Redmi 9 vs Redmi 9A: conheça 5 diferenças entre os celulares Xiaomi

Veja quais são as cinco diferenças entre o Redmi 9 e o Redmi 9A, celulares lançados pela Xiaomi.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 7 min. de leitura.

A Xiaomi lançou em junho de 2020 os novos celulares da linha Redmi aqui no Brasil, o Redmi 9 e Redmi 9A. O primeiro é um intermediário voltado para consumidores que precisam de um conjunto completo, mas não querem gastar tanto em aparelhos avançados. Já o segundo aparelho é indicado para quem tem uso básico, e não precisa de um celular super potente.

Os smartphones são diferentes em praticamente todos os quesitos, seja nas câmeras, desempenho, tela ou design, mas têm um ponto em comum: bateria “gigante”. Quer saber mais sobre as cinco diferenças entre o Redmi 9A e o Redmi 9? Dá uma olhada nesse comparativo completo que o Zoom montou entre os aparelhos, com principais características de cada um, ficha técnica e melhores preços.

Leia também: Celulares mais vendidos em julho de 2020: Redmi Note 8 lidera ranking

a partir de:R$ 1.199,90

a partir de:R$ 899,01

Lançamento no Brasil
Junho de 2020
Junho de 2020
Linha
Redmi
Redmi
Tela
6,53 polegadas
6,53 polegadas
Resolução da tela
 Full HD+ (1080 x 2340 pixels)
 HD+ (720 x 1600 pixels)
Processador
Helio G80 octa-core
Helio G25 octa-core
Memória RAM
4 GB
2 GB
Armazenamento
64 GB
32 GB
Memória expansível
Sim
Sim
Câmera traseira

• 13 MP (f/2.2) com foco automático
• 8 MP (f/2.2) ultra-wide

• 5 MP (f/2.4) macro

• 2 MP (f/2.2) sensor de profundidade

13 (f/2.2) com foco automático
Câmera frontal
8 MP (f/2.2)
5 MP (f/2.0)
Filma em
Full HD @ 30 fps
Full HD @ 30 fps
 
Resistência à água e poeira
Não
Não
Sistema operacional de fábrica
Android 10
Android 10
Leitor de digitais
Sim, na traseira
Não
Reconhecimento facial
Sim
Sim
Dual chip
Sim
Sim
Bateria
6.000 mAh 
5.020 mAh 
Carregamento sem fios
Não
Não
Cores

• Carbon gray (cinza)

• Ocean green (verde)

• Sunset purple (roxo)

• Granite Gray (preto/cinza)

• Peacock Green (verde)

• Sky Blue (azul) 

Dimensões e peso

• Altura: 163,3 mm

• Largura: 77 mm

• Espessura: 9,1 mm

• Peso: 198 g

• Altura: 164 mm

• Largura: 77,9 mm

• Espessura: 9 mm

• Peso: 194 g

 

Ofertas
Ver preçosVer preços

Design

Os aparelhos possuem textura anti-digitais

Apesar de serem voltados para públicos diferentes, os dois aparelhos possuem construção em plástico, que é uma forma de baratear o custo final para o consumidor. Outra característica semelhante entre eles é o design, pois ambos contam com textura “anti-digitais”, que são várias linhas bem finas em formato de ondas as quais percorrem todo o corpo dos celulares, fazendo com que não fiquem marcas de dedos.

Design do Redmi 9. (Foto: Reprodução/Xiaomi)
Design do Redmi 9. (Foto: Reprodução/Xiaomi)

Os dois possuem suas câmeras traseiras em formato vertical, mas o Redmi 9A optou por colocar a sua mais a lateral, enquanto o Redmi 9 colocou as suas no centro, dentro de um módulo circular que é camuflado pela sua pintura. Na parte frontal ambos possuem tela com bom aproveitamento de bordas e um pequeno notch em formato de gota, que serve para alocar a câmera de selfies de forma discreta.

Design do Redmi 9A. (Foto: Reprodução/Xiaomi)
Design do Redmi 9A. (Foto: Reprodução/Xiaomi)

Seus pesos são parecidos e os compradores relatam que eles têm boa pegada e ergonomia. O Redmi 9A é vendido em três cores: Granite Gray (preto/cinza), Peacock Green (verde), Sky Blue (azul) . Já o Redmi 9 é vendido em Carbon gray (cinza), Ocean green (verde) e Sunset purple (roxo).

Tela

O Redmi 9 possui tela com alta resolução

O Redmi 9 possui tela com resolução Full HD. (Foto: Reprodução/Xiaomi)
O Redmi 9 possui tela com resolução Full HD. (Foto: Reprodução/Xiaomi)

A tela dos dois celulares tem 6,53 polegadas e adotam a mesma tecnologia de construção, o IPS. No entanto, o Redmi 9 chega com resolução Full HD+, enquanto o Redmi 9A, que é um modelo de entrada, tem resolução apenas em HD+. Isso não significa que o ele entregue imagens ruins, por isso a qualidade de cores, contraste e até brilho será bem parecida com o do Redmi 9, no entanto, se você preza por assistir vídeos, filmes entre outros conteúdos em alta resolução, terá que investir no modelo mais caro.

Outro recurso que o Redmi 9 tem e não está presente na versão básica é a proteção Gorilla Glass, que protege a tela daqueles pequenos arranhões que aparecem mesmo que o usuário seja super cuidadoso.

Desempenho

O Redmi 9A tem desempenho de celular básico

Cores disponíveis do Redmi 9. (Foto: Reprodução/Xiaomi)
Cores disponíveis do Redmi 9. (Foto: Reprodução/Xiaomi)

Como já é de se esperar, os dois aparelhos também possuem diferenças significativas em seus desempenhos. O Redmi 9A, que é o modelo de entrada, usa o processador Helio G25, modelo octa-core que alcança até 2 GHz. Ele é indicado para tarefas básicas do dia a dia, como o uso do WhatsApp, redes sociais ou navegação na internet, tendo bom desempenho nestes.

Já o Redmi 9 usa o processador Helio G80, intermediário octa-core que também alcança até 2 GHz. Ele é um modelo mais potente, que faz com que o celular possa ser usado para aplicativos que vão além do básico e exijam um pouco mais do hardware do aparelho, ou até mesmo para alguns jogos populares como o Free Fire, PUBG e outros.

A quantidade de memória RAM de cada aparelho também é um ponto importante, pois o Redmi 9A tem 2 GB, enquanto o Redmi 9 chega com o dobro, 4 GB. Além de dar mais poder para o processador rodar aplicativos pesados, ter mais desta memória também faz com que os celulares possam abrir aplicativos simultaneamente sem apresentar problemas de travamento no multi-tarefas.

O Redmi 9 é vendido em uma variante única aqui no Brasil, que tem 64 GB de armazenamento interno, já o Redmi 9A é encontrado apenas com 32 GB. No entanto, o lado positivo é que ambos aceitam cartão de memória para que esse espaço possa ser expandido. Eles também já possuem o Android 10 instalado de fábrica, e usam a interface customizada MIUI, da própria Xiaomi.

Câmeras

O Redmi 9A se destaca por ter conjunto quádruplo de câmeras

Por ser um modelo de entrada, o Redmi 9A só tem uma câmera, que tem 13 MP, abertura f/2.2 e foco automático por detecção de fase. A empresa destaca a presença do recurso de HDR, que realça as cores das imagens, evita o “estouro” de branco no fundo das fotos e melhora o contraste. Na parte frontal ele possui câmera de 5 MP com suporte a reconhecimento facial.

Se você gosta de tirar fotos com frequência, o Redmi 9 é a escolha certa, pois tem conjunto quádruplo de câmeras. A principal tem 13 MP e foco automático por detecção de fase, já a secundária tem 8 MP e lente ultra-wide, para tirar fotos com ângulo mais aberto. Ele também possui sensor macro, que tira fotos ricas em detalhes quando o objeto está bem próximo, e uma câmera de apena 2 MP que serve para realizar o efeito de desfoque no modo retrato.

As câmeras do Redmi 9 possuem tecnologia de Inteligência artificial. (Foto: Reprodução/Xiaomi)
As câmeras do Redmi 9 possuem tecnologia de Inteligência artificial. (Foto: Reprodução/Xiaomi)

A câmera frontal do Redmi 9 também é superior, com 8 MP, suporte ao recurso de reconhecimento facial e HDR. Os dois celulares conseguem fazer gravação de vídeo em Full HD a 30 FPS, mas não contam com estabilização.

Bateria

Ambos possuem bateria “gigante”

A bateria do Redmi 9 dura mais de um dia mesmo em uso intenso. (Foto: Reprodução/Xiaomi)
A bateria do Redmi 9 dura mais de um dia mesmo em uso intenso. (Foto: Reprodução/Xiaomi)

Apesar de tantas diferenças, a boa notícia é que os dois celulares têm bateria gigante, com 5.000 mAh para o Redmi 9A e 5.020 mAh para o Redmi 9. O modelo mais avançado da Xiaomi tende a ter uma autonomia maior, já que o seu processador é mais econômico que do adversário. É esperado que os dois celulares entreguem mais de um dia de carga, mesmo com aqueles usuários com uso mais intenso.

A diferença entre os aparelhos é que o Redmi 9 suporta carregadores turbo de até 18W, recurso que não está disponível para o Redmi 9A.

Custo-benefício

Os dois aparelhos são vendidos oficialmente no site da Xiaomi, mas possuem preços bem salgados por tudo que entregam. O Redmi 9A está custando R$ 1.287 a vista, enquanto o Redmi 9 custa R$ 1.931, nas mesmas condições. São valores altos, mas que já são esperados por se tratar da loja oficial da fabricante.

O lado positivo é que eles estão sendo vendidos por lojas varejistas eletrônicas por um preço “justo”. No varejo, o Redmi 9 pode ser encontrado partir de R$ 1.412, já o Redmi 9A é vendido por R$ 1.104, mas deve abaixar mais quando chegar em mais lojas.

Para quem precisa de um celular para tarefas básica e quer economizar, o Redmi 9A é uma boa escolha, e tem como destaque a bateria que dura mais de um dia, mesmo em uso intenso. No entanto, se você busca um modelo mais potente, o Redmi 9 vai atender bem suas necessidades, com processador de bom desempenho, câmera quádrupla, tela de alta qualidade e bateria “gigante”.

Compare preços

Veja as melhores ofertas para cada celular aqui no Zoom