O que é CPU e para que serve?

Entenda por que a CPU é um item tão primordial no seu computador

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 3 min. de leitura.

Compartilhe:

Todo mundo é familiarizado com o termo CPU, mas será que você realmente sabe o que é e sua real importância? Para começar, é importante destacar que essa sigla se refere a Central Processing Unit, ou seja, Unidade de Central de Processamento, também conhecida como processador.

Além disso, a CPU é simplesmente o item mais relevante de hardware que existe em seu computador. Isso porque, é justamente ela que tem como papel crucial realizar tarefas e ainda calcular uma série de atividades que são determinadas na rotina de uso do dispositivo. Portanto, é fácil afirmar que a CPU pode ser comparada a um cérebro do computador de um modo geral.

Se você gosta de escolher seus produtos pelo processador, confira as listas abaixo!

A CPU é o item do hardware mais relevante do computador (Foto: Pawarun Chitchirachan / Shutterstock)
A CPU é o item do hardware mais relevante do computador (Foto: Pawarun Chitchirachan / Shutterstock)

Não confunda a CPU com o gabinete!

A CPU é a parte interna, enquanto o gabinete é a estrutura que a protege, assim como a outros componentes (Foto: Kreabobek / Shutterstock)
A CPU é a parte interna, enquanto o gabinete é a estrutura que a protege, assim como a outros componentes (Foto: Kreabobek / Shutterstock)

Esse é um dos erros mais comuns quando o assunto é a CPU do computador. Isso porque, muitas pessoas acabam cometendo o erro de confundi-la com o gabinete do dispositivo. Para evitar confusão, tenha em mente que o gabinete consiste na estrutura que protege todos os componentes da parte interna do computador. Por outro lado, a CPU é justamente uma dessas peças internas!

Características que fazem diferença

As características da CPU interferem de maneira direta no desempenho da máquina (Foto: Gorodenkoff / Shutterstock)
As características da CPU interferem de maneira direta no desempenho da máquina (Foto: Gorodenkoff / Shutterstock)

É importante ter em mente que as características de cada CPU são responsáveis por interferir diretamente na velocidade e desempenho do computador, ou seja, com relação aos softwares que você deseja rodar em sua máquina. Além disso, existe uma enorme gama de processadores atualmente no mercado, sendo ele de 32 e 64-bits (embora a versão de 32-bit já não seja mais praticamente vendida). Eles ainda podem ter um ou até mesmo múltiplos núcleos, terem compatibilidade com diferentes tipos de placa-mãe e outros recursos.

Como funciona?

A CPU é basicamente conectada à placa-mãe. Para isso, existe um soquete, que é um dispositivo que garante que o processador receba devidamente a energia e, assim, consiga colocar em ação todas as atividades solicitadas pelo computador. No mercado existem vários tipos de soquetes diferentes e, é importante se atentar a isso, uma vez que essa escolha afeta a compatibilidade entre a CPU e o computador.

Como é o desempenho de uma CPU?

Atualmente, as CPU’s de 64-bits são as mais comercializadas e elas permitem também trabalhar lidar com uma maior demanda de dados por vez. Além disso, elas têm maior capacidade de memória RAM e suportam até 168GB. A quantidade de núcleos também é um fator que pode influenciar diretamente na capacidade da peça. Ou seja, quanto maior é a quantidade de núcleos, maior também será a capacidade da máquina para manter diversos programas abertos de uma só vez. Vale lembrar que mesmo com uma CPU de 64-bits, o sistema operacional (Windows) pode ser de 32-bits.

Single core, dual core e quad-core

É fundamental saber quais são os diferentes tipos de CPU (Foto: Shutterstock/Georgii Shipin)
É fundamental saber quais são os diferentes tipos de CPU (Foto: Shutterstock/Georgii Shipin)

A CPU single core é de apenas um núcleo. São modelos mais ultrapassados e que têm capacidade de operar apenas uma tarefa por vez, ou seja, é uma opção que não atende grande parte das pessoas hoje em dia. Por conta dela acarretar uma máquina mais lenta, foi questão de tempo para que surgissem os modelos dual-core, que tem capacidade de duplicar o desempenho e garantir uma função multitarefas para o computador.

Um dos melhores processadores da atualidade é do tipo quad-core. Afinal, eles contam com quatro núcleos e resulta em um desempenho realmente superior para a máquina, principalmente no uso ou upload de programas mais pesados. Em geral, essa é uma opção indicada para quem lida com edição de imagem e vídeos ou outros programas que exijam alta performance.