Zoom indica em Notebook

HD x SSD: qual o melhor armazenamento de dados?

Os SSD são mais rápidos, mas o custo é elevado.

por Felipe Brito - Especialista em Tecnologia.

A maioria dos notebooks ainda usa o tradicional HD (disco rígido) como dispositivo de armazenamento de dados. Nos últimos anos, porém, o uso do SSD (solid state drive, ou disco em estado sólido) tornou-se uma opção viável.

O HD (ou HDD), uma tecnologia mais antiga, tem a melhor relação custo-benefício para quem precisa de muito espaço para dados.

Já o SSD, que usa memória flash, surgiu há alguns anos, na esteira dos pendrives e cartões de memória. O tamanho reduzido das primeiras versões, que variavam entre 16GB a 40GB, limitou o uso dos equipamentos em termos de espaço para dados. Hoje, já são encontradas versões de 128GB ou 256GB e até 512GB!

Mas, apesar de parecer pouco se comparado às capacidades disponíveis nos tradicionais HDs, o SSD tem muitas vantagens, confira:

  • É mais seguro por não conter partes móveis, como os HDs, e resistir melhor a choques e e quedas;
  • Esquenta menos, o que dá mais flexibilidade de uso e aumenta a vida útil do equipamento;
  • Deixa o computador mais rápido em operações como boot e leitura de dados;
  • Lê os dados armazenados até 3x mais rápido que um HD convencional;
  • Apesar do pouco armazenamento, é ideal para programas de edição de imagens e vídeo.

 

Contudo, o SSD ainda encarece demais o preço final dos notebooks e não estão totalmente consolidados no mercado. O MacBook Air, notebook fino da Apple, utiliza SSD e o seu preço é bem elevado em relação a produtos de configuração parecida.

Os Ultrabooks também têm como padrão usar SSDs como única forma de armazenamento de dados. Hoje, já não temos muitos modelos à venda com este nome. Porém, as marcas continuaram investindo em notebooks bem mais finos, e só não levam mais o nome de Ultrabook por não cumprirem 100% das exigências da Intel, dona do nome Ultrabook.

A boa notícia é que alguns notebooks estão vindo com armazenamento híbrido, quer dizer, modelos que vêm com um HD e um SSD.

Funciona assim: o HD cuida do armazenamento bruto, digamos, já que a maioria dos notes contam com espaço de 500GB ou 1TB; e o SSD geralmente tem um espaço menor e fica reservado quase exclusivamente para o sistema operacional e uns poucos programas que você poderá instalar.

A ideia é oferecer notebooks rápidos, mas garantindo um preço mais camarada em relação a notes que vêm somente com o SSD.

Então, se você não precisa de tanta rapidez no processamento e leitura de dados e busca um computador móvel bem simples, para aplicações como Office e acesso à internet, um HD comum oferece mais espaço por um preço que ainda é muito mais baixo.

Mas se você busca o que há de mais moderno em tecnologia e quer muita velocidade e segurança para armazenar dados, pode procurar notebooks com SSD que você certamente não se arrependerá. Mas lembre-se de preparar o bolso.

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em notebook