Notebook não conecta ao Wi-Fi? Veja possíveis causas e soluções

Está com problemas para se conectar ao Wi-Fi com seu notebook? Veja algumas das possíveis soluções para isso.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Quem tem notebook sabe o quão chato é não conseguir se conectar à Internet. Os problemas para que isso esteja acontecendo podem ser vários, mas em grande parte das vezes são simples de se resolver. Por isso, o Zoom preparou um artigo com algumas dicas com possíveis causas e soluções que você pode fazer quando passar por essa situação.

Reunimos os problemas mais comuns que causam os problemas de conexão em um notebook, desde você estar com o seu Wi-Fi desligado até mesmo possíveis bugs na configuração do roteador. Veja, a seguir, as nossas dicas.

Leia também: Como deixar o notebook mais rápido?

Wi-Fi do notebook está desligado

Pode parecer simples, mas em grande parte das vezes o problema é que simplesmente o Wi-Fi está desligado. Às vezes nos acostumamos tanto a ligar o notebook e a conexão sem fio sempre estar ativada que, quando acontece de ela desligar sozinho por algum motivo, não percebemos.

Ligar o Wi-Fi do notebook é fácil. Você pode fazer isso por uma combinação de teclas, essa que varia dependendo do aparelho. Geralmente, a combinação é “FN” e algum dos botões entre F1 e F12, basta você olhar qual possui o símbolo de uma pequena conexão ou antena.

No entanto, se isso não funcionar, você pode ir direto nas configurações e ligar. Basta digitar “Wi-Fi” no campo de busca do Windows e entrar na opção que aparecer. Lá você pode clicar no botão de ativar a sua rede sem fio e, depois, escolher quais das conexões deseja acessar.

O Wi-Fi pode ser ligado direto nas configurações do Windows 10. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)
O Wi-Fi pode ser ligado direto nas configurações do Windows 10. (Foto: Reprodução/Bruno Rodrigues)

Sinal fraco do Wi-Fi

Quando você está conectado ao Wi-Fi, é possível ver o nível do sinal no próprio símbolo da conexão, que fica ali perto do relógio do Windows. Se você está com problemas de velocidade e esse símbolo está dando como “fraco”, então talvez seja necessário você começar a usar seu computador mais perto do roteador, pois provavelmente está em uma distância maior do que a suporta por ele.

Sinal do Wi-Fi fraco pode ser um indicador de roteador pouco potente. (Foto: Shutterstock/Cristian Gutu)
Sinal do Wi-Fi fraco pode ser um indicador de roteador pouco potente. (Foto: Shutterstock/Cristian Gutu)

Além disso, também é possível que isso seja causado pela quantidade de paredes entre você e a conexão. Lembre-se que, quanto mais paredes tiver, mais o sinal será “barrado” até chegar em você. O ideal é que o roteador seja colocado em um ponto central da casa, assim consegue enviar sinal para todos os cômodos de forma igual.

Se você já fez isso e o sinal continua fraco, talvez esteja na hora de você investir em um novo roteador. A dica que damos é comprar um roteador mais potente com mais de uma antena, focado em oferecer uma cobertura de sinal maior. Dê uma olhada em algumas sugestões de roteadores que preparamos.

Interferência no sinal

Em casas que usam muitos equipamentos sem fio, pode acontecer de ter algumas interferências de sinal quando os dispositivos usarem a mesma frequência de transmissão de ondas. Neste caso, existem duas saídas, a primeira delas é você começar a usar o notebook conectado a um cabo de rede.

Problemas de interferência? Tente usar o cabo de rede. (Foto: Shutterstock/Artem Oliinyk)
Problemas de interferência? Tente usar o cabo de rede. (Foto: Shutterstock/Artem Oliinyk)

Além de resolver a interferência de sinal, você também terá uma conexão mais rápida, tendo em vista que irá eliminar qualquer problema relacionado a distância da sua máquina até o roteador. O próprio aparelho também consegue receber mais dados pela entrada RJ-45 (Ethernet) do que por transmissão sem fio.

Se você não pode ou não quer usar uma conexão cabeada, então a solução será investir em um novo roteador que seja dual-band. Esses modelos trabalham com conexões em duas frequências diferentes: 2,4 GHz e 5 GHz. Assim, você pode evitar qualquer problema com interferência causado por outros aparelhos.

Bug na configuração do roteador

Se você já tentou de tudo e mesmo assim a sua conexão continua com problemas, então pode ser que o seu roteador esteja com algum bug de configuração. É justamente por isso que, ao ligar no suporte da sua operadora de Internet, a primeira coisa que eles pedem para você fazer é para você desligar ele, esperar 15 segundos e ligar novamente. Normalmente essa reinicialização conserta grande parte dos problemas.

Reiniciar o modem ou roteador pode resolver a maioria dos bugs. (Foto: Shutterstock/boyhey)
Reiniciar o modem ou roteador pode resolver a maioria dos bugs. (Foto: Shutterstock/boyhey)

Pode ser que o causador disso tudo seja alguma configuração que não esteja certa no seu roteador. Se você tiver um pouco de conhecimento com a configuração básica desses equipamentos, pode apertar o botão "Reset" que existe neles para voltar suas configurações como vieram de fábrica, e assim configurar novamente.

Caso você não tenha conhecimento nesta área, será necessário ligar na sua operadora e pedir para que eles façam esse tipo de configuração. Lembre-se, tentar fazer isso sem saber pode piorar ainda mais a situação.

Leia também: