O que é sistema operacional?

O sistema operacional é o principal responsável por fazer a interface entre o usuário e o hardware

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

O sistema operacional vai muito além de um programa do computador, notebook ou até mesmo celular. Muitas pessoas sabem que ele está lá e que de fato é um item primordial para o bom funcionamento do seu dispositivo, mas, por outro lado, não entendem a dimensão dessa importância.

Entender o que é o sistema operacional de maneira mais objetiva pode até mesmo mudar sua relação com seus dispositivos eletrônicos, sabia? Afinal, estamos falando de um software (saiba o que é) que tem como papel primordial fazer a interface entre você, usuário, e o hardware (entenda o que significa).

Aqui no Zoom, te explicamos também qual o melhor sistema operacional para seu PC ou notebook, se quiser conferir!

Sistema operacional: o que é e qual a sua função?

De maneira mais objetiva, o sistema operacional refere-se a um ou mais softwares que tem como papel central gerenciar e ainda administrar todos os recursos presentes em um sistema. Isso envolve desde os componentes do hardware, sistemas de arquivos e até mesmo programas de terceiros.

Portanto, é o sistema operacional que faz a interface entre você e seu computador ou notebook. Mas, é bom lembrar que quando falamos em um dispositivo, podemos também nos referir a um celular ou tablet, por exemplo – até mesmo um console de videogame entra nesse grupo, sabia?

Seja qual for o sistema operacional, ele 'traduz' as informações do código para o usuário em uma interface mais amigável (Fonte: Stanislaw Mikulski / Shutterstock.com)
Seja qual for o sistema operacional, ele 'traduz' as informações do código para o usuário em uma interface mais amigável (Fonte: Stanislaw Mikulski / Shutterstock.com)

Para ficar mais claro, quando você simplesmente aciona um botão para ligar seu dispositivo, ele sempre realiza uma bateria de testes. Isso é primordial para que o computador ou notebook, por exemplo, possam certificar que tudo irá funcionar dentro do esperado. Nesse caso, a verificação envolve desde os componentes físicos até o hardware – somente depois de fazer isso é que se inicia o sistema operacional.

Se o seu notebook não liga, aí é outro problema, e nós já explicamos aqui o que fazer.

Uma espécie de gerente de recursos

Um papel bastante relevante do sistema operacional é que ele atua de maneira a garantir que um programa não acabe por interferir em outro. Isso quer dizer que ele age como um tipo de gerente de recursos, criando um ambiente que contribua para a execução de maneira conveniente. Ou seja, é simples sem abrir mão de uma inquestionável eficiência.

Quais os tipos de sistemas operacionais?

É importante destacar que o sistema operacional não existe em um só padrão. Isso quer dizer que existem vários padrões disponíveis no mercado e, cada um, apresenta particularidades, benefícios e propostas diferentes. Confira alguns dos principais!

Sistema operacional Linux Ubuntu

O sistema operacional Ubuntu é uma forma mais amigável do Linux (Fonte: DANIEL CONSTANTE / Shutterstock.com)
O sistema operacional Ubuntu é uma forma mais amigável do Linux (Fonte: DANIEL CONSTANTE / Shutterstock.com)

O sistema operacional Linux Ubuntu é um dos queridinhos para quem prefere a liberdade de estar longe das “garras” das gigantes Microsoft e Apple. Isso porque ele é caracterizado por ser um sistema que pode ser personalizado para diferentes propósitos, evitando que o usuário acabe ficando engessado.

Por outro lado, seu uso depende de recursos mais avançados do que os demais – o mesmo vale para o uploads de programas. Esse é um ponto que acaba inibindo que mais pessoas optem pelo Linux Ubuntu. Nós já explicamos em outro artigo com mais detalhe o que é Ubuntu, se você quiser saber mais.

Sistema operacional Windows

O sistema operacional Windows é o mais comum entre os usuários (Fonte: omihay / Shutterstock.com)
O sistema operacional Windows é o mais comum entre os usuários (Fonte: omihay / Shutterstock.com)

O sistema operacional Windows foi desenvolvido pela Microsoft ainda nos anos 80. Logicamente que as mudanças são muito evidentes depois de tantos anos, bem como seu uso intuitivo e que já faz parte até mesmo da nossa maneira de interagir com a tecnologia.

Por isso, é comum que grande parte dos notebooks e computadores já venha de fábrica com ele instalado – e, é justamente isso que contribui para que ele seja um dos mais populares.

Sistema operacional Android

O sistema operacional Android é muito comum em celulares (Fonte: quietbits / Shutterstock.com)
O sistema operacional Android é muito comum em celulares (Fonte: quietbits / Shutterstock.com)

Já o Android é um sistema operacional presente para smartphones e tablets. Isso ajuda a entender porque ele é um dos sistemas operacionais mais usados no mundo!

Ele foi lançado em 2008 e foi desenvolvido pelo Google. Sua principal atribuição é gerenciar todas as tarefas em um dispositivo móvel, bem como permitir que o usuário tenha a oportunidade de contar com uma interface muito mais intuitiva e atraente.

Embora seu uso seja mais voltado para smartphones e tablets, isso não é uma exclusividade. Afinal, por ser um sistema aberto e customizável, ele é usado em outros equipamentos eletrônicos, como Smart TVs, câmeras fotográficas e até mesmo videogames.

Sistema operacional Apple

O iOS no celular e o macOS em notebooks: esses são os sistemas operacionais da Apple (Fonte: DANIEL CONSTANTE / Shutterstock.com)
O iOS no celular e o macOS em notebooks: esses são os sistemas operacionais da Apple (Fonte: DANIEL CONSTANTE / Shutterstock.com)

O sistema operacional desenvolvido pela Apple é o MacOS que já vem devidamente instalado nos dispositivos Mac. Ele foi desenvolvido em 2001, tendo como base o Kernel Unix (denominado por XNU). Um dado interessante é que, mesmo depois de inúmeras atualizações, a essência desse sistema operacional permanece quase a mesma.

Na verdade, isso é o principal aspecto que o diferencia do Windows, uma vez que nem todas as atualizações foram confortáveis para os usuários com o passar dos anos. É considerado um sistema bastante estável e também seguro, principalmente diante a ação de malwares e demais ameaças.

Sistema operacional Endless OS

O sistema operacional Endless é o mais novo se comparado aos anteriores. Ele foi criado por uma empresa homônima e desenvolvido por Matt Dalio durante uma viagem com destino à Índia. A iniciativa se deu pela sua percepção que muitas pessoas tinham smartphones e TVs em suas casas, mas não computadores.

Por isso, ele teve a ideia de unir o ambiente de celulares e outros componentes de custo reduzido para oferecer equipamentos mais acessíveis. Sua interface é baseada no Linux e seu maior diferencial é ser especializado em conteúdos offline e aplicativos de cunho educativo. A experiência é justamente agregar facilidade, mesmo para quem nunca usou um computador na vida.