TVs com Android: veja como funcionam aparelhos com esse sistema operacional

Entenda quais são as vantagens oferecidas pelas smart TVs com sistema operacional Android.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Quem está em busca de uma smart TV que tenha bom custo-benefício com certeza já se deparou com opções com o sistema operacional Android, em modelos da Sony, Philips, Philco e TCL. Contudo, ainda que esses aparelhos tenham pleno acesso aos aplicativos disponíveis na Play Store e suporte a importantes recursos do Google, há quem, por desconhecimento, acabe optando por marcas com sistemas operacionais próprios.

É importante ressaltar, contudo, que é possível ter uma Android TV sem necessariamente precisar comprar um modelo smart. Televisores mais antigos, independentemente da fabricante, podem receber o sistema operacional da Google por meio de uma TV Box com Android, desde que contenham uma entrada HDMI.

Por isso, se você estiver interessado em saber melhor como funcionam os aparelhos de TV com Android, pode ficar tranquilo! Neste artigo apresentaremos as vantagens e diferenciais que este sistema operacional oferece ao usuário.

Saiba mais:

O que é o sistema operacional Android TV?

Não é o mesmo sistema do celular, mas há uma boa integração

Com base no kernel do Linux, a Android TV vem com o sistema operacional desenvolvida pelo Google, destinado para acessar e reproduzir conteúdos de mídia exclusivamente na televisão. Ou seja, ainda que também se chame Android, o sistema presente nos televisores não é o mesmo do celular, embora ambos sejam compatíveis e tenham uma boa interação.

Inclusive, quem tiver um smartphone Android tem a vantagem de poder utilizar o celular como controle remoto. Desta maneira, a navegação e o uso de alguns aplicativos ficam ainda mais simples. Mas, de qualquer forma, a interface da Android TV é bastante fluída e intuitiva, ainda que a disposição de menus e aplicativos possam variar de acordo com a fabricante do televisor.

Ainda que não seja o mesmo sistema, o Android da televisão tem uma ótima compatibilidade com o sistema do celular (Imagem: Shutterstock/Primakov).
Ainda que não seja o mesmo sistema, o Android da televisão tem uma ótima compatibilidade com o sistema do celular (Imagem: Shutterstock/Primakov).

O funcionamento de uma TV com sistema operacional Android é bem eficiente, destacando-se por oferecer uma gama de aplicativos disponíveis na Play Store, além de contar com recursos exclusivos do Google.

A Philco E61DSGWA, por exemplo, é uma smart TV 4K, que dispõe de Chromecast embutido, Google Assistente e um preço bastante competitivo.

Apesar disso, no Brasil há dois sistemas que têm concorrido diretamente com a Android: o Tizen, da Samsung, e o webOS, da LG. Isso se deve, sobretudo, pela confiança que as duas marcas sul-coreanas conquistaram.

Diferenciais de uma TV com Android

Acesso a funcionalidades exclusivas do Google

Conforme adiantamos, uma das principais vantagens das TVs com Android são alguns recursos exclusivos da Google, a começar, por exemplo, com o Chromecast embutido. Essa funcionalidade permite que a tela do celular, Android ou iOS, ou de tablets e notebooks seja espelhada na televisão. A única exigência é que o aplicativo a ser reproduzido esteja instalado nos dois aparelhos e que eles estejam conectados na mesma rede de Wi-Fi.

É possível comandar por voz a Google Assistente seja pelo celular ou diretamente pelo controle remoto (Imagem: Divulgação/Android).
É possível comandar por voz a Google Assistente seja pelo celular ou diretamente pelo controle remoto (Imagem: Divulgação/Android).

Outro recurso muito importante é a Google Assistente, presente nos televisores com o sistema operacional Android. Com ela, é possível controlar a smart TV por meio do comando de voz em português (PT-BR), seja pelo smartphone ou diretamente no controle remoto, caso ele conte com um microfone embutido.

Inclusive, caso haja outros dispositivos inteligentes, é possível manter a casa toda conectada sem a necessidade do uso do Google Home. Um exemplo de smart TV com todos esses diferenciais é a TCL P8M, que além de ser um modelo 4K, tem recursos extras como o HDR (High Dynamic Range), que garante cores mais vivas, e o Micro Dimming, que separa a tela em 512 regiões distintas para otimizar a iluminação.

Aplicativos da smart TV Android

Acesso à Google Play Store e uma infinidade de conteúdos

Agora, quem está pensando em todos os aplicativos de streaming que podem ser curtidos em uma televisão com Android, pode ficar despreocupado! Assim como a loja de aplicativos de um celular Android tem uma infinidade de boas opções, o mesmo acontece com a televisão. Afinal, ambos têm total acesso à Play Store.

Por meio do Chromecast embutido, as TVs com Android permitem o espelhamento de tela de aplicativos instalados em celulares e tablets (Imagem: Divulgação/Android).
Por meio do Chromecast embutido, as TVs com Android permitem o espelhamento de tela de aplicativos instalados em celulares e tablets (Imagem: Divulgação/Android).

Para além do YouTube, plataforma de vídeos que pertencem à Google, é possível fazer o download de aplicativos como NetFlix, Amazon Prime Video, Globoplay, Spotify, e muitos outros! Aliás, nós citamos plataformas de filmes, séries e músicas, mas é possível encontrar opções de jogos ou outro tipo de entretenimento.

Outro diferencial importante é a possibilidade de comprar ou alugar filmes e músicas na Play Store, por meio do Play Filmes e Play Music. Com um portfólio de aplicativos mais rico, o sistema operacional Android ganha vantagem em relação ao Tizen e webOS – que, por vezes, pode não ter suporte a determinados conteúdos.

A smart TV Philips PUG6700, por exemplo, além de contar com o sistema operacional Android, que permite que o usuário tenha acesso à filmes, séries, shows, documentários, ela ainda se destaca por ter a tecnologia Ultra Resolution, que garante nitidez e bom nível de contraste nas imagens exibidas. Outro recurso interessante é a Natural Motion, que evita a tremulação em imagens em movimento.

Compatibilidade da TV com Android

Boa interação com videogames e acessórios

Não somente com celulares, mas a TV Android tem uma boa conectividade também com outros acessórios eletrônicos, como teclados e mouses, por exemplo, sendo possível ampliar o uso do aparelho. Assim, fica mais fácil navegar ou mesmo jogar de maneira mais confortável.

A Android TV da Sony tem uma boa compatibilidade com os consoles do Play Station 4 e Play Station 4 Pro (Imagem: Divulgação/Android).
A Android TV da Sony tem uma boa compatibilidade com os consoles do Play Station 4 e Play Station 4 Pro (Imagem: Divulgação/Android).

E por falar em jogos, Sony é uma das marcas que atua em parceria com a Google e, por isso, as Android TVs têm uma boa compatibilidade com os consoles do Play Station 4 e Play Station 4 Pro. E para garantir uma experiencia ainda melhor ao usuário, a fabricante japonesa ainda investiu em outros recursos.

A TV Sony Master XBR-65A9G, por exemplo, tem frequência nativa de 120 Hz, que garante um menor tempo de resposta entre a imagem e som, fazendo com que as cenas de ação fiquem mais fluidas; e vem com o processador X1 Ultimate, que aprimora a qualidade da imagem e do som.

Smart TVs Box com Android

Opção para quem deseja economizar e transformar a TV em smart

O dólar tem oscilado desde o início da pandemia do coronavírus e, consequentemente, algumas smart TVs estão com preços mais altos. Entretanto, quem deseja ter um aparelho com sistema Android sem gastar muito há uma solução mais econômica: adquirir uma TV Box.

Afinal, esses aparelhos, que podem ser comprados por aproximadamente R$ 300, são capazes de rodar o sistema operacional Android em quaisquer televisores, desde que os mesmos tenham uma entrada HDMI.

Entre os modelos disponíveis no mercado, destacamos a Mi Box, da Xiaomi, o Pro, da MXQ, e o PC001, da Multilaser. É preciso ficar atento, porém, que nem sempre esses aparelhos oferecem um Android “puro”, visto que as fabricantes podem fazer alterações que julgarem necessárias em seus produtos, assim como acontece tanto em TVs quanto em celulares.