Sala com um sofá cinza que tem um cachorro deitado. Há uma mesa de centro com um vaso de plantas na frente do sofá e um quad

Decoração de sala: dicas e produtos para você montar a sua

Confira as nossas dicas para deixar o processo de decoração de sala de estar mais simples

Ariel Cristina BorgesRedatora

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

A sala de estar é um dos principais cômodos de uma casa. Afinal de contas, é onde você reúne boa parte das visitas e também onde passa a maior parte do tempo no dia a dia. Por isso, a decoração de sala precisa ser confortável e funcional, além de bonita e de ter a sua cara. Nem sempre é possível montar o ambiente desejado de uma vez só, mas você pode ir adaptando com o tempo até conquistar o resultado final desejado.

E para te ajudar nesse momento, nós juntamos uma série de dicas e produtos que você pode ter para deixar esse cantinho com a sua cara. Dá uma olhada nessa lista e se prepare para ativar o modo decoração em casa!

1. Aposte em aparelhos multifuncionais

Todo mundo sabe que alguns itens de decoração não têm muitas funcionalidades na prática, mas ainda assim são superválidos para compor um ambiente. Isso não significa que alguns truques de otimização de espaço não podem ser usados na sua sala - principalmente se seu cômodo for pequeno. A televisão, por exemplo, é uma das principais peças desse ambiente. Que tal se ela também servir como quadro quando estiver desligada?

Alguns modelos do eletro têm o Modo Ambiente: com ele, você consegue escolher imagens que vão ser usadas como "papel de parede" quando você não estiver assistindo a nada. Uma linha famosa que oferece essa funcionalidade é a The Frame, da Samsung, mas você também consegue colocar essa possibilidade em prática com modelos mais baratos.

Dentro dessa categoria, você também pode dar preferência a um sofá-cama no lugar de um sofá comum. Assim, se morar num lugar pequeno, você une as duas necessidades em uma só. Se esse não for o caso, você fica com uma opção de cama extra para receber amigos e a família em visitas mais longas. É claro que essa multifuncionalidade precisa ser prática no seu caso específico, mas vale a pena considerar todas as possibilidades antes de decidir pela opção final.

2. Espelhos podem ajudar muito a ampliar ambientes pequenos

Sala de estar com paredes e cortinas brancas, sofá cinza e um armário com portas de correr espelhadas no fundo
O espelho grande aumenta a percepção de profundidade dessa sala de estar (Foto: Shutterstock)

Se mudou para uma casa ou apartamento com a sala pequena? A resposta está nos espelhos! Você pode mandar fazer sob medida para uma parede específica ou apostar nos que já são vendidos prontos. Quanto maior o espelho for, maior vai ser a sensação de amplitude no ambiente que ele vai dar. Além disso, todo mundo precisa de um (ou alguns) espelho em casa, ou seja: ele também entra no critério anterior de itens multifuncionais!

O lugar ideal para o espelho na sua sala vai depender do formato e da parede que você tem livre para isso, mas uma boa dica é deixar perto da porta de saída - assim você sempre vai conseguir dar aquela checada nas roupas antes de sair de casa.

Outra vantagem de apostar em espelhos da sua decoração de sala é que, dependendo do modelo, eles podem deixar o cômodo com um ar diferente, seja de sofisticação, de modernidade ou de um estilo mais contemporâneo. Depende do que você vai querer transmitir com o conjunto de móveis, eletros e itens decorativos.

3. Cores neutras são uma boa pedida para paredes e móveis

Essa regra é muito aplicada na decoração de sala pequena, mas vale para todos os tamanhos: aposte em cores mais neutras para as paredes e itens que vão chamar muita atenção na sua sala. Isso vale para móveis como mesas, estantes e racks. Em ambientes pequenos, isso vai ajudar a aumentar a sensação de amplitude. Nos grandes, esse truque deixa a decoração mais confortável, já que o excesso de informação pode ser cansativo para os olhos e vai acabar atrapalhando seus momentos de relaxamento.

Isso não significa que o ambiente todo precisa ser necessariamente monocromático e sem graça: se você gosta de cores, priorize um elemento grande para carregar essa característica: pode ser uma parede de destaque, a cortina, o sofá ou o tapete, por exemplo. O importante é manter o equilíbrio e harmonizar os itens entre si.

4. Pense bem antes de escolher os móveis

Assim como as cores das paredes, os móveis também chamam muita atenção na decoração de sala. Por isso, eles devem ser escolhidos levando em consideração não apenas o estilo e as cores, mas também o espaço disponível no ambiente e a funcionalidade final. Investir num painel grande se você só precisa de um apoio para a televisão e não precisa dele para mais nada não é o ideal. Nesse caso, um rack mais simples pode ser suficiente.

A mesma lógica deve ser colocada em prática em relação às dimensões do cômodo e os móveis precisam ser compatíveis com elas. Escolher opções muito grandes para espaços pequenos pode acabar com o conforto e a praticidade da sua sala. Ao mesmo tempo, móveis muito pequenos podem parecer "perdidos" em ambientes espaçosos. O ideal é sempre ter as medidas das paredes antes de tomar a decisão final - assim, vai ser bem mais fácil decorar de forma harmoniosa e bonita.

5. Coloque a sua personalidade nos itens decorativos

Uma das melhores partes de decorar um ambiente por completo é o momento de decidir os detalhes. Isso vem depois dos móveis, cores de paredes e elementos que chamam mais atenção de quem entra no cômodo. Isso porque esse é o momento de deixar a sala com a sua cara: vale investir em quadros, porta retratos, mantas para sofá, almofadas, cadeiras e pufes adicionais... as possibilidades são amplas.

Elementos de iluminação também entram aqui: abajures e luminárias decorativas podem dar charme ao ambiente e servir como uma iluminação mais confortável e convidativa para os momentos em que você não precisar de tanta claridade. Esse também é o momento ideal para as mães e pais de plantas colocarem seus conhecimentos em prática: basta escolher as espécies que podem ser mantidas dentro de casa, com pouca ou nenhuma luz.

Saiba mais sobre o universo de casa e utilidades domésticas: