O Ray Tracing é uma das novas apostas quando se fala em gráficos poderosos. A tecnologia utiliza um jogo de luzes que aproxima as produções gráficas do mundo real. Como resultado, os efeitos de renderização oferecem um visual ainda mais realista.

Além de saber o que é Ray Tracing e como funciona, também é essencial conhecer os impactos nas novas placas de vídeo da Nvidia. Agora, as peças da série GeForce RTX prometem um desempenho ampliado em relação às suas antecessoras.

Para você não ficar de fora, apresentamos o que é e como funciona Ray Tracing. Conheça também as novas promessas da Nvidia. Confira!

O que é Ray Tracing?

Com origem nas produções de alta qualidade do cinema, o Ray Tracing é uma nova tecnologia de renderização em computadores.

Trata-se de uma possibilidade que visa reproduzir as luzes e sombras com bastante realismo. Então, os gráficos ficam muito mais próximos de gravações, o que pode dar origem a jogos comparáveis às produções das telonas.

Como funciona Ray Tracing?

Basicamente, para vermos todas imagens, há a emissão de luz de alguma fonte, natural ou não. Os raios, então, percorrem um caminho e atingem um determinado elemento, como um objeto. Dependendo da cor, da textura, do material, do tamanho e de outras características, a trajetória é levemente afetada. Na hora de retornar para o olho humano, apenas uma parte volta e gera a imagem.

O que isso tem a ver com o que é Ray Tracing? Tudo! Nessa tecnologia, um algoritmo procura prever quais são os feixes luminosos enxergados pelo olho humano. Ou seja, ele recria apenas a trajetória que, de fato, chega ao olho e que se converte em imagens. Depois que o algoritmo faz essa previsão sobre a reflexão luminosa, há uma renderização. Como consequência, cria-se um resultado digital que é muito mais próximo da realidade.

Para determinar a quantidade de luz que incide sobre um único pixel, a fórmula de "traçado de raios" precisa determinar a que distância a luz está, quão brilhante ela é e o ângulo da superfície refletora em relação ao ângulo da fonte de luz, antes de calcular quão quente o raio refletido deveria ser. O algoritmo de Ray Tracing mais comumente usado, de acordo com a Nvidia, é o BVH Traversal (Bounding Volume Hierarchy Traversal).

Qual é a ligação da nova tecnologia com as placas GeForce RTX?

A Nvidia é uma das maiores fabricantes de placas de vídeos do mundo. Suas peças recentes, até então, faziam parte da família GTX. Os diversos modelos garantem a reprodução dos principais jogos e programas, como os de edição.

Depois de entender como funciona Ray Tracing, também é importante saber que a tecnologia deu origem a novos lançamentos. Agora, há a série GeForce RTX.

As peças prometem oferecer uma qualidade de vídeo muito melhor. Além disso, trazem grande processamento de Inteligência Artificial, rapidez e arquitetura diferenciada.

Além de tudo, há o uso de memória dedicada ampliada, que vai de 16 a 48GB. Por causa da intensidade de atuação, é uma opção mais indicada para desenvolvedores de gamers, editores profissionais e quem realmente precisa de um nível maior. Como essa é a grande aposta da fabricante, entretanto, há a expectativa de a possibilidade estar progressivamente presente nos próximos lançamentos.

Depois de descobrir o que é Ray Tracing, você já sabe que essa é uma tecnologia responsável por um nível de efeitos visuais alinhados com a realidade. Com a chegada das placas GeForce RTX, há possibilidades maiores para quem deseja um visual incrível.

Confira as ofertas das placas GeForce RTX:

Placa de Video NVIDIA GeForce RTX 2070 8 GB GDDR6 256 Bits Gigabyte GV-N2070GAMINGOC

Placa de Video NVIDIA GeForce RTX 2080 8 GB GDDR6 256 Bits Zotac ZT-T20800D-10P

Placa de Video NVIDIA GeForce RTX 2080 Ti 11 GB GDDR6 352 Bits EVGA 11G-P4-2382-KR

Leia também: