Melhor celular custo-benefício em 2021: dos básicos ao top de linha

Qual é o melhor smartphone custo-benefício para comprar em 2021? Confira nessa seleção

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 10 min. de leitura.

Compartilhe:

Não é fácil encontrar o melhor celular custo-benefício, já que existem centenas de modelos disponíveis no mercado e lançamentos a cada mês. O Zoom chegou para te ajudar nessa escolha e preparou uma lista de aparelhos para comprar em 2021 levando em consideração a qualidade do smartphone e seu preço.

Selecionamos opções que vão desde “básico” até o avançado, com modelos da Samsung, Motorola, Apple e Xiaomi com bom custo-benefício. Não importa se você está buscando um smartphone apenas para o uso no dia a dia, ou se quer investir em um modelo mais potente, tem escolha para todos os gostos nesta lista de melhor celular custo-benefício.

É válido ressaltar que todos os celulares citados nesta lista foram lançados em 2020 e, por isso, eles ainda vão entregar um bom desempenho pelos próximos anos. Estaremos sempre atualizando essa seleção com os melhores celulares custo-benefício de 2021. Veja a seguir as indicações e faça sua escolha.

O iPhone SE 2020 é um modelo da Apple bom e com preço mais "acessível" em 2021 (Foto: Framesira / Shutterstock.com)
O iPhone SE 2020 é um modelo da Apple bom e com preço mais "acessível" em 2021 (Foto: Framesira / Shutterstock.com)

Além de conhecer os melhores celulares custo-benefício, a gente recomenda que você dê uma olhada na lista com os melhores smartphones de 2021. Se você quer economia, confira nossas seleções com os aparelhos por até R$ 800 e por até R$ 1.200. Para quem procura por alguma marca específica, vale olhar nossas listas com os melhores telefones Xiaomi, Motorola e Samsung deste ano. Antes de decidir, não deixe de dar uma olhada também nos aparelhos que se destacam por câmera e bateria.

Moto E7 Plus

O Moto E7 Plus faz parte dos intermediários de entrada da Motorola. Ele usa o processador Snapdragon 460, que junto aos 4 GB de memória RAM consegue entregar bom desempenho em apps como o WhatsApp, redes sociais, navegadores de internet e até jogos leves. Ao todo são 64 GB de armazenamento interno, espaço que pode ser expandido com um cartão de memória.

Leia também: Celular Motorola barato: modelos por até R$ 1.000 em 2021

Sua câmera principal tem 48 MP e usa tecnologia quad-pixel, transformando quatro pixels em um e deixando o sensor mais sensível à luz, o que melhora as fotos em ambientes noturnos. O Moto E7 Plus possui bateria de 5.000 mAh, que, de acordo com a Motorola, tem autonomia de até dois dias em uso moderado. Conheça as diferenças entre o Moto E7 Plus e o Moto E6 Plus.

Ficha técnica do Moto E7 Plus:

  • Tela: 6,5 polegadas com resolução HD+
  • Processador: Snapdragon 460 octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 5.000 mAH

Samsung Galaxy M21s

O Galaxy M21s é um intermediário que se destaca pela sua bateria “gigante”. São 6.000 mAh de capacidade, que se convertem em uma autonomia de dois dias em uso moderado, de acordo com a própria Samsung. Esse celular também possui carregamento rápido, então mesmo com bateria grande, você não precisa deixá-lo muito tempo na tomada.

Seu processador é o Exynos 9611, um chip octa-core que além de entregar um bom desempenho, também ajuda na economia de bateria. Ele é indicado para o uso no dia a dia, seja em redes sociais, aplicativos mensageiros ou mesmo jogos leves. O Galaxy M21s é vendido com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno.

Ao todo são três câmeras traseiras, com destaque para a principal que tem 64 MP. A câmera de selfies também dá um show, pois tem 32 MP e faz filmagens em até 4K. A tela também não decepciona, sendo de 6,4 polegadas, com tecnologia Super AMOLED e resolução Full HD+!

Ficha técnica do Galaxy M21s:

  • Tela: 6,4 polegadas com resolução Full HD e tecnologia Super AMOLED
  • Processador: Exynos 9611 octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB expansível
  • Câmeras traseiras: 64 MP + 8 MP (ultra-wide) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 6.000 mAh com carregamento turbo

Xiaomi Redmi Note 9

O Redmi Note 9 é um dos intermediários da Xiaomi que foram lançados em 2020 e que tem bom custo-benefício em 2021. Seu processador é o Helio G85, que além de ser suficiente para tarefas do dia a dia, é otimizado para jogos. Esse aparelho pode ser encontrado com 3 GB ou 4 GB de memória RAM, bem como 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno.

Ele tem conjunto quádruplo de câmeras, sendo a principal de 48 MP o destaque, pois tem tecnologia quad-pixel, que a deixa quatro vezes mais sensível à luz e melhora fotos em ambientes noturnos. Além dessa câmera, ele possui outras três, com lente ultra-wide, macro e uma que é usada como sensor de profundidade.

O Redmi Note 9 possui tela de 6,53 polegadas, tem resolução Full HD e proteção Gorilla Glass, que evita aqueles pequenos arranhões. Sua bateria tem 5.020 mAh, com duração para o dia inteiro mesmo em uso “pesado”.

Ficha técnica do Redmi Note 9:

  • Tela: 6,53 polegadas com resolução Full HD+ e proteção Gorilla Glass
  • Processador: MediaTek Helio G85
  • Memória RAM: 3 GB ou 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 ou 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 8 MP (ultra-wide) + 2 MP (macro) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 13 MP
  • Bateria: 5.020 mAh com carregamento turbo
  • Tem carregamento reverso

Samsung Galaxy M31

O Galaxy M31 foi o primeiro celular da Samsung a ter uma bateria de 6.000 mAh, o que deu um "choque" no mercado de intermediários. Essa quantidade é suficiente para até dois dias de autonomia e, graças ao carregamento turbo, carrega rapidamente.

Parte da boa eficiência energética vem do Exynos 9611, processador potente o suficiente para uso no dia a dia sem travamentos. São 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, com espaço para cartão de memória adicional.

Com o conjunto quádruplo de câmeras, o usuário tem boa versatilidade na hora de tirar fotos, mesmo em ambientes pouco iluminados, já que o sensor de 64 MP capta mais luz. O Galaxy M31 também impressiona na qualidade da sua tela, que tem 6,4 polegadas e resolução Full HD.

Ficha técnica do Galaxy M31:

  • Tela: 6,4 polegadas com resolução Full HD+
  • Processador: Exynos 9611 Octa-core
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 64 MP + 8 MP (ultra-wide) + 5 MP (macro) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 6.000 mAh com carregamento turbo de 15W

Samsung Galaxy A51

O Galaxy A51 foi o intermediário mais famoso de 2020 e continua sendo uma boa opção de celular custo-benefício em 2021. Seu processador, o Exynos 9611, consegue rodar vários apps da Play Store sem problemas de desempenho, incluindo jogos. Esse celular possui 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, com espaço para cartão.

A Samsung não economizou na hora de entregar uma tela de qualidade, pois aqui temos um painel de 6,5 polegadas, com tecnologia AMOLED, resolução Full HD+ e leitor biométrico integrado. Essa tela vai agradar os usuários mais exigentes que gostam de assistir vídeos com frequência no celular.

O Galaxy A51 tem quatro câmeras traseiras, sendo uma de 48 MP, a segunda de 12 MP (ultra-wide), a terceira de 5 MP (macro) e a quarta de 5 MP (sensor de profundidade). A câmera frontal não decepciona, tendo 32 MP e recurso HDR. Veja a análise de ficha técnica para saber todos os detalhes do aparelho.

Ficha técnica do Galaxy A51:

  • Tela: 6,5 polegadas com resolução Full HD e leitor biométrico integrado
  • Processador: Exynos 9611 Octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível)
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 12 MP (ultra-wide) + 5 MP (macro) + 5 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento turbo de 15W

Samsung Galaxy A71

O Galaxy A71 é o intermediário premium da Samsung, sendo um dos modelos que chega mais “perto” dos avançados, mas sem custar tão caro quanto eles. Esse celular usa o processador Snapdragon 730, cujo desempenho é suficiente para praticamente qualquer aplicativo ou jogo da Play Store. Ao todo são 128 GB de armazenamento interno, então espaço para fotos e vídeos não vai faltar.

Sua tela é grande, de 6,7 polegadas, e usa a tecnologia Super AMOLED, que tem como destaque entregar cores vívidas, bom brilho e bom contraste dos pretos. Esse painel tem a resolução Full HD e leitor biométrico integrado, recurso moderno e bem prático.

O Galaxy A71 tem conjunto quádruplo de câmeras, sendo que a principal tem incríveis 64 MP e tecnologia quad-pixel, que a torna quatro vezes mais sensível à luz. Além dela, ele possui uma de 12 MP (ultra-wide), e duas de 5 MP (macro e sensor de profundidade). A frontal tem 32 MP e recurso HDR, que melhora as cores das selfies. Confir a análise de ficha técnica do Galaxy A71 para saber mais detalhes do celular.

Ficha técnica do Galaxy A71:

  • Tela: 6,7 polegadas Full HD+ (1080 x 2400 pixels) Super AMOLED
  • Processador: Snapdragon 730 octa-core de até 2,2 GHz
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB (expansível via microSD)
  • Câmeras traseiras: 64 MP + 12 MP ultra-wide + 5 MP profundidade + 5 MP macro
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido
  • Leitor biométrico integrado à tela

Moto G9 Plus

O Moto G9 Plus faz parte da linha de celulares mais “parrudos” da Motorola e se destaca por oferecer bom custo-benefício. Ele conta com o processador Snapdragon 730, modelo octa-core intermediário, que consegue rodar vários aplicativos e jogos populares sem nenhum problema de desempenho. O celular tem 4 GB de RAM e armazenamento interno de 128 GB, com possibilidade de expansão.

A bateria possui 5.000 mAh e suporte a carregadores turbo de até 30W. Esse aparelho possui tela de 6,8 polegadas com resolução Full HD+ e recurso de HDR10, para melhorar as cores e contrastes do que é exibido. Ele possui leitor de digitais, mas a Motorola continua mantendo o sensor na traseira, deixando a tecnologia embutida na tela apenas para modelos como o Motorola Edge e Edge+.

O Moto G9 Plus também dá um show em câmeras. A principal tem 64 MP e tecnologia quad-pixel, para melhorar a qualidade das imagens e entregar um bom modo noturno. Ele também tem sensor de 8 MP com lente ultra-wide; sensor de 2 MP com lente macro; e uma câmera de apenas 2 MP que serve apenas para o efeito de desfoque no modo retrato. Para conhecer mais do celular, confira a análise completa de ficha técnica e o comparativo entre o Moto G9 Plus e o Moto G8 Plus.

Ficha técnica do Moto G9 Plus:

  • Tela: 6,9 polegadas IPS LCD com resolução Full HD+ (1080 x 2400 pixels)
  • Processador: Snapdragon 730 octa-core
  • Memória RAM: 4 GB
  • Memória interna: 128 GB expansível
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/1.9) + 8 MP ultra-wide (f/2.2) + 2 MP macro (f/2.2) + 2 MP sensor de profundidade
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.0)
  • Bateria: 5.000 mAH com carregamento turbo de 30W
  • Leitor biométrico na traseira

Moto G 5G Plus

O Moto G 5G Plus foi o primeiro celular da linha Moto G a ter suporte às redes 5G, então se você já está querendo “se preparar” para a chegada da tecnologia no Brasil, ele é uma ótima opção. O Snapdragon 765 oferece um ótimo desempenho em apps e jogos, e graças aos 8 GB de memória RAM, dificilmente apresentará travamentos no uso cotidiano.

Ao todo são quatro câmeras traseiras, com destaque para a principal que tem 48 MP. Além dela, o celular também possui uma com lente ultra-wide, uma com lente macro e outra que é usada como sensor de profundidade. Para quem gosta de selfies, ele possui duas câmeras frontais, uma de 16 MP e outra de 8 MP com lente ultra-wide, ótima para fotos em grupo.

A tela do Moto G 5G Plus tem 6,7 polegadas, resolução Full HD+ e HDR10, que melhora a cor, contraste e brilho das imagens. Ela também está equipada com uma taxa de atualização de 90 Hz, o que deixa as imagens mais naturais e fluidas, justamente por atualizar mais vezes. Para mais detalhes, confira a análise de ficha técnica do Moto G 5G Plus.

Veja também: Celulares com 5G: veja os melhores modelos para comprar em 2021

Ficha técnica do Moto G 5G Plus:

  • Tela: 6,7 polegadas com tecnologia IPS, resolução Full HD+, 90 Hz de taxa de atualização, proporção 21:9 e HDR10
  • Processador: Snapdragon 765 com 5G
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB
  • Câmeras traseiras: 48 MP + 8 MP (ultra-wide) + 5 MP (macro) + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Câmera frontal: 16 MP + 8 MP (ultra-wide)
  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento turbo de 20W

iPhone SE 2020

Quatro anos após o lançamento do primeiro iPhone SE, a Apple anunciou o segundo modelo da linha focada em custo-benefício. O iPhone SE 2020 traz o design “antigo” da empresa, com bordas achatadas, tela pequena e bordas grossas na parte superior e inferior, com direito até ao botão “Home”, que aqui também funciona como leitor de digitais.

Esse celular usa o processador Apple A13 Bionic, que é o mesmo usado no iPhone 11, por exemplo. Já com suporte ao iOS 14, esse celular pode ser encontrado com 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno, sem espaço para cartão de memória.

Ele possui câmera única, de 12 MP, foco automático por detecção de fase e estabilização óptica. Ela faz gravações de vídeos em até 4K. A câmera frontal tem 7 MP, recurso de HDR e faz vídeos em Full HD! Veja o comparativo entre o iPhone SE 2 e o iPhone XR e descubra qual é o melhor celular custo-benefício.

Ficha técnica do iPhone SE 2020:

  • Tela: 4,7 polegadas com tecnologia IPS Retina, resolução HD+ e True Tone
  • Processador: Apple A13 Bionic
  • Memória RAM: 3 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB, 128 Gb ou 256 Gb
  • Câmera traseira: 12 MP com foco automático por detecção de fase e estabilização óptica
  • Câmera frontal: 7 MP
  • Bateria: 1.821 mAh com carregamento turbo de 18W
  • Tem carregamento sem fio
  • Tem proteção contra água

Galaxy S20

O Galaxy S20 faz parte dos celulares premium da Samsung lançados em 2020 e, embora seja mais caro, ainda oferece bom custo-benefício. Apesar de ser o modelo “convencional” da linha S20, ele usa o mesmo processador das versões mais parrudas. Com o Exynos 990 o usuário pode rodar qualquer app ou jogo da Play Store, sem problemas de desempenho ou travamentos, até porque esse aparelho tem incríveis 8 GB de memória RAM.

Leia também: Galaxy S20 vs Motorola Edge Plus: qual é o melhor celular top de linha?

Sua tela é de 6,2 polegadas, usa a tecnologia Dynamic AMOLED 2X, tem HDR10 e 120 Hz de taxa de atualização. Além da imagem ficar mais fluida, você terá a experiência de assistir vídeos e filmes em resolução 2K. Ela também já tem leitor biométrico ultra-sônico embutido, versão mais rápida, precisa e segura que os modelos anteriores.

Ao todo são três câmeras traseiras. A principal tem 12 MP, dual-pixel e estabilização óptica; a secundária tem 64 MP e lente teleobjetiva, com zoom de até três vezes sem perder a qualidade; a terceira tem 12 MP e lente ultra-wide, para um enquadramento maior. O Galaxy S20 realiza gravações em até 8K, e na câmera frontal, de 10 MP, em até 4K. Confira a análise de ficha técnica do celular da Samsung.

Ficha técnica do Galaxy S20:

  • Tela: 6,2 polegadas 2K (1440 x 3040) e 120 Hz de taxa de atualização
  • Processador: Exynos 990
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP + 64 MP (teleobjetiva) + 16 MP (ultra-wide)
  • Câmera frontal: 10 MP (sensor de profundidade)
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento turbo
  • Carregamento sem Fio
  • Carregamento reverso
  • Leitor biométrico integrado à tela
  • Tem proteção contra água IP68

Leia também: