Entenda antes de comprar em Smartwatch

Monitoramento cardíaco e de sono: entenda a tecnologia dos smartwatches

Sensores de movimento e luz são os segredos dos monitores.

Monitoramento cardíaco e de sono smartwatch
por Felipe Brito - Especialista em Tecnologia.

Você usa o seu smartwatch ou a sua smartband para monitorar batimentos cardíacos ou a qualidade do seu sono? Esses acessórios “vestíveis” apresentam diversas funcionalidades que podem ajudar a melhorar a sua saúde e bem-estar.

E para te ajudar a entender como funcionam esses recursos, a gente, aqui do Zoom, montou este artigo que explica o funcionamento dos sensores por trás de relógios e pulseiras inteligentes. Dá uma olhada nas linhas a seguir!

Leia também: Os Melhores Smartwatches em 2019

smartwatch monitor cardiaco e de sonoFoto: Smartwatches e smartbands podem ajudar a manter a saúde o bem-estar com monitor cardíaco e de sono. Créditos: Reprodução/Shutterstock

Como funciona o monitoramento cardíaco?

Para aqueles que nunca tiveram experiência com um smartwatch, ou similares, fique sabendo que não é preciso pressionar muito o acessório no pulso. Um contato sutil na pele já é suficiente para indicar a frequência cardíaca.

Geralmente, existem duas formas de acionar o recurso: ou ativá-lo ou programá-lo para monitorar num determinado período. Feito isso, o relógio inteligente irá acionar uma luz LED verde, e pronto! Essa luz consegue detectar o pulso sanguíneo e a partir daí determinar a frequência cardíaca. A mesma lógica serve para wearables capazes de indicar a quantidade de oxigênio no sangue.

smartwatch monitor cardiacoFoto: Alguns smartwatches são capazes de monitorar o batimento cardíaco automaticamente. Créditos: Reprodução/Shutterstock

Como funciona o monitoramento de sono?

Aqui, não existe nenhuma luz envolvida, e sim movimentação. Nossos smartphones possuem alguns sensores, tal como o acelerômetro, responsável por girar a tela do celular quando posicionado na horizontal, por exemplo. Isso acontece porque o sensor identifica quaisquer movimentações que o celular faz.

Isso não é diferente com os smartwatches. Como eles também possuem acelerômetro, toda a movimentação realizada pelo usuário é identificada. Porém, nem todo movimento é aproveitado para análise.

Girar o pulso em 180º graus provavelmente não resultará em nada. Entretanto, o movimento do braço de ir e voltar durante uma caminhada é o que torna possível calcular os passos dados. Mas o caso do pedômetro não é só balançar os braços. A medida que a tecnologia dos wearables avançou, a precisão das análises também.

smartwatch monitor de sonoFoto: smartwatches podem avaliar a qualidade do seu sono. Créditos: Reprodução/Shutterstock

 

Tendo isso em vista, o monitor do sono depende do movimentos do usuário. Entretanto, há a possibilidade de ter sonos agitados ou do usuário simplesmente ser daqueles que se mexem muito dormindo. Sendo assim, o acelerômetro não é o único envolvido no monitoramento de sono.

É possível saber exatamente o momento do adormecimento devido a redução da frequência cardíaca. Quando estamos descansando, o metabolismo tem uma baixa, reduzindo os batimentos do coração e demais funções do organismo. A partir dessa lógica que é realizada a análise de sono leve e profundo, pois depende tanto da movimentação quanto do metabolismo do usuário.

Entretanto, é importante ter em mente que as tecnologias ainda não avançaram o suficiente para oferecer dados extremamente precisos. Isto é, os dados dos smartwatches servem para auxiliar nos cuidados do bem-estar e saúde, mas não substituem exames laboratoriais e consultas ao médico.

Smartwatches com monitoramento cardíaco e de sono

Apple Watch Series 4

Trata-se de um relógio interessante para quem pratica esportes, pois ele indica a frequência cardíaca, quantas calorias foram gastas ou programar quantas o usuário deseja queimar, qual a distância foi percorrida e outros. Caminhada e corrida não são as únicas atividades no programa do wearable, constando também remada, subida de escadas e outros.

Galaxy Active

A própria Samsung diz que esse smartwatch é voltado para a personalização. Além da possibilidade de trocar as pulseiras, o wallpaper que acompanha o acessório pode ser alterado a qualquer momento e ainda customizá-lo para que combine com o vestuário. Além disso, o monitoramento cardíaco desse relógio é capaz de detectar arritmia cardíaca e até mesmo o nível de estresse do usuário. Esse dispositivo foi programado para auxiliar na qualidade de vida e saúde.

Xiaomi Amazfit Bip

A vida útil da bateria do Amazfit Bip é similar à durabilidade das smartbands da Xiaomi, variando de 30 a 45 dias de uso contínuo. Em função da tela menos brilhante e com cores menos vívidas, o consumo energético desse relógio inteligente é menor que os concorrentes mencionados. Não precisar se preocupar com bateria ou ser a menor das preocupações pode ser um fator relevante para muitos usuários. Por se tratar de um acessório mais simples, o Amazfit Bip atende bem usuários com cotidianos comuns.

 

Leia também: smartwatch fitness: 6 relógios inteligentes para quem pratica esportes

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em smartwatch