Como escolher o processador para o seu notebook?

Confira nossas dicas e acerte no processador para notebook

Murilo TunholiJornalista especializado em tecnologia e jogos. Formado pelo Centro Universitário IBMR. Atua nas editorias de Informática e Games.

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

Compartilhe:

Saber escolher o processador para notebook é importante na hora de comprar o modelo ideal para o seu perfil de uso. Em um computador, o componente é o cérebro responsável por executar os cálculos e comandos solicitados pelo usuário. Por isso, quanto mais poderoso for o chip, mais rápido a sua máquina vai realizar qualquer tarefa.

Atualmente, você pode escolher entre duas fabricantes de processador para notebook: Intel, responsável pelos chips Core i3, i5 e i7; e AMD, dona dos dos modelos Ryzen 3, 5 e 7. Nas linhas a seguir, nós do Zoom explicamos as diferenças entre os componentes e mostramos como escolher o melhor para o seu laptop.

Leia também: Qual processador comprar? Saiba escolher o melhor para desktop

Processadores Intel para notebooks

Os processadores Intel Core para notebooks são os mais conhecidos no mercado (Foto: Shuterstock/monticello)
Os processadores Intel Core para notebooks são os mais conhecidos no mercado (Foto: Shuterstock/monticello)

Os processadores da Intel estão presentes na maioria dos modelos de notebooks à venda no mercado. Sendo assim, é natural que você acabe optando por uma máquina equipada com um Intel Core i3, i5 ou i7. No entanto, esse é apenas o primeiro passo, pois é preciso também diferenciar as famílias e gerações de cada processador para notebook.

Além disso, é importante saber que os processadores Intel são classificados em duas categorias representadas pelas letras U ou H, que vem logo depois da numeração referente ao modelo do chip. Confira o artigo que explica em detalhes as diferenças entre os chips focados em eficiência energética (U) e alto desempenho (H).

Notebooks com processador Core i3

Um notebook com Intel Core i3 é considerado um laptop básico, ou seja, é indicado apenas para executar tarefas simples, como navegação na internet, envio de e-mails e edição de documentos e planilhas no Office. Por ter menos desempenho entre os chips da família Intel Core, os notebooks equipados com esse processador costumam ser mais baratos.

Se você é estudante ou trabalha com texto e planilhas, um computador mais simples pode ser suficiente para executar os programas do dia a dia. Entre os melhores notebooks com processador Intel Core i3 estão o Lenovo IdeaPad S145 (81XM0002BR), o Samsung Book E30 e o Dell Inspiron 3584.

Notebooks com processador Core i5

Um notebook com Intel Core i5 é recomendado para usuários que precisam de mais desempenho em programas exigentes, como editores de foto e vídeo e softwares de programação. Os laptops que contam com esse chip não são os mais baratos, mas costumam ser notebooks com bom custo-benefício.

Designers, arquitetos e programadores devem procurar notebooks com processador Intel Core i5 ou superiores, já que usam aplicativos exigentes na maioria das vezes. Os Acer Aspire 5 (A515-54G-53GP), Dell Inspiron 3583 e Asus Zenbook 14 (UX431FA) são modelos que devem entregar desempenho suficiente até em tarefas mais pesadas.

Notebooks com processador Core i7

Os notebooks com Intel Core i7 então entre os modelos mais poderosos e são ideais para editar vídeos, trabalhar com programas pesados sem risco de travar o computador e até jogar, principalmente se o laptop também contar com uma placa de vídeo dedicada. No quesito preço, os modelos com esse chip são os mais caros do mercado.

É comum encontrar o Intel Core i7 em notebooks gamer ou laptops voltados para uso profissional com alta produtividade. Para jogar, nós recomendamos os Dell G5 5590 e Acer Predator Helios 300, já que ambos têm placas de vídeo dedicadas e processadores da série H de alto desempenho. Se você procura um notebook para trabalhar, mas que tenha um i7, indicamos os Asus Zenbook 14 (UX434FAC-A6339T) e Lenovo Yoga S740 (81RM0004BR).

Processadores AMD para notebooks

Os processadores Ryzen, da AMD, competem diretamente com os Intel Core (Foto: Shuterstock/Lukmanazis)
Os processadores Ryzen, da AMD, competem diretamente com os Intel Core (Foto: Shuterstock/Lukmanazis)

Os processadores da AMD começaram a se popularizar com a chegada da linha Ryzen para notebooks. Os chips competem diretamente com a série Intel Core e, em alguns casos, têm custo-benefício melhor por serem mais baratos e entregarem desempenho muito parecido.

Assim como os processadores da Intel, os chips Ryzen também são divididos nas categorias U, que focam em eficiência energética, e H, voltados para alto desempenho.

Notebooks com processador Ryzen 3

Os notebooks com AMD Ryzen 3 são os mais simples e baratos. Se você precisa de um laptop para estudar ou trabalhar com textos e planilhas, o desempenho do processador será suficiente, ainda mais se o componente trabalhar junto com um SSD.

Ainda não há muitas opções de notebooks com processador Ryzen 3 no mercado. Por enquanto, o Acer Aspire 3 (A315-23-R6DJ) é o melhor modelo com o chip.

Notebooks com processador Ryzen 5

Os notebooks com AMD Ryzen 5 então entre os modelos com melhor custo-benefício do mercado. Além de serem mais acessíveis que os aparelhos com Intel Core i5, os processadores da AMD contam com placas de vídeo integradas da série Vega, que garantem mais desempenho gráfico em comparação às GPUs integradas da Intel.

Se você pretende rodar programas que peçam mais potência da placa de vídeo ou quer jogar games leves, mas não pode investir muito dinheiro, os Lenovo IdeaPad S145 (81V70008BR), Acer Aspire 3 (A315-42G-R7NB) e Acer Aspire Nitro 5 (AN515-43-R9K7) podem ser boas opções de compra.

Notebooks com processador Ryzen 7

Os notebooks com AMD Ryzen 5 são indicados para usuários que precisam de muito desempenho para trabalhar com programas pesados ou jogar em alta qualidade. Os modelos são os mais caros entre os laptops Ryzen, mas são mais baratos que os dispositivos com chips Intel.

Os Lenovo IdeaPad S145 (81V70000BR) e Acer Aspire 3 (A315-42G-R2LK) são as nossas recomendações para profissionais, como designers, programadores e arquitetos. Se você pretende jogar, o melhor notebook com Ryzen 7 é o Acer Aspire Nitro 5 (AN515-43-R4C3).

O que significa geração, clock, núcleos e cache no processador?

Agora que você já tem ideia de qual processador comprar de acordo com o seu perfil de uso, vale conhecer outros fatores que podem diferenciar os chips dentro da mesma linha, como geração, velocidade de clock, número de núcleos e a memória cache.

Geração

A geração de um processador define o quão recente o componente é. Tanto a Intel quanto a AMD lançam gerações novas anualmente, mas a contagem de cada fabricante é diferente. Os processadores Intel Core i3, i5 e i7 chegaram à 11ª geração em 2021, enquanto os chips Ryzen 3, 5 e 7, por serem mais recentes, entraram na quinta geração.

Para saber a idade de um processador, é só prestar atenção nos dígitos que antecedem os três últimos números no modelo. No Intel Core i5 10210U, por exemplo, o 10 indica que o chip é de 10ª geração. O esquema é o mesmo para o Ryzen 5 3500U, em que o três significa terceira geração.

Clock

A clock é a frequência que o processador realiza as atividades. Sendo assim, quanto maior for o clock, mais veloz também será o processador. Mas vale lembrar que quando maior for a frequência, maior será a temperatura e o consumo de energia no notebook.

Número de núcleos

O número núcleos em um processador define a quantidade de tarefas que ele pode administrar ao mesmo tempo. Ou seja, quanto mais núcleos, mais programas você pode usar simultaneamente.

Cache

A memória cache é mais um dos recursos que trabalham na velocidade do processador para notebook. Quanto maior for essa memória, mais ela contribui com o desempenho do processador.

Como escolher o melhor processador para notebook?

Para saber qual o melhor processador, antes de tudo você deve pensar quais são as tarefas que você faz no dia a dia com a máquina. Você usa o notebook para tarefas mais pesadas, como para trabalhar com edições de imagens? Então, vai ser necessário investir em um processador para notebook mais completo, com mais números de núcleos, memória cache maior e boa velocidade de processamento. Mas, caso você use o notebook para atividades mais simples, como navegar pelas redes sociais e trabalhar com textos e planilhas, um processador com configuração mais simples pode atender bem.

Depois de saber mais sobre cada tipo de processador para notebook fica fácil escolher aquele que garante bom desempenho durante suas tarefas.

Leia também: