AMD ou Intel: qual o melhor processador?

AMD ou Intel? Saiba mais sobre esses processadores e escolha o melhor para o seu notebook

Filipe SallesEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Na hora de escolher um notebook, é essencial considerar com qual processador ele vem equipado. Afinal de contas, ele é basicamente, o "cérebro" do aparelho, ou seja, responsável por fazer todas as outras funções caminharem direitinho. É claro que os fabricantes dos aparelhos e dos próprios processadores sabem disso, o que deixa a disputa mais acirrada a cada geração lançada. No topo da briga, temos a AMD e a Intel.

Ambas são bem conhecidas por seus componentes para computadores e notebooks e com grande força no mercado. Antes de falar sobre os processadores, é bom lembrar que muitos outros fatores têm participação no desempenho final de um notebook, como a memória RAM, a placa de vídeo e até a presença de um SSD.

Além disso, se o objetivo for executar tarefas mais simples, como navegar pela internet, trabalhar com programas do Office e baixar e assistir a vídeos, uma configuração mais simples pode ser excelente. Por isso mesmo que temos uma lista especial com os melhores notebooks para trabalho e também para estudar.

Já tarefas mais pesadas como rodar jogos atuais ou programas de edição de imagem ou vídeo exigem equipamento mais robusto, incluindo os processadores. Se você conferiu a lista de notebooks para trabalhar acima, vai notar a grande diferença nas configurações deles com a nossa lista de notebooks para edição de vídeo, por exemplo.

Porém, ambas são mais conhecidas justamente por suas linhas de processadores. É por isso que nessa disputa entre Intel ou AMD, estamos nos focando apenas no processador. Sendo assim, confira o que achamos de cada marca para decidir qual delas tem o melhor processador para você!

Não perca também aqui no Zoom:

AMD pode ser o melhor processador em alguns casos

Processadores AMD são indicados para desktops e para quem quer jogar (Fonte: Divulgação/AMD)
Processadores AMD são indicados para desktops e para quem quer jogar (Fonte: Divulgação/AMD)

Presente no desenvolvimento de vários componentes de informática, a AMD é a segundo nome a ser lembrado quando falamos de processador. Ela continua trabalhando para se aproximar da Intel, que fabrica CPUs há mais tempo e possui um catálogo maior de processadores.

A AMD costuma ser a favorita de quem gosta de montar um computador de mesa (desktop) mais personalizado. Isso acontece pois a fabricante aposta na relação custo-benefício. Por exemplo, a entrada dos processadores AMD Ryzen não costuma mudar entre gerações. ou seja, mesmo que você tenha uma placa-mãe mais antiga, é provável que consiga atualizar seu processador sem precisar trocar de placa-mãe.

Além disso, os processadores da AMD costuma apelar um pouco mais ao público gamer, oferecendo maior desempenho em suas linhas Ryzen de processadores. Esse é o motivo pelo qual os processadores com placa de vídeo integrada da AMD costumam ter melhor performance em jogos que um similar da Intel.

Ao mesmo tempo, a oferta menor de processadores na disputa faz com que os seus processadores top de linha tenham dificuldade de bater as peças premium da Intel. Além disso, os processadores AMD dessa categoria costumam ser mais caros que rivais semelhantes.

Ou seja, ao comparar AMD ou Intel, é importante notar a categoria de processador que deseja comprar ou se quer uma placa de vídeo dedicada que consiga rodar jogar. Antes de prosseguirmos, confira também esse comparativo de processadores intermediários: Intel Core i5-10400F vs AMD Ryzen 5 3600: qual o melhor processador?

Mas a Intel ainda é "O" nome em processadores

Se a AMD foi pelo caminho do custo-benefício, o objetivo da Intel também é bem claro: ela quer se afirmar como a melhor e mais versátil desenvolvedora e fabricante de processadores do mercado. Para isso ela não economiza, seja em tecnologia ou marketing.

Por isso mesmo que é muito mais provável você encontrar notebooks equipados com processadores Intel do que AMD. Confira nossa lista dos notebooks mais vendidos em 2021, por exemplo, e você irá perceber que a maioria esmagadora dos notebooks usam chips da fabricante.

A Intel oferece desde processadores básicos capazes de rodar programas simples a equipamentos intermediários e top de linha. Por outro lado, seu placa de vídeo integrada acaba fazendo com que notebooks equipados com Intel Core não sejam tão indicados para games.

O Intel Core i7 é mais indicado para quem precisa rodar programas para executar trabalhos digitais mais pesados, como edição de vídeo (Fonte: Shutterstock/dennizn)
O Intel Core i7 é mais indicado para quem precisa rodar programas para executar trabalhos digitais mais pesados, como edição de vídeo (Fonte: Shutterstock/dennizn)

Só que, mesmo que um processador AMD possa dar conta de trabalhar com games e até programas gráficos, as melhores versões do Core i7 e i9 trabalham muito melhor, especialmente se acompanhadas de uma placa de vídeo dedicada.

Confira no Zoom alguns dos melhores notebooks com placa de vídeo dedicada em 2021!

Isso torna o Intel Core i7 ou i9 o processador dos sonhos de qualquer um que queria uma senhora máquina, que apresente ótima velocidade em qualquer trabalho que apareça. Na categoria premium, a Intel é a mais indicada ao procurar entre AMD ou Intel.

Conheça também no Zoom:

Intel ou AMD: qual é o melhor processador?

Quase todas as respostas para perguntas como essa é: depende. Se está procurando um computador barato para jogos, nossa recomendação é ir atrás dos processadores AMD Ryzen, especialmente o Ryzen 5 a partir da terceira geração.

Se o seu objetivo for trabalhos simples, pode decidir por AMD ou Intel. Tanto o Intel Core i3 quanto o AMD Ryzen 3 irão servir bem. Processadores da AMD que virem com a placa de vídeo integrada Radeon Vega 8 têm uma pequena vantagem para rodar jogos, mas vale lembrar que essa é uma categoria de processador que não foi feita para jogar, então não considere tanto esse quesito.

Agora, se você quer um computador que rode bem alguns jogos, entre a Intel ou AMD, o AMD Ryzen 5 é o mais indicado. Porém, existe um cuidado importante a considerar ao pesquisar por esse processador da marca para montar um computador desktop. É saber se você vai montar o PC já com a placa de vídeo dedicada.

Se sim, você pode comprar qualquer AMD Ryzen 5 sem problemas. Inclusive, recomendamos que o compre sem placa de vídeo integrada, o que irá baratear o preço. Porém, se está contando com uma GPU integrada para começar, verifique se o modelo em questão vem com a placa Radeon Vega 8.

Se não tem tanto interesse em jogar e quer um processador premium para a melhor performance em tarefas pesadas, então os Intel Core i7 de gerações recentes são a melhor recomendação ao pesquisar entre AMD ou Intel. Normalmente mais barato que o rival AMD Ryzen 7, eles entregarão todo o desempenho que precisa para executar trabalhos digitais mais pesados.

Vale lembrar que apenas um processador potente não é o suficiente! Invista também em uma memória RAM robusta e em um SSD para iniciar seu sistema operacional e programas com muito mais rapidez. Se ainda está em seus primeiros passos na montagem de um PC, não deixe de conferir nossos guias ensinando para que serve a memória RAM e como saber a geração do processador na hora de comprar!

Antes de encerrarmos, é importante mencionar que, caso você já esteja usando um desktop com placa-mãe, você só pode trocar de marca caso substitua sua placa-mãe atual. As fabricantes usam soquetes em padrões totalmente diferentes. Isso significa que uma placa-mãe que aceite processadores Intel e incapaz de receber um AMD e vice-versa. Temos uma lista aqui no Zoom com as melhores placas-mãe para comprar em 2021.

Já sabe o que procura no seu notebook? Aqui no Zoom a gente tem os produtos ideais para você. Não saia sem conferir nossa lista completa com os melhores notebooks em 2021!