Zoom indica em Cola

Os Melhores Tipos de Cola em 2018

Descubra qual tipo de cola ideal para diferentes trabalhos

os melhores tipos de cola

Escolher o tipo de cola certo é indispensável em artesanato, pequenos reparos em casa e outros exemplos de trabalho manual.

Entre a cola branca, aquela clássica que usamos na escola, até a supercola, existem vários tipos de cola ideais para diversas situações, como cola para madeira, tecido, plástico e isopor, só para lembrar de algumas.

Ficou na dúvida? Veja alguns dos melhores tipos de cola para diversos materiais e objetivos!

Cola Branca para trabalhos escolares, trabalhos com papel e outros materiais porosos

A cola branca, ou cola PVA, é o tipo mais comum de cola, aquela que usamos desde crianças. Mas além dos trabalhinhos escolares, a cola branca também pode ser usada em outros materiais porosos, como alguns tecidos, cerâmicas, pequenas peças de madeira e couro.

De baixo custo e sem ingredientes tóxicos, é a mais segura para as brincadeiras e artes das crianças. Mas vale indicar que não é das mais fortes e, por isso, não é indicada para segurar peças muito pesadas. Além disso é solúvel em água, ou seja, perde a ação se entrar em contato com água.

Uma alternativa de maior resistência, para trabalhos com biscuit, cortiça e alguns tipos de tecido, é a .

Cola Epóxi para trabalhos pesados

Da mais simples, vamos direto a uma das colas mais poderosas e versáteis: a cola epóxi - aquela que vem em dois tubinhos (resina e endurecedor) que devem ser usados juntos. Com efeito durável e resistente, ela pode ser usada em materiais não flexíveis como metal, cerâmica, plástico, borrachas, concreto e azulejos.

A cola epóxi é resistente à água e ácidos, usada até mesmo em obras e outros reparos residenciais, mas possui substâncias tóxicas e precisa de maiores cuidados ao ser aplicada.

Cola para couro, tecido borracha e outros materiais flexíveis: Cola de Contato

Mais um tipo de cola de boa resistência é a cola de contato, que pode ser usada em materiais flexíveis como couro (inclusive calçados, já que essa é a cola usada por sapateiros), papel, metal, tecido, borracha, vidro e alguns tipos de plásticos, além de trabalhos em maiores superfícies, como folheados e laminados.

Assim como a cola epóxi, a cola de contato também é produzida com materiais tóxicos e inflamáveis, então lembre-se de trabalhar em áreas bem ventiladas e longe de crianças.

Supercola ou cola instantânea: Aquela que cola até os dedos

Lembra do pequeno tubinho de cola que você tinha medo de grudar seus dedinhos? Então, essa é a supercola, feitas com cianoarilato. A Super Bonder é uma das representantes mais famosas desse tipo de cola. Com secagem bem rápida (por isso chamadas também de cola instantânea), a supercola é bem coringa de ter em casa, já que pode colar diversos materiais, como cerâmica, vidro e alguns tipos de plástico e borracha.

Como não é surpresa, a utilização desse tipo de cola também pede muito cuidado, já que ela apresenta componentes tóxicos.

Cola para artesano é quase sinônimode Cola Quente

Essa é outra que muita gente lembra, com um bastão colocado no aplicador, que vai derretendo a cola aos pouquinhos. Quem tem alguma prática com artesanato, com certeza já conhece esse material, já que a cola quente é a mais usada em diversos tipos de trabalho com EVA, tecido, renda, cortiça, feltro, plástico e acrílico.

Super versátil, a cola quente tem secagem rápida e pede maior habilidade na sua aplicação, mas tem como vantagem não perder suas propriedades, nem mesmo em contato com a água.

Cola para Isopor ou EVA

Se você quer uma alternativa mais fácil de usar do que a supercola ou a cola quente, pode optar pela cola de isopor, bem legal para maquetes e peças em EVA, papel e acetato (um tipo de plástico).

Embora tenha manuseio mais simples, esses materiais também têm componentes tóxicos e inflamáveis, então vale a atenção durante o uso!

Cola de Silicone também é usada em artesano com diferentes materiais

Além da cola quente, outro tipo de cola para artesanato é a cola de silicone, que pode ser usada em materiais variados, como isopor, EVA, tecidos sintéticos e até vidro e fibra de vidro.

Bem fácil de usar, sua finalização é bem discreta e o material apresenta boa resistência a água e variações de temperatura, mas tem maior tempo de secagem.

Trabalhos em tecidos com Cola Pano

Se você quer apostar em um material específico para tecidos de algodão, a cola pano já deixa seu objetivo claro em sua nomenclatura e é ideal para decupagens e artesanato com tecidos ou mesmo para marcar costuras e fazer ajustes temporários (pois é solúvel em água).

A vantagem é que a cola pano é bem fácil de manusear e pode ser removida antes de secar, caso o resultado não fique como o esperado.

Cola para Madeira deve ser escolhida de acordo com o uso

Entre alguns tipos de cola para madeira, você vai encontrar cola amarela, cola de resina plástica e cola de resorcinol. A diferença principal entre elas fica por conta da resistência.

A cola de resorcinol é a mais forte das três, indicada para trabalhos mais pesados em madeira ou PDF que ficarão ao ar livre. Depois vem a cola amarela e a mais simples é a cola de resina plástica.

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!