confira também:

O que é internet e por que ela tem esse nome?

Veja o que é Internet e saiba por que ela tem esse nome (Foto: Shutterstock)
Veja o que é Internet e saiba por que ela tem esse nome (Foto: Shutterstock)

Basicamente, a internet é uma rede de conexões globais que permite o compartilhamento instantâneo de dados entre dispositivos.

Apesar dessa tecnologia parecer antiga, ela só existe há 50 anos. Em alguns países, como o Brasil, essa conexão só chegou nos anos 90.

Os primeiros testes começaram em 1970, uma década de grandes descobertas científicas.

Essa, inclusive, foi a mesma época que surgiu o Magnavox Odyssey, primeiro console de videogame do mundo, além do envio da primeira sonda espacial com uma mensagem física.

Assim como essas e outras criações, a internet surgiu para revolucionar o cenário global.

O nascimento da internet

Sua criação teve um caráter militar, pois aconteceu durante a Guerra Fria. Os Estados Unidos temiam um ataque da Rússia em suas bases militares, o que poderia trazer à tona uma série de informações confidenciais.

Dessa forma, o país idealizou uma maneira de trocar dados sigilosos de maneira segura, permitindo a descentralização dessas informações.

É quando surge a rede de compartilhamento da Agência de Pesquisa de Projetos Avançados, ou Advanced Research Projects Agency (ARPA).

Em inglês, a sigla para essa nova pesquisa seria conhecida como ARPANET.

No entanto, a ameaça de ataque russo se dispersou, e os militares passaram a compartilhar essa rede de interação de dados com algumas universidades.

Com o tempo, essa tecnologia se tornou cada vez mais compartilhada, interligando diferentes computadores.

Com isso, ela deixou de ser exclusividade da ARPA, e foi renomeada para internet, a junção de inter, que significa “entre dois”, uma relação recíproca, e net, rede.

Ou seja, uma rede de conexão mútua que acontece entre dois pontos.

A internet no Brasil

No Brasil, as primeiras aplicações da internet aconteceram apenas em 1988. Ela era usada para interligar centros de pesquisa brasileiros e norte-americanos.

As primeiras universidades a utilizarem essa rede no Brasil foram a USP, a Unicamp e a PUC.

Essa utilização se tornou possível graças à Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que realizou os primeiros testes de conexão de rede.

Em 1992, começou a desenvolver a AlterNex, uma rede de compartilhamento não governamental e não acadêmica. Ou seja, voltada para uso comercial.

Depois de inúmeros testes, em 1999 os ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia assinaram um convênio que disponibilizaria a internet para todo o país.

Com isso, a rede brasileira se tornou oficialmente comercializada e conectada com outras redes ao redor do mundo.

Também vale a pena conferir:

Qual a importância da internet desde o seu surgimento aos dias de hoje?

Desde seu surgimento até os dias de hoje, a principal função da internet tem sido o compartilhamento de informações.

No entanto, sua importância cresceu consideravelmente ao longo dos anos.

Isso porque a internet deixou de ter apenas um propósito, como proteção de dados militares ou acadêmicos. Em vez disso, ela se tornou a maneira como nos comunicamos globalmente.

Essa tecnologia permite a troca de informações entre pessoas, empresas e organizações simultaneamente, para os mais variados fins.

Por exemplo, é a forma como interagimos socialmente, como trabalhamos e até mesmo como fazemos compras. Tudo isso baseado no compartilhamento instantâneo de dados. Este artigo aqui, que você está lendo agora, está disponível para você via internet.

Assim, ela está se tornando cada vez mais essencial para a troca de conhecimentos, mensagens e interações, nos mais diversos segmentos e dispositivos.

A evolução da internet até o formato atual

Veja a como foi a evolução da Internet (Foto: Shutterstock)
Veja a como foi a evolução da Internet (Foto: Shutterstock)

Inicialmente, a internet só podia ser utilizada em computadores conectados pelo mesmo protocolo de rede. Isso limitava a troca de informações, mas também garantia a segurança dos dados.

Posteriormente, computadores do meio acadêmico também passaram a utilizar o mesmo protocolo, que permitia o acesso remoto em diferentes lugares. Além disso, criou-se um código diferente da tecnologia militar, que permitia transações comerciais criptografadas.

Esse foi o ponto inicial para a grande explosão da World Wide Web (WWW), a tecnologia que permitia compartilhamentos globais. Os anos 90 são marcados com o surgimento do Google e pelo lançamento dos Computadores Pessoais (PC) e o aprimoramento dos computadores portáteis, os notebooks.

Por fim, já nos anos 2000, as redes de telefonia móvel permitem o uso da internet fora de casa.

Com o tempo, ocorreu o aprimoramento do compartilhamento de dados com a terceira e quarta geração de tecnologia (3G e 4G).

Nos dias de hoje, a quinta geração (5G) já marca a era da conectividade de todos os dispositivos e equipamentos em uma mesma rede dinâmica e universal.

Sobre os termos mais buscados sobre internet no mundo atual

Atualmente, com a evolução cada vez maior da conectividade, outras tecnologias começaram a surgir e se relacionar com essa rede.

Por isso, nós separamos alguns dos termos mais pesquisados pelos usuários relacionados à internet, e o que eles significam:

1. Internet das Coisas

Saiba o que é Internet das Coisas (Foto: Shuttersock)
Saiba o que é Internet das Coisas (Foto: Shuttersock)

O conceito de Internet das Coisas, ou Internet of Things (IoT) fala sobre a grande rede de conexão global, mas que não está relacionada aos dispositivos tradicionais.

Trata-se da internet em equipamentos do dia a dia, como:

  • Lâmpadas inteligentes;
  • Geladeiras com painel conectado;
  • Fogões com inteligência artificial;
  • Aspiradores robôs;
  • Fechaduras eletrônicas;
  • Ar-condicionado com dispositivo online.

Inclusive, a Internet das Coisas também é o conceito inicial que possibilita a idealização de cidades inteligentes, que sejam automatizadas e sustentáveis, conectadas virtualmente.

2. Internet Banking

Internet Banking, também conhecido como banco internético, e-banking ou banco virtual, é uma plataforma que possibilita operações financeiras por meio de uma página online da instituição.

Geralmente esse serviço é disponibilizado para acesso através de navegadores em computadores desktop ou em aplicativos de smartphone.

Dessa forma, o usuário pode realizar transações e pagamentos online, por exemplo.

3. Internet banda larga

A internet banda larga é a sucessora da internet discada, e tem como característica principal uma conexão com velocidade igual ou superior a 128kbps.

Além disso, também ocorre de forma ininterrupta, e dispensa a utilização de linha telefônica.

É uma das conexões mais populares, podendo ser instalada via:

  • Cabo;
  • Satélite;
  • Rádio;
  • Alternativa sem fio (Wi-Fi).

4. Internet fibra ótica

Enquanto isso, a internet fibra ótica representa a evolução da conexão comercial, sucedendo a banda larga.

O fio de transmissão é feito a partir de um material transparente e flexível, capaz de transmitir dados à longa distância com uma velocidade superior.

Assim, ao contrário dos fios de cobre, não utiliza eletricidade para transmitir os sinais de conexão, o que permite um compartilhamento de dados mais rápido e eficiente.

5. Provedor de internet

Por fim, o provedor de internet é uma empresa que realiza a intermediação do sinal de conexão até o usuário.

Esse serviço se tornou menos necessário com a chegada da banda larga. Atualmente, os provedores oferecem os equipamentos de recepção e serviços como instalação e suporte.

Alguns exemplos de provedores são:

  • Redes de telefonia (Vivo, Claro e TIM);
  • NET Virtua;
  • Sky;
  • GVT.

Qual o futuro da internet para os próximos anos?

É difícil determinar o futuro da internet, principalmente por conta da rápida evolução dessa tecnologia nos últimos anos.

No entanto, a expectativa é que a quinta geração de conexão, o 5G, se torne cada vez mais presente nos dispositivos, ampliando o alcance do conceito da Internet das Coisas.

Dessa forma, nós passaremos a utilizar cada vez mais a conexão online, nos tornando mais conectados e interligados pela rede.

Gostou do conteúdo? Então não deixe de acessar nosso canal do YouTube para mais curiosidades sobre tecnologia. Dê um Zoom e não perca nenhuma dica!