12 celulares antigos lado a lado em fundo acinzentado

Quem inventou o celular?

Veja quem inventou o celular, como foi o processo de criação e conheça os modelos mais modernos da atualidade

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Qual a maior invenção da humanidade para você? Há diversas criações que podem ser citadas nessa resposta. Mas, com certeza, para muitos, o telefone celular estará entre as mais impactantes delas. Mesmo assim, poucos sabem a história de quem inventou o celular e como foi esse processo.

Primeiramente, é preciso ressaltar que existem alguns responsáveis pela invenção do celular. Por isso, é impossível apontar apenas uma pessoa como criadora. Mas há alguns nomes que contribuíram para a criação dos telefones móveis ao longo da história. Até se tornar um aparelho praticamente essencial para a sociedade, muita coisa foi desenvolvida.

Aqui, vamos te contar um pouco de como foi todo o processo. Desde a ideia de criar um telefone sem fio, passando pelos primeiros aparelhos móveis até ele se tornar esse equipamento tecnológico que está nas mãos de grande parcela da população mundial.

Ao final da matéria, vamos te mostrar alguns dos principais modelos de celular de 2021. Eles representam toda a evolução dos celulares ao longo dos anos para disponibilizarem as melhores tecnologias possíveis do mercado.

Quem fez a primeira chamada de telefone celular?

O ano era 1973. As pessoas não sabiam da dimensão do que acabava de ser criado. Martin Cooper, um engenheiro da Motorola, até então uma pequena empresa de telefonia, convocou uma coletiva de imprensa. Ele anunciou o que parecia um equipamento de filme de ficção científica.

A chamada da coletiva não fez tanto sucesso. Apenas cerca de 15 a 20 jornalistas foram até o local, segundo a BBC. Durante o anúncio, o engenheiro - e, pode-se dizer também, o inventor do celular - emprestou o telefone a uma jornalista australiana para mostrar como funciona.

A repórter ligou para a sua mãe, na Austrália. Do outro lado da linha, ela atendeu, para surpresa de todos presentes. Não demorou muito para as manchetes da época anunciarem a existência de um telefone chamado DynaTAC. Ele poderia ser utilizado de qualquer lugar para entrar em contato com qualquer lugar do mundo.

Foto mostra Martin Cooper com celular antigo junto à orelha
Martin Cooper é considerado o inventor do celular devido à criação do DynaTAC (Foto: Divulgação)

Antes da coletiva, a primeira ligação de Cooper, a primeira da história realizada por um celular, foi para a concorrente. Durante uma entrevista para uma rádio local, Cooper ligou para um engenheiro da gigante de telecomunicações AT&T, enquanto caminhava pela 6ª Avenida, em Nova York. O concorrente atendeu. Cooper anunciou que estava usando um telefone celular, de bolso, portátil e pessoal.

Aquele era um passo muito grande da Motorola. A empresa era muito menor em relação à At&T, já consolidada como a maior empresa do mundo. A partir daí, o mercado mudou. Somente 10 anos depois, o celular começou a ser comercializado. O design era muito diferente do relógio futurista da história em quadrinhos que inspirou Cooper. O aparelho media 25 centímetros e pesava cerca de meio quilo.

Imagem mostra celulares da motorola dispostos em ordem cronológica
Exposição mostra evolução dos celulares da Motorola a partir do DynaTAC (Foto: Grzegorz Czapski/Shutterstock)

União Soviética também tem seu inventor do celular

Anos antes de Cooper realizar a primeira chamada, um cientista soviético desenvolveu uma tecnologia que pode ser considerada como pioneira do celular. Para os russos, quem inventou o celular foi o engenheiro de rádio de Moscou, Leonid Ivanovich Kupriyanovich. Em uma operação secreta da União Soviética, o engenheiro desenvolveu um aparelho que funcionou de forma semelhante ao celular.

A versão mais moderna da tecnologia soviética foi o LK-1, lançado em 1961. Ele era um transmissor pequeno. Cabia na palma da mão das pessoas. O aparelho se destacava pela sua cobertura de 80 km de raio e, principalmente, pela autonomia. Ele ficava com bateria entre 20 e 30 horas, muito mais que o DynaTAC de Cooper, que tinha autonomia de 30 minutos.

Quem desenvolveu o 1G?

Responder quem inventou o celular vai muito além de apenas um personagem da história. Não seria possível falar da invenção do celular sem falar de quem desenvolveu o primeiro sistema de algoritmos para que um celular funcione. Em 1983, William Lee, conhecido engenheiro da At&T, retomou o pioneirismo para a gigante de telecomunicações e desenvolveu o 1G.

Se hoje já esperamos a chegada do 5G no Brasil, o surgimento da primeira geração da telefonia móvel celular foi uma revolução naquela época. Mas nem quem inventou o celular imaginaria que, em tão pouco tempo, os aparelhos avançariam tanto até se tornar um artigo indispensável para bilhões de seres humanos.

Quem inventou o celular com câmera?

Consegue imaginar a venda de celulares sem câmera hoje em dia? Pois é, a história de quem inventou o celular com câmera também é curiosa. Esse recurso está há pouco mais de 20 anos nos telefones móveis de todas as marcas. Foi em 1997, quando o francês Philippe Kahn estava prestes a se tornar pai de Sophie.

Foto de uma bebê dormindo
Foto da pequena Sophie, a primeira tirada por um celular com câmera (Foto: Reprodução)

Ele foi à maternidade para acompanhar a sua esposa e ajudar no relaxamento da mãe durante o parto. No entanto, Sonia, sua mulher, não quis muito saber dos métodos de respiração sugeridos por Kahn. Então, ele decidiu fazer algo diferente. Estava com seu celular Motorola, seu laptop Toshiba e uma câmera digital Casio.

Com ajuda de diversos fios e cabos, ele conseguiu conectar a câmera e o celular ao laptop e compartilhar as imagens instantaneamente com os contatos. Assim que sua filha Sophie nasceu, cerca de 2 mil amigos e familiares de Kahn receberam a imagem da bebê. Então, ele percebeu a complexidade de todo aquele aparato e criou uma empresa chamada LightSurf.

Com sua companhia, conseguiu firmar parcerias com empresas de tecnologia da Ásia. E, em seguida, dos Estados Unidos. Logo, a ideia se popularizou e hoje qualquer marca leva em consideração o conjunto fotográfico para lançar os smartphones.

Os melhores celulares de 2021

Os aparelhos celulares foram se desenvolvendo ano a ano, sempre absorvendo as principais tecnologias do mercado. Depois de passar por "booms" da IBM, BlackBerry e do Motorola V3, Steve Jobs lançou em 2007 o primeiro iPhone. A Apple se tornara a pioneira no desenvolvimento de smartphones, e o mercado de telefone móveis jamais seria o mesmo.

Hoje, os modelos mais modernos possuem recursos que quem inventou o celular provavelmente não imaginava quando criou o aparelho. Fotos, vídeos, 5G, touch screen, reconhecimento facial e muitas das tecnologias mais avançadas do mercado de eletrônicos estão na lista de melhores celulares de 2021.

Nós, inclusive, fizemos uma reportagem especial conversando com as fabricantes. Tentamos responder à pergunta de como será o celular do futuro. Nesse artigo, você conhecerá as inovações que vão mudar os smartphones.

A lista dos melhores aparelhos de 2021 conta com celulares básicos, como o Galaxy A01, intermediários, como o Xiaomi Redmi Note 10, e premium, como o iPhone 12. Se você quer conhecer os principais modelos de cada marca, vale conferir os melhores celulares top de linha para comprar no ano.