Como comparar notebooks? Saiba escolher o melhor para você

Veja todas as características que merecem uma atenção especial na hora de comparar notebooks

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 8 min. de leitura.

Compartilhe:

Na hora de comprar um notebook novo, é preciso atenção e muita paciência, mas em certos momentos chegamos a um impasse entre duas ou mais opções. Para te ajudar a escolher o modelo ideal, o Zoom preparou um guia de compras completo que vai te ajudar a comparar notebooks e aprender quais são as características essenciais a serem analisadas!

Montamos um artigo completo que aborda todos os principais pontos para se avaliar ao comparar notebooks, entre eles o processador, placa de vídeo, memória RAM, armazenamento, entre outros. Veja abaixo como comparar notebooks e fazer a melhor escolha na hora de comprar o seu aparelho.

Leia também: Melhores notebooks em 2021: 13 modelos para comprar no Brasil

Como comparar notebooks: Design e construção

O MacBook é fino, compacto e tem construção em alumínio (Foto:Shutterstock)
O MacBook é fino, compacto e tem construção em alumínio (Foto:Shutterstock)

A estética do notebook é algo muito pessoal, por isso é difícil darmos dicas de como escolher um aparelho baseado neste quesito. O nosso conselho é que você tenha em mente em qual ambiente irá usá-lo, para não escolher opções com visual “exagerado” demais e que chame a atenção.

Um exemplo disso são alguns modelos gamer, que tendem a ter aparência cheia de luzes e com traços fortes. Os notebooks com designs mais “finos” e compactos são excelentes para quem precisa transportar o aparelho diariamente, já que geralmente são mais leves. Veja os melhores notebooks ultrafinos para comprar no Brasil.

Ter um bom acabamento e construção é essencial para a durabilidade do notebook. É normal que muitos modelos sejam feitos em plástico, mas se estiver dentro do seu orçamento opte por notebooks feitos em alumínio, que são resistentes e continuam sendo relativamente leves.

Como comparar notebooks: Tela

Ter uma tela de qualidade é ideal para quem gosta de assistir filmes e séries no notebook (Foto: Shutterstock)
Ter uma tela de qualidade é ideal para quem gosta de assistir filmes e séries no notebook (Foto: Shutterstock)

O tamanho da tela é algo pessoal, e costuma ser decidido a partir do gosto e necessidades do consumidor. Aqueles que trabalham com edição de fotos e vídeo, por exemplo, gostam de painéis maiores, mas quem busca por notebooks compactos acaba não tendo problemas em ter uma tela um pouco menor, de 13 polegadas, por exemplo.

O mais importante na hora de comparar as telas de notebook é olhar, primeiramente, a sua resolução. Modelos de entrada e intermediários tendem a ter painéis com resolução HD, que para o uso no dia a dia não é ruim, mas não irá agradar na hora de assistir a vídeos, filmes e séries.

Se você valoriza alta resolução nestes momentos, as telas Full HD são a escolha certa! Elas entregam mais pixels e, consequentemente, a imagem fica mais nítida e com detalhes que não aparecem em HD. Veja aqui no Zoom os melhores notebooks com tela Full HD.

Outro critério importante é comparar a tecnologia usada na fabricação da tela do notebook em questão. Modelos com painel IPS apresentam cores mais vivas, melhor contraste, brilho e não distorcem a imagem em diferentes ângulos de visão, porém costumam ser mais caros. Já os painéis TN são mais baratos, porém possuem cores um pouco “lavadas”, brilho baixo e precisam de um ângulo certo para boa visualização.

Como comparar notebooks: Memória RAM

Mais memória RAM ajuda no uso sem travamentos no dia a dia (Foto: Shutterstock)
Mais memória RAM ajuda no uso sem travamentos no dia a dia (Foto: Shutterstock)

A memória RAM é fundamental para que o notebook não apresente travamentos, principalmente quando você estiver abrindo vários programas de uma vez. Quanto mais você puder ter, melhor, mas vamos deixar abaixo uma pequena “lista” indicando para qual uso cada quantidade de RAM é ideal:

  • 4GB: Navegação na internet, uso em editores de texto, leitura de emails e programas básicos.
  • 8GB: Navegação na internet, jogos em configurações médias e programas pesados sem muitos efeitos aplicados.
  • 16GB ou mais: Jogos em configurações altas, programas de edição de vídeo e fotos, softwares de renderização 3D, navegação com folga em ferramentas do dia a dia, entre outros.

Caso você esteja na dúvida ao comparar notebooks que tenham a mesma quantidade de memória RAM, você pode considerar outros dois pontos. O primeiro é a velocidade do componente (em Mhz), e o segundo é a possibilidade de upgrade, pois se um modelo aceita mais memória, você pode fazer essa atualização por conta própria no futuro.

Como comparar notebooks: Armazenamento

SSD é o melhor tipo de armazenamento para quem deseja um notebook rápido (Foto:Shutterstock)
SSD é o melhor tipo de armazenamento para quem deseja um notebook rápido (Foto:Shutterstock)

Em pleno 2021, a recomendação é sempre escolher notebooks que tenham armazenamento SSD, então se você está em dúvida entre um modelo com HD e o outro com SSD, compre o segundo sem hesitar! Veja mais sobre as diferenças entre as duas formas de armazenamento aqui no Zoom.

Se a comparação for entre dois notebooks com o mesmo tipo de armazenamento, então você deve avaliar qual tem a capacidade suficiente para o seu uso. Nós temos um artigo bem completo sobre como escolher notebooks com SSD, e lá você tem dicas de qual capacidade é ideal para diferentes usos.

Uma boa opção é dar preferência a modelos que cheguem com armazenamento híbrido, que é um SSD e um HD. Dessa forma você tem a velocidade dos SSDs para programas e sistema operacional, junto à grande capacidade do HD para guardar arquivos em massa.

Confira quais são os melhores notebooks com SSD para comprar no Brasil

Como comparar notebooks: Processador

A Intel é a fabricante de processadores mais popular entre os notebooks (Foto: Shutterstock)
A Intel é a fabricante de processadores mais popular entre os notebooks (Foto: Shutterstock)

A maior parte do desempenho de um notebook vem do seu processador, por isso é necessário dar uma atenção especial para esse componente. A Intel ainda domina o mercado de chips para notebooks, mas pouco a pouco estamos vendo mais modelos serem lançados com processadores da AMD. Veja opções de notebooks com processadores Ryzen aqui no Zoom.

Na hora de comprar os processadores de notebooks, lembre-se de considerar a geração de cada um. Modelos que foram lançados há menos tempo tendem a ter mais melhorias no desempenho, economia de energia e ainda terem uma vida útil maior nos próximos anos. Além disso, quanto mais núcleos o chip tiver, melhor ele será!

Para muitos é difícil avaliar o desempenho de cada chip apenas olhando os seus dados técnicos, por isso vamos te mostrar um site muito útil! O User Benchmark coleta dados de testes que foram feitos por milhares de usuários no mundo todo e os guarda em um banco de dados. Dessa forma, você pode fazer comparações entre processadores vendo suas performances em diferentes testes.

Comparativo entre dois processadores de notebook usando o CPU Benchmark (Foto: Reprodução/CPU User Benchmark)
Comparativo entre dois processadores de notebook usando o CPU Benchmark (Foto: Reprodução/CPU User Benchmark)

Para fazer essa comparação, basta acessar a aba de comparação do CPU Benchmark e procurar pelos dois processadores que deseja ver o desempenho. Os testes darão vários detalhes e mostrarão qual processador é melhor em cada ponto.

Saiba tudo sobre processadores aqui no Zoom.

Como comparar notebooks: Placa de vídeo

Se você quer notebooks para jogar, deve escolher modelos com placa de vídeo dedicada (Foto: Shutterstock)
Se você quer notebooks para jogar, deve escolher modelos com placa de vídeo dedicada (Foto: Shutterstock)

Notebooks de entrada e muitos intermediários tendem a vir com placa de vídeo integrada, mas se você deseja jogar ou rodar qualquer programa que precise de processamento gráfico, precisa investir em um notebook com placa de vídeo dedicada.

Para quem entende do assunto, já é possível ter uma noção de desempenho de duas placas de vídeos apenas olhando alguns dos seus dados principais, como VRAM, Núcleos CUDA, Clock, tecnologias de aprimoramento, entre outros. No entanto, se você quiser ter uma noção melhor do que cada placa consegue rodar, recomendamos o uso de comparadores de benchmark.

Funciona da mesma forma que mostramos no CPU, e coincidentemente dá para usar o mesmo site, o User Benchmark. Basta acessar esta página e colocar as duas placas de vídeo que deseja comparar, assim serão exibidos resultados de testes em diferentes aplicações, incluindo o FPS em jogos!

Comparativo entre duas placas de vídeo de notebook usando o CPU Benchmark (Foto: Reprodução/GPU User Benchmark)
Comparativo entre duas placas de vídeo de notebook usando o CPU Benchmark (Foto: Reprodução/GPU User Benchmark)

Ah, e uma dica: na hora de procurar por placas de vídeo para notebook no site, use a palavra “mobile” na frente do nome do modelo desejado, pois a mesma placa tem desempenhos diferentes em notebooks e computadores. Veja mais dicas para comparar placas de vídeo aqui no Zoom!

Como comparar notebooks: Bateria

Uma boa autonomia de bateria é um ponto importante na hora de comparar notebooks (Foto: Shutterstock)
Uma boa autonomia de bateria é um ponto importante na hora de comparar notebooks (Foto: Shutterstock)

Ter uma bateria que dure bastante é sempre bom, por isso procure na página oficial dos notebooks qual a autonomia média deles. Não fique limitado apenas aos dados que a fabricante sugere, procure reviews e avaliações de quem já comprou o modelo que você deseja, assim poderá ver qual é a duração real de bateria do aparelho ao comparar notebooks.

Apesar de a bateria ser um ponto fundamental, é normal que modelos mais potentes, principalmente voltados para jogos, não ofereçam uma autonomia tão grande assim. Não fique surpreso se ver um notebook gamer entregar menos tempo de bateria que qualquer modelo “convencional”, seus processadores e placa de vídeo tendem a gastar mais energia.

Como comparar notebooks: Sistema Operacional

O Windows é um dos sistemas operacionais mais populares (Foto: Shutterstock)
O Windows é um dos sistemas operacionais mais populares (Foto: Shutterstock)

Para escolher qual o melhor sistema operacional, é importante que você tenha em mente todos os programas e ferramentas que deseja usar, assim pode pesquisar pela compatibilidade deles com o SO em questão.

O Windows acaba sendo o mais usado por todos, já que chega instalado em boa parte dos notebooks e é compatível com vários programas. O Linux também vem ganhando o seu espaço no mercado, mas geralmente é mais usado por desenvolvedores ou usuários que gostam de mais liberdade e personalização.

Por último temos o MacOS, sistema dos notebooks da Apple. Ele é otimizado e exclusivo dos computadores da maçã, por isso tem ferramentas únicas e é bem intuitivo, além de rápido. Alguns softwares exclusivos, principalmente de edição, costumam ser um bom motivo para algumas pessoas o escolherem.

Qual marca de notebook é melhor?

Atualmente temos diversas marcas de notebook atuando no Brasil, o que é bom para o consumidor que tem um grande leque de escolhas. É praticamente impossível dizer qual a melhor, já que cada uma delas possui pontos positivos e negativos.

Por exemplo, enquanto algumas possuem um ótimo trabalho de garantia, outras focam em oferecer diversos modelos de notebook para alcançarem um público maior. Se você quer conhecer mais sobre as marcas, veja um artigo que preparamos falando sobre as vantagens e desvantagens de cada uma.