Celular com infravermelho em 2020: 9 modelos para comprar no Brasil

Recurso permite transformar smartphone em controle remoto para TV, ar-condicionado e muito mais.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 9 min. de leitura.

Encontrar um celular com infravermelho no Brasil tem se tornado uma tarefa difícil, no entanto o recurso pode ser bastante útil no dia a dia do consumidor. Isso porque, com ele, é possível transformar o seu aparelho em um controle remoto para TVs, ventiladores, ar condicionado, aparelhos de DVD entre outros eletrônicos – tudo isso usando um simples aplicativo e a emissão desses raios.

Para você, que faz questão de ter esse recurso no seu celular, o Zoom montou uma lista com 9 smartphones com infravermelho para comprar em 2020. Apesar de muitas marcas estarem abandonando o sensor, a Xiaomi possui muitas opções de smartphones com a função. Além disso, devemos fazer uma menção honrosa a Motorola e Huawei, que também aparecem na lista.

Leia também: Melhor celular custo-benefício em 2020: qual modelo comprar?

Xiaomi Mi A3 é um celular com infravermelho. (Imagem: Framesira/Shutterstock)
Xiaomi Mi A3 é um celular com infravermelho. (Imagem: Framesira/Shutterstock)

O que é o infravermelho?

Essa tecnologia nada mais é que uma forma de transmitir dados via radiação infravermelha. No entanto, a velocidade de transmissão desses dados é bem baixa, por isso em grande parte das vezes é melhor usar uma conexão mais rápida, como o Bluetooth, por exemplo.

Ainda assim, vários aparelhos, como é o caso das TVs, usam essa tecnologia para envio de pequenos dados, que são os comandos de um controle para o aparelho principal. É por isso que, com o aplicativo adequado, é possível usar os celulares para enviarem esses mesmos comandos. Geralmente os smartphones que possuem o recurso, têm um pequeno LED em sua parte superior, que você precisa apontar para o aparelho que quer controlar.

Celulares com infravermelho para comprar em 2020

1. Redmi Note 9 Pro

O Redmi Note 9 Pro é um celular intermediário premium da Xiaomi, voltado para quem busca bom desempenho em tarefas exigebtes, mas sem ter que investir nos modelos mais avançados para isso. Ele tem um processador Snapdragon 720G, chip octa-core que, com os 6 GB de memória RAM disponível, consegue rodar qualquer aplicação ou jogo, sem travamentos ou engasgos.

Além disso, o telefone tem conjunto quádruplo de câmeras, cujo sensor principal tem 64 MP e tecnologia Super Pixel, para aumentar a sensibilidade à luz e entregar fotos mais ricas em detalhes. A tela tem 6,67 polegadas, resolução Full HD+ e proteção Gorilla Glass contra arranhões. Um dos destaques do Redmi Note 9 Pro é a bateria, com a capacidade de 5.020 mAh, que de acordo com a Xiaomi, pode durar até 2 dias em uso moderado.

Ficha técnica do Redmi Note 9 Pro:

  • Tela: 6,67 polegadas com tecnologia IPS LCS e resolução Full HD+
  • Processador: Snapdragon 720G octa-core de 2,3 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/1.9) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 5 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.5)
  • Bateria: 5.020 mAh com carregamento rápido de 30W
  • Sistema operacional: Android 10

2. Redmi Note 9

O Redmi Note 9 é da mesma família do modelo citado anteriormente, mas tem ficha técnica um pouco mais modesta, sendo voltado para aqueles que não precisam de um aparelho tão potente como a versão "Pro". Seu processador é um Helio G85, da MediaTek, que também consegue “dar conta do recado” e roda com boa velocidade qualquer aplicativo da Google Play Store, ou mesmo jogos populares, como Free Fire e PUBG Mobile.

Além disso, ele mantém o conjunto quádruplo de câmeras, porém com o sensor principal de resolução um pouco inferior (48 MP). As lentes ultra-wide, macro e a câmera dedicada para efeito de profundidade foram mantidas. Mesmo sendo um modelo mais “básico”, ele também possui uma bateria grande, de 5.020 mAh, porém só suporta o carregamento rápido de até 18W.

Ficha técnica do Redmi Note 9:

  • Tela: 6,53 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução Full HD+
  • Processador: Helio G85 octa-core de 2,0 GHz
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 5 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.3)
  • Bateria: 5.020 mAh com carregamento rápido de 18W
  • Sistema operacional: Android 10

3. Redmi Note 9s

O Redmi Note 9s foi o primeiro celular da linha Note 9 a ser lançado no Brasil, e é meio que uma mistura dos dois aparelhos citados acima. Ele tem o mesmo processador da versão "Pro", o Snapdragon 720G, além de também contar com uma tela de 6,67 polegadas, resolução Full HD+, tecnologia IPS LCD e suporte ao recurso de HDR, que deixa as cores ainda mais vivas.

No entanto, o conjunto quádruplo de câmeras é o da versão convencional, com o sensor principal de 48 MP. Essa foi uma forma que a empresa achou de diminuir o custo para ele não ter o mesmo valor do modelo mais avançado, mas manter o desempenho. Além disso, ele também tem capacidade de bateria de 5.020 mAh e suporte ao carregamento rápido de 18W.

Ficha técnica do Redmi Note 9s:

  • Tela: 6,67 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução Full HD+
  • Processador: Snapdragon 720G octa-core de 2,3 GHz
  • Memória RAM: 4 ou 6 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 5 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.5)
  • Bateria: 5.020 mAh com carregamento rápido de 18W
  • Sistema operacional: Android 10

4. Redmi Note 8

Apesar do recente lançamento da linha Redmi Note 9, os modelos da geração anterior ainda são a primeira opção de muitas pessoas, já que estão com preço mais baixo no varejo. O Redmi Note 8 é um telefone intermediário que vai agradar usuários que não são tão exigentes com ficha técnica, mas querem um celular com recursos modernos e bom desempenho. O destaque aqui vai para o conjunto quádruplo de câmeras, cujo sensor principal tem 48 MP.

O Redmi Note 8 tem tela com tecnologia IPS LCD, de 6,3 polegadas e resolução Full HD+, e promete boa nitidez de imagem para quem gosta de assistir vídeos e filmes pelo celular.

Ficha técnica do Redmi Note 8:

  • Tela: 6,3 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução Full HD+
  • Processador: Snapdragon 665 octa-core de 2,0 GHz
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 5 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 13 MP (f/2.0)
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento rápido de 18W
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)

5. Redmi Note 8 Pro

Seguindo a mesma linha da geração mais recente, o Redmi Note 8 Pro, é um intermediário premium lançado em 2019. Ele conta com o processador Helio G90T, um octa-core que, além de entregar um ótimo desempenho mesmo em aplicativos pesados, também é uma ótima opção para quem gosta de jogar no celular. Aqui no Brasil ele pode ser encontrado com 64 ou 128 GB de armazenamento, ambos com 6 GB de memória RAM.

Além de ter um processador melhor que o seu “irmão” mais novo, o Redmi Note 8 Pro também conta com um sensor de fotos com mais megapixels. A câmera principal tem 64 MP e foco automático por detecção por fase. Além dela, ele também tem mais três câmeras traseiras, uma com lente ultra-wide, outra com lente macro e a última que serve como sensor de profundidade. Para finalizar, a bateria tem 4.500 mAh e carregamento rápido de 18W, e deve aguentar a um dia inteiro longe das tomadas, com uso moderado.

Ficha técnica do Redmi Note 8 Pro:

  • Tela: 6,53 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução Full HD+
  • Processador: Helio G90T octa-core de 2,05 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/1.9) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 5 MP (macro) (f/2.4) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 20 MP (f/2.0)
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 18W
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)

7. Motorola One Macro

Lançado no segundo semestre de 2019, o Motorola One Macro é um bom celular para quem quer um intermediário básico e está com o orçamento mais curto. Mesmo sendo um aparelho mais simples, ele entrega versatilidade para o usuário que gosta de tirar fotos, pois conta com câmera tripla, que inclui sensor principal de 13 MP, uma lente para fotos com ângulo mais aberto (ultra-wide) e sensor de profundidade, para ajudar no fundo desfocado do Modo Retrato.

O Motorola One Macro deve se sair bem nas tarefas básicas do dia a dia, como navegação em redes sociais, troca de mensagens no WhatsApp e navegação na Web, mas pode apresentar alguns travamentos caso for usado para programas mais pesados. A tela é HD+ e pode deixar a desejar em nitidez de imagem, entregando gráficos serrilhados ou embaçados em algumas situações. A bateria é de 4.000 mAh, o que deve garantir autonomia para um dia longe das tomadas, e há suporte a carregamento rápido de 10W.

Ficha técnica do Motorola One Macro:

  • Tela: 6,2 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução HD+
  • Processador: Helio P70 octa-core de 2,0 GHz
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 13 MP (f/2.0) + 2 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 8 MP (f/2.2)
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento rápido de 10W
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)

7. Huawei P30 Pro

Por muito tempo o P30 Pro foi o melhor celular do mundo para fotografia e impressionou a todos com o seu conjunto de câmeras. Outros lançamentos chegaram, mas ele continua sendo uma excelente opção para quem busca um celular avançado, já que ainda oferece um ótimo desempenho. Seu processador, o Kirin 980, consegue rodar qualquer aplicativo ou jogo da atualidade sem nenhum problema.

A câmera principal tem sensor de 40 MP, estabilização óptica e foco automático por detecção de fase. Além disso, ele também tem uma lente teleobjetiva de 8 MP e zoom óptico de 5 vezes, além de um sensor para fotos ultra-wide, com o ângulo mais aberto. Entre os principais recursos da câmera, destacamos o zoom híbrido de até 50 vezes e o seu modo noturno, que consegue fazer milagres mesmo nos ambientes mais escuros.

Ficha técnica do Huawei P30 Pro:

  • Tela: 6,47 polegadas com tecnologia OLED e resolução Full HD+
  • Processador: Kirin 980 octa-core de 2,6 GHz
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 40 MP (f/1.6) + 8 MP (teleobjetiva) (f/3.4) (zoom óptico de 5 vezes) + 20 MP (ultra-wide) + sensor ToF (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP (f/2.0)
  • Bateria: 4.200 mAh com carregamento rápido de 40W
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)

8. Xiaomi Mi A3

A linha Mi A da Xiaomi é para aqueles que buscam um celular da marca chinesa, mas dispensam qualquer modificação de interface no Android, ou seja, querem algum aparelho com o “Android Puro”. O Mi A3 foi lançado em meados de 2019, mas ainda é um excelente aparelho e tem uma ficha técnica bem interessante, além de contar com visual de smartphones premium, principalmente pelo corpo ter acabamento em vidro.

Esse celular usa o processador Snapdragon 665, um chip octa-core intermediário que vai garantir bom desempenho para tarefas do dia a dia e até permite executar jogos famosos, um pouco mais exigentes. Além disso, o Mi A3 também tem tela com tecnologia AMOLED e leitor de digitais integrado, para maior praticidade e segurança no desbloqueio.

Ficha técnica do Xiaomi Mi A3:

  • Tela: 6,09 polegadas com tecnologia AMOLED, resolução HD e leitor de digitais integrado
  • Processador: Snapdragon 665 octa-core de 2,0 GHz
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (ultra-wide) (f/2.2) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP (f/2.0)
  • Bateria: 4.030 mAh com carregamento rápido de 18W
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)

9. Xiaomi Mi 9 Lite

Para fechar a nossa lista de celulares com infravermelho, temos o Mi 9 Lite, que como o próprio nome diz, é uma versão mais “modesta” do Mi 9, um dos celulares avançados da empresa. Apesar disso, ele traz recursos bem modernos, como é o caso da tela Super AMOLED, com resolução Full HD+ e recurso HDR, para melhorar ainda mais a imagem e deixar as cores bem vivas.

Ele tem o processador Snapdragon 710, um modelo para celulares intermediários que tem um excelente desempenho e consegue rodar vários aplicativos e jogos. Aos amantes de fotografias, ele conta com um conjunto triplo de câmeras, cujo sensor principal tem 48 MP. Assim como o Mi A3, citado anteriormente, ele também conta com leitor de digitais integrado à tela.

Ficha técnica do Xiaomi Mi 9 Lite:

  • Tela: 6,09 polegadas com tecnologia Super AMOLED, resolução Full HD+ e leitor de digitais integrado
  • Processador: Snapdragon 710 octa-core de 2,2 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (ultra-wide) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP (f/2.0)
  • Bateria: 4.030 mAh com carregamento rápido de 18W
  • Sistema operacional: Android 9 (Pie)