Samsung Book E30: muito conforto para trabalhar em um notebook básico

O Samsung Book E30 cumpre o esperado com boas funções e muito conforto, mas com algumas falhas de performance

Filipe SallesEditor(a)

Publicado e atualizado 12 min. de leitura.

Compartilhe:

O Samsung Book E30 é o notebook de entrada da Samsung e aposta forte em seu design e na facilidade de uso para atrair novos adeptos, tanto que o consideramos um dos melhores notebooks i3 de 2021. Com foco em deixar seu usuário confortável durante as horas de trabalho, ele também apela para a conectividade com outros aparelhos do ecossistema Galaxy, um foco evidente de sua fabricante nos últimos anos.

Mas será que o Samsung Book E30 é bom e cumpre o que promete? Será que ele é uma aposta certeira para quem procura um notebook mais econômico, mas sem perder em performance?

Como verá ao longo dos próximos parágrafos, o notebook traz diversas facilidades no uso e no upgrade, além de contar com uma tela incrível, que supera até mesmo a de alguns notebooks intermediários. Por outro lado, o custo disso é alguns problemas na performance, além de uma autonomia de bateria abaixo do esperado. Ainda assim, o notebook superou nossas expectativas pela facilidade em seu uso.

Samsung Book E30: prós e contras

Prós: o Samsung Book E30 é muito confortável e fácil de usar, já que seu teclado vem com teclas maiores, além de incluir teclado numérico. Sua tela de 15,6 polegadas e resolução Full HD também se destacam, já que não são tão comuns em notebooks básicos. Isso torna esse computador melhor para trabalhar, estudar ou apenas ver filmes e séries.

Um detalhe interessante e que certamente é um ponto positivo são as portas traseiras. Ela permite trocar o HD por um SSD ou adicionar mais um pente de memória RAM, permitindo deixá-los mais rápido.

O Samsung Dex e Flow também são alguns dos destaques dos notebooks Samsung, já que eles facilitam a conexão entre o notebook e seu smartphone da linha Galaxy. Ou seja, é uma opção indicada para quem já costuma usar produtos da Samsung, já que a conectividade entre aparelhos é muito melhor.

Por fim, o processador i3 possibilita que abra a maioria dos programas, com exceção de software mais exigente, como jogos ou programas de edição profissional. Ou seja, mesmo sendo um notebook básico, isso não significa ter problemas para abrir programas comuns, como editores de texto, planilhas e gerenciadores de email.

Contras: em nossos testes, notamos que a memória RAM de 4GB está entrando em defasagem, apresentando lentidão ao abrir muitas abas no navegador. Ou seja, a vantagem de poder adicionar memória no computador pode, na verdade, acabar se tornando uma obrigação.

A bateria não dura o tanto quanto o esperado. Mesmo em tarefas leves, levou pouco menos de 4 horas para que o notebook enviasse uma notificação exigindo que colocássemos o E30 no carregador.

Apesar de a tela ser grande e ter resolução Full HD, o uso do painel TN acaba sendo uma desvantagem. Por ser um tipo de tela "econômico", ele apresenta distorções nas cores caso não esteja olhando a tela em ângulo reto.

Veja as melhores ofertas do Samsung Book E30 no Zoom:

O que vem na caixa?

Como um notebook básico, não há muitos itens que o acompanham na caixa. Sendo assim, confira abaixo o que acompanha o Samsung Book E30 na caixa.

  • Notebook Samsung Book E30
  • Carregador
  • Kit de Manuais

Confira a seguir a ficha técnica completa do notebook Samsung Book E30 e o que achamos dele!

Ficha técnica do Samsung Book E30

Samsung Book E30: Design e Construção

Leve e fácil de carregar, o design e a construção são pontos fortes desse notebook. Ele conta com portas na parte inferior que permitem trocar facilmente o HD e SSD, além de adicionar memória RAM DDR4. A fabricante permite a atualização dessas peças sem a perda da garantia, algo que não acontece em modelos onde você precisa abrir o notebook para fazer essa troca.

Seu teclado está de acordo com padrão ABNT2, com as teclas "Ç" e os acentos. Só que ele é mais compacto que o convencional, trazendo menos botões e exigindo mais combinações para alcançar alguma tecla específica.

Por exemplo, o ? e o /, que costumam ter um espaço próprio em teclados maiores, foram redirecionados como alternativas no "Q" e no "W". Isso foi causado por uma escolha de design, já que a fabricante declarou que suas teclas são 10% maiores do que as de teclados convencionais.

Em nosso teste, constatamos que de fato há uma facilidade maior na digitação. O teclado não é retroiluminado, mas traz numberpad completo, ideal para quem costuma trabalhar com números e um extra em relação a outros notebooks básicos, que nem sempre trazem esta opção.

O teclado compacto do Samsung Book E30 é compensado pelas teclas maiores, que tornam a digitação mais precisa (Foto: Filipe Salles)
O teclado compacto do Samsung Book E30 é compensado pelas teclas maiores, que tornam a digitação mais precisa (Foto: Filipe Salles)

O touchpad é liso e fácil de usar, até mesmo para usuários que preferem ter um mouse à disposição, como é o meu caso. Mesmo acostumado ao periférico, não tive problemas em usar o touchpad ao longo dos testes. Ele não conta com funcionalidades extras além de servir como um mouse regular.

Por ser liso, não há uma definição clara de onde os cliques esquerdo e direito começam. Em nossos testes, chegamos a notar que alguns cliques no canto direito foram detectados como cliques normais.

Samsung Book E30: Tela

O Samsung Book E30 possui uma tela Full HD de 15 polegadas, perfeita tanto para trabalhar quanto descansar assistindo a um filme ou série (Foto: Filipe Salles)
O Samsung Book E30 possui uma tela Full HD de 15 polegadas, perfeita tanto para trabalhar quanto descansar assistindo a um filme ou série (Foto: Filipe Salles)

O Samsung Book E30 possui painel LED do tipo TN, com resolução em Full HD. Ou seja, ele possibilita rodar jogos e assistir a filmes e séries com resolução de 1920 x 1080 pixels. Por outro lado, ter um painel TN significa maior distorção nas cores, dependendo da luz no ambiente e até mesmo do ângulo do qual se está olhando para a tela.

Mesmo que tenha excelente abertura, facilitando trabalhar de qualquer lugar, as cores distorcidas do painel TN podem dificultar usá-lo em ângulos menos ortodoxos, como deitado na cama. Ou seja, para assistir a algum filme ou série sem qualquer distorção, o ideal é conectá-lo a uma Smart TV ou assistir em uma mesa.

Em contraponto, a tela possui 15,6 polegadas e borda fina, tornando-o excelente para tarefas relacionadas ao trabalho, como visualização de planilhas, vídeos, leitura e escrita. A taxa de atualização é de 60Hz, padrão do mercado e que possibilita assistir a qualquer coisa sem sentir qualquer estranheza.

Samsung Book E30: Conectividade

Todas as portas USB do Samsung Book E30 apresentam excelente funcionamento e encaixe, sem qualquer sinal de mau contato. As portas também são distribuídas pelas laterais do notebook, o que facilita na organização dos fios e te permite posicionar periféricos da maneira que fizer mais sentido para o seu espaço de trabalho.

O Samsung Book E30 conta com entrada HDMI, conexão para combo fone e microfone de 3,5mm e para cartão de memória. O combo fone+microfone funcionou sem problemas, transmitindo perfeitamente a voz dos meus colegas de trabalho em videoconferência, assim como enviando a minha com clareza.

Além disso, ele também traz três entradas USB: uma 3.0, ideal para transferir arquivos por pendrive, uma USB-C, bastante comum em smartphones atuais, e uma 2.0, mais indicada a uso de periféricos como teclado e mouse.

O notebook também é compatível com Wi-Fi 5GHz, oferecendo maior velocidade e estabilidade na conexão. Em nenhum momento dos nossos testes houve oscilação causada por perda de sinal. Ainda assim, o notebook conta com porta Ethernet RJ-45 para quem prefere conexão cabeada. Se quiser entender melhor, temos um artigo que explica o que é Ethernet.

Ao longo do teste, nossa conexão Wi-Fi ficou estável e no máximo de velocidade disponível. É mérito da operadora, mas também do Samsung Book E30 (Fonte: Google/Reprodução)
Ao longo do teste, nossa conexão Wi-Fi ficou estável e no máximo de velocidade disponível. É mérito da operadora, mas também do Samsung Book E30 (Fonte: Google/Reprodução)

Se você tem aparelhos da linha Samsung Galaxy, o E30 possui mais um atrativo

Não é novidade que a Samsung busca oferecer mais conectividade entre os aparelhos da marca. O novo lançamento Samsung Galaxy Book S é prova disso, mas o E30 já conta com duas funcionalidades do tipo. O Samsung DeX possibilita a usuários de smartphones e tablets da Samsung conectarem seus aparelhos por meio da porta USB-C do notebook.

Ao fazer isso, você pode usar o celular aproveitando a tela maior do notebook e também teclado e mouse. Além disso, você terá completo acesso aos aplicativos e jogos, assim como poderá visualizar todas as fotos e vídeos tiradas no seu aparelho. Só não vale trapacear jogando com teclado e mouse no Free Fire.

O Samsung Flow funciona de forma parecida, mas não exige a conexão por cabos USB. Para usá-lo, basta que seu notebook e dispositivo móvel estejam conectados na mesma rede Wi-Fi. Alternativamente, você pode conectar o computador e o celular por meio do Bluetooth.

O Samsung Flow permite conectar seu notebook a outros aparelhos da Samsung que tiver em casa (Fonte: Samsung Flow/Reprodução)
O Samsung Flow permite conectar seu notebook a outros aparelhos da Samsung que tiver em casa (Fonte: Samsung Flow/Reprodução)

Com o Flow, você pode facilmente trocar arquivos entre smartphone e computador, e vice-versa. Além disso, você pode visualizar notificações do celular ou tablet na tela do computador. Ele é bem útil caso esteja esperando uma mensagem ou e-mail importante, mas não pode ficar com o smartphone em mãos o tempo todo. A única limitação que encontramos é a impossibilidade de abrir aplicativos, como os de redes sociais.

Caso alguém te mencione no Facebook ou Instagram, por exemplo, deverá pegar no celular para ver do que se trata a menção. Você também pode ativar o Smart View, que permite controlar remotamente o aparelho móvel e visualizar aplicativos na tela do Samsung Book E30.

Por outro lado, não é possível aproveitar algumas vantagens do computador. Ao fazer uma ligação de vídeo pelo WhatsApp, a câmera usada ainda será a do smartphone, não a do Samsung Book E30.

Samsung Book E30: Desempenho

Por ser um notebook básico, ele não foi feito para tarefas muito pesadas, como rodar jogos atuais. Ainda assim, ele pode ser capaz de trabalhar em tarefas de edição de áudio e vídeo, mas com ressalvas.

Executar essas tarefas pode ser possível por meio do processador Intel Core i3 de 10ª geração. Mesmo que seja o mais básico entre os processadores Intel, o fato dele ser de uma geração atual o torna mais indicado que alguns processadores i5 de gerações anteriores, por exemplo. Por outro lado, o fato de contar com apenas 4GB de memória RAM se torna um empecilho.

Trabalhar com cerca de cinco abas abertas no navegador Google Chrome não apresenta problemas. A partir daí, já é possível encontrar certa lentidão e leves congelamentos, principalmente caso tenha algum aplicativo de mensagens como o Slack aberto simultaneamente. Por outro lado, nenhum congelamento resultou na infame "tela azul" do Windows.

Ainda assim, vale ressaltar o quanto o notebook é silencioso. Mesmo apresentando lentidão ou estressando o sistema, não se ouve barulho da ventoinha em nenhum momento, inclusive quando eu tentei rodar um jogo pesado nele.

O ideal é que você use o Samsung Book E30 de maneira mais focada, evitando abrir muitos programas ou abas no navegador ao mesmo tempo. Sempre que eu exagerava no número de abas e programas abertos ao mesmo tempo, ele começava a ficar lento.

Por outro lado, vale lembrar que o computador vem com um espaço livre para aumentar a memória RAM, permitindo ter até 32GB totais, de acordo com a fabricante. Inclusive, recomendamos que faça esse upgrade, já que aumentará consideravelmente a performance do Samsung Book E30.

As tampas abrem facilmente e trocar o HD ou adicionar mais memória RAM não te fazem perder a garantia do notebook (Foto: Filipe Salles)
As tampas abrem facilmente e trocar o HD ou adicionar mais memória RAM não te fazem perder a garantia do notebook (Foto: Filipe Salles)

O notebook vem equipado com HD de 1TB, o que é espaço suficiente para quem não produz arquivos de grande volume, como vídeos. Mesmo que não tenha um SSD, o tempo de início do sistema não passa dos 2 minutos. Ainda assim, vale lembrar que esse tempo pode aumentar, dependendo de quantos programas abrirem simultaneamente com o sistema.

Outro detalhe importante para quem está procurando uma opção para trabalho, mas também gostaria de jogar um pouco no E30: notebooks da categoria dele não são indicados para jogos, então você não conseguirá rodar games produzidos por grandes produtoras e lançados nos últimos cinco anos, como Red Dead Redemption 2 e The Witcher 3: Wild Hunt. Nem mesmo em configurações mínimas.

Como o Samsung Book E30 possui uma placa de vídeo integrada e não é capaz de reproduzir gráficos muitos complexos, testei jogar o icônico game de estratégia Sid Meier's Civilization VI, lançado no final de 2016.

Apesar de o jogo não contar com gráficos ultra realistas, ele traz um mapa que se expande à medida que o jogador o explora. Isso o torna ideal para testar a memória RAM e o processador. Ainda assim, não conseguimos passar da tela de início. Mas vale lembrar que isso não conta como um ponto negativo em nosso review, já que é a performance esperada de um notebook econômico.

Por outro lado, testei também o game indie Broforce, lançado em 2014. Quase sem exigências gráficas, conseguimos explorar o game sem problemas de performance, rodando-o com cerca de 40 FPS na resolução Full HD. Esse acaba sendo o perfil mais indicado de jogo para aproveitar no notebook.

Lembrando que, apesar de não exigir muito do seu computador, títulos como o próprio Broforce e Stardew Valley são bastante premiados e aclamados. Por outro lado, é importante frisar que o E30 não é um modelo de notebook focado em jogos.

Conheça alguns modelos de notebook gamer baratos que poderão rodar seus games favoritos

Samsung Book E30: Autonomia de bateria

Com 43Wh de bateria, conferimos quanto tempo o notebook pode funcionar de maneira autônoma, ou seja, sem estar conectado à tomada. Para o teste, buscamos simular o funcionamento rotineiro de um notebook básico para trabalho.

Isso significa que aumentamos o brilho ao máximo e trabalhamos com cerca de cinco abas no navegador Google Chrome, um aplicativo de mensagens e uma das abas reproduzindo vídeos de música no YouTube. Nesse ambiente, o Samsung Book E30 levou 3h50 para exigir que o notebook fosse conectado à tomada.

Esse nível de autonomia fica bastante abaixo do esperado em relação a outros notebooks básicos, que costumam prometer até 7 horas de autonomia em tarefas leves, como as descritas acima. Ao reduzir o nível de brilho, no entanto, é possível que o notebook leve de uma a duas horas a mais para descarregar. Ainda assim, não alcança o nível de autonomia esperado.

Samsung Book E30 possui um bom custo-benefício?

Em março de 2021, quando essa matéria foi escrita, pudemos encontrar esse modelo aqui no Zoom por R$ 3.199,00. Apesar do recente aumento nos preços de produtos tecnológicos, podemos sim considerar o Samsung Book E30 uma opção de bom custo-benefício. Ele é bastante confortável de usar, além de possuir uma tela com qualidade melhor que alguns notebooks custo-benefício, considerados uma categoria acima do note básico.

Ou seja, é um notebook que vai trazer muito conforto para trabalho e estudo. Apesar de alguns gargalos na performance quando há muitas abas abertas em navegador e outros programas trabalhando em conjunto, seu design permite upgrades no SSD e na memória RAM, o que pode resolver problemas incômodos de lentidão. Apesar de a autonomia estar abaixo do esperado, ainda assim te dá horas suficientes para executar trabalhos com algum grau de complexidade, como redigir um documento, criar uma apresentação ou realizar videoconferências.

Vale mencionar aqui que ele oferece mais vantagem para quem possui outros aparelhos da fabricante por conta do Samsung Flow e Dex. Ou seja, caso seja usuário desses aparelhos, essas funcionalidades do Samsung Book E30 acabam tendo um peso maior na comparação com notebooks de outras fabricantes.

Produtos similares

Entendemos que computadores com HD de 1TB, 4GB de memória RAM ou processador i3 de 10ª geração são parecidos com o que o Samsung Book E30 tem a oferecer.

Nesse quesito, temos o Lenovo Ideapad S145 (82DJ0002BR) seria uma alternativa a se considerar. Contando com as mesmas especificações acima, o notebook da Lenovo acaba perdendo por não contar com tela em Full HD e não ter as mesmas opções de conectividade com celular que o Samsung Book E30 tem.

Da mesma maneira que comparamos o Samsung Book E30 ao Lenovo Ideapad S145, podemos também comparar o notebook da Samsung com o Acer Aspire 3 (A315-56-36Z1).

O Acer Aspire 3 também vem com processador Intel Core i3 de 10ª geração, HD de 1TB e 4GB de memória RAM. Porém, peca por sua tela não ser Full HD e não ter funções de conectividade com celular.

Por fim, temos o Vaio FE15 (VJFE53F11X-B0211H), que segue as mesmas configurações dos anteriores, mas também não apresenta tela em Full HD e não possui funções de conectividade com celulares e tablets.

Conclusão

Considerando tudo o que avaliamos ao longo de uma semana de trabalho com o Samsung Book E30, o notebook básico da Samsung atende a maioria das demandas para um notebook do tipo, até mesmo superando algumas. Por outro lado, ficou devendo um pouco na performance, já que apresentou lentidões em episódios de uso leve.

Ainda assim, seus pontos positivos superam os negativos, considerando também que a maioria dos pontos negativos do notebook podem ser resolvidos por meio de um upgrade fácil e que não afeta a garantia do computador.

Veja as ofertas de Samsung Book E30 (NP550XCJ-KT) aqui no Zoom.

Está em busca de um notebook? Crie um Alerta de Preço e receba notificações quando o aparelho chegar ao valor que deseja pagar. Veja como fazer no nosso canal do YouTube abaixo: