Entenda antes de comprar em Cerveja

Conheça os Tipos de Cerveja e suas Principais Características

Saindo da monotonia: conheça diferentes tipos de cerveja e aprenda a harmonizá-los com seus pratos preferidos!

tipos de cerveja

Ela é quase uma unanimidade. Quem não gosta é porque provavelmente ainda não encontrou o tipo certo.

Estamos falando da cerveja, a queridinha dos brasileiros no happy hour. Com a tendência das cervejas artesanais, os apreciadores passaram a dar mais importância para os diferentes sabores e aromas da bebida, buscando harmonizá-la da melhor forma com a famosa comida de boteco. Mas, para isso, é preciso conhecer os tipos de cerveja e as particularidades de cada uma.

O tipo de malte, a quantidade de lúpulo, o teor alcoólico... Tudo isso influencia, e muito, na hora de escolher a cerveja preferida e harmonizar com aquele prato delicioso. Quer entender melhor como funciona? Acompanhe este artigo e conheça os principais tipos de cerveja e suas combinações!

Quais são os principais tipos de cerveja?

Quando olhamos um cardápio repleto de opções de cerveja, é normal surgir a dúvida. Mas, se você aprender um pouquinho sobre cada uma delas, com certeza isso vai facilitar sua escolha. Então, vamos lá!

Pilsen: a cerveja leve

As cervejas do tipo Pilsen são conhecidas no mercado por serem mais leves e descontraídas, ou seja, com aquela pegada ideal para quem prefere sabores mais sutis. O nome Pilsen se refere à sua cidade de origem, que hoje é parte da República Tcheca, mas ela também apresenta variações alemãs. Ambas são claras e com aromas e sabores marcantes do malte e do lúpulo.

Harmonizam facilmente com pratos mais despretensiosos, isto é, aqueles que não têm uma personalidade muito forte, que poderiam "matar" o gosto da cerveja, sabe? Queijos leves, amendoins, pastéis e croquetes são ótimas opções para acompanhar. Resumimos as principais características da Pilsen:

  • Leve e descontraída;
  • Clara, seca e aromática;
  • De amargor médio a alto;
  • Vai bem com comida de boteco.

Lager: a cerveja do brasileiro

As cervejas Lager são fermentadas por um tipo de levedura que se desenvolve melhor em temperaturas mais baixas. Por isso, é comum elas serem associadas a cervejas de baixa fermentação. Mesmo quem não gosta de cerveja, certamente já apreciou uma Lager.

Sem dúvida, esse é o tipo de cerveja mais consumido no Brasil, visto que sua composição carbonata tende a ter maior aceitação entre os diferentes paladares, além de ser muito fácil de harmonizar. Entre as principais características da Lager destacamos:

  • Baixa fermentação;
  • Dourada e filtrada;
  • Pode apresentar versões mais escuras;
  • Vai bem com comida de boteco ou demais pratos típicos.

Pale Ale: A cerveja encorpada

As cervejas do tipo Pale Ale são fermentadas por leveduras que gostam de temperaturas mais elevadas, por isso são conhecidas entre os tipos de cerveja como opções de alta fermentação.

Inclusive, essa é a principal diferença em relação à Lager, que é de baixa fermentação, fazendo com que as Ales sejam muito mais encorpadas, com variações entre o doce e o amargo. Abaixo, as principais características da Pale Ale:

  • Alta fermentação e maior teor alcoólico;
  • Sabores e aromas com notas de frutas e condimentos;
  • Pode apresentar versões claras e escuras;
  • Vai bem com comidas gordurosas, pois ajuda a "limpar" o paladar.

Bock: A cerveja escura

A Bock é a clássica cerveja de coloração escura, muito recomendada para consumo no inverno, devido ao malte marcante e às notas peculiares que se assemelham a caramelo, nozes, café e chocolate.

O teor alcoólico é mais elevado, chegando a 8% em alguns casos. As principais características da Bock são:

  • Marcante e de teor alcoólico elevado;
  • Amargor médio;
  • Predominância do malte com notas adocicadas;
  • Vai bem com carnes defumadas.

Weissbier: A cerveja alemã

A Weissbier (ou Weizenbier) é a mais tradicional cerveja alemã, famosa por sua composição de, pelo menos, 50% de malte de trigo, sendo o restante composto por malte de cevada.

São cervejas curingas, ou seja, muito versáteis para combinar com diversos pratos, desde comidas mais leves — como salada ou japonês — até culinárias mais marcantes, como a mexicana. Resumimos as principais características da Weissbier:

  • Cerveja de trigo, em colorações claras;
  • Colarinho branco e espuma consistente;
  • Carbonatada e ácida;
  • Vai bem com diversos pratos — saladas, massas ou carnes.

Como fazer a melhor harmonização?

É claro que você não precisa ser um expert em tipos de cerveja para fazer a melhor combinação conforme o seu paladar. Basta sentar, abrir uma gelada, pedir um petisco e pronto! Não tem erro.

Porém, se você quiser caprichar um pouquinho mais e explorar ao máximo o sabor de uma cerveja especial na sua refeição, abaixo vão algumas dicas.

Comece pelo teor alcoólico

Se você é iniciante na arte da harmonização, comece considerando o teor de álcool da bebida. Cervejas de teor mais elevado harmonizam bem com pratos mais marcantes, tanto no sabor quanto na sustância. A regra é mais ou menos esta: quanto maior o teor alcoólico da cerveja, maior o teor de gordura do prato.

Outra boa dica é que as cervejas de teor elevado e notas mais adocicadas vão muito bem com sobremesas.

Invista em queijos e embutidos

Essa também é uma ótima dica para quem está começando. Afinal, queijos e embutidos são uma dupla coringa, que harmonizam bem com quaisquer tipos de cerveja. Apesar de ser uma combinação simples, é muito gostosa, além de superprática.

Basta escolher seus queijos preferidos, montar a tábua e fazer o brinde! Mas atenção: são alguns goles e algumas mordidas na mesma proporção, assim o paladar não fica entediado, explicam os especialistas.

Aposte no contraste

Se você quer ousar um pouco mais nas combinações sem fazer feio para os amigos, aposte no contraste entre os tipos de cerveja e os ingredientes do prato. Uma comida mais gordurosa, como as frituras de boteco, vão muito bem com cervejas mais ácidas e amargas, como as Pilsen tradicionais. Que tal?

 

Pronto! Agora que você já conhece os principais tipos de cerveja do mercado, é só escolher as suas preferidas, convidar os amigos e marcar o dia da degustação. E lembre-se: a melhor maneira de harmonizar a cerveja com o prato é ir testando (e aprovando) os resultados. Divirtam-se!

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!