Três mulheres meditando em aula de yoga

Tipos de yoga: conheça os principais e saiba qual escolher

Hatha yoga, Vinyasa Yoga, Ashtanga Yoga... entenda o que são os tipos de yoga e qual é ideal para você!

Raquel CarlettoRedatora

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

Compartilhe:

Mais do que só uma atividade, a yoga é considerada um estilo de vida que proporciona equilíbrio e bem-estar a seus praticantes. Mas você sabia que existem diferentes tipos de yoga? Desde as práticas tradicionais até aquelas mais modernas e recentes, as ramificações do yoga variam basicamente em intensidade, no tipo de respiração e no nível de conexão espiritual durante os exercícios.

Para quem está interessado em começar, é fundamental conhecer os tipos de yoga e, então, decidir qual mais combina com você. Se esse for o seu caso, a gente pode te ajudar: convidamos a especialista Maria Clara (@varandayoga), que é professora de yoga, para explicar o que são os tipos de yoga, para que servem e como escolher. Veja só!

Já tem o seu tapete de yoga? Ele é fundamental para uma prática mais confortável - confira aqui nossa lista com as melhores opções!

Quais são os tipos de yoga?

Duas mulheres fazendo yoga em casa

Ainda que existam diferentes tipo de yoga, é importante lembrar: todos têm o mesmo objetivo de gerar conexão entre corpo, mente e alma. Assim, segundo Maria Clara, as variações são apenas diferentes ferramentas usadas para chegar ao mesmo lugar.

"Presença, consciência elevada, uma vida com mais sentido e alinhada com seu propósito e essência. Todos os tipos de yoga buscam isso, mas de formas diferentes. Algumas com práticas mais intensas, outras menos, outras com mais respiração", explica a professora.

E então, que tal conhecer quais são os 4 tipos de yoga mais famosos? Pedimos uma ajuda para Maria Clara e selecionamos a lista abaixo. Confira!

1. Hatha Yoga

O que é: uma prática com mais permanência nas posturas.

Como funciona? Dentre os tipos de yoga, esse é considerado um dos mais populares aqui no ocidente. A Hatha yoga é focada em aprimorar a flexibilidade, fortalecer o corpo e melhorar o condicionamento físico. Assim, por meio das posturas, ela trabalha tanto a parte da respiração quanto o foco no equilíbrio entre o corpo e mente.

Vantagens: Durante a prática da Hatha Yoga, as posturas são mais leves e em menor quantidade. Por isso, esse é um dos tipos de yoga mais indicados para iniciantes ou para quem deseja inserir uma prática mais tranquila na rotina.

Dica: para realizar a atividade com conforto, vale a pena dar uma olhada nas ofertas de tapete de yoga de TPE. A vantagem desse colchonete é ser mais prático e fácil de carregar. Ideal caso você queira fazer sua Hatha Yoga fora de casa.

2. Ashtanga Yoga

O que é: uma prática intensa e forte com sequência fixa de posturas.

Como funciona? Para quem procura uma prática que desafie mais o corpo, o Ashtanga Yoga é a mais indicada. Por ser mais estimulante e intensa, ela é do tipo que vai fazer o praticante suar e se esforçar um pouco mais durante as aulas. Assim, costuma ser recomendada para quem quer explorar as possibilidades de posturas durante a yoga.

Vantagens: os principais benefícios do Ashtanga Yoga são o ganho de flexibilidade e força (uma vez que exige mais do corpo), além da consciência e alinhamento corporal.

Dica: para essa prática, vale a pena apostar em roupas de academia flexíveis que deem mais liberdade nos movimentos. Além disso, prefira um colchonete mais aderente, como o tapete de yoga de PU - veja neste link algumas ofertas!

3. Kundalini Yoga

O que é: uma prática mais voltada para o espiritual;

Como funciona? Conhecido com um dos tipos de yoga mais contemplativo e individual, o Kundalini Yoga trabalha bastante os gestos com as mãos. Nele, a ideia é que por meio da união de exercícios de respiração e posturas, o praticante consiga equilibrar os chacras (centros energéticos distribuídos pelo corpo) que vão do topo da cabeça até a base da coluna.

Vantagens: além de estimular o corpo como uma atividade física, o Kundalini Yoga acaba ajudando também a expandir a consciência e a elevar a conexão espiritual com o interior. Se esse é um dos seus objetivos com a yoga, vale a pena experimentar.

Dica: para garantir que você se concentre durante a prática do Kundalini, experimente criar uma cantinho de yoga em casa. O ideal é que ele seja mais silencioso e confortável. Assim, você poderá se conectar mais rápido ao momento.

4. Vinyasa Yoga

O que é: uma prática dinâmica com liberdade para criar e mudar a sequência de posturas;

Como funciona? Na prática, o Vinyasa Yoga é quase uma coreografia. Isso porque ele é baseado em posturas e contínuas, coordenadas em sequência como se fossem uma dança. Segundo a professora Maria Clara, nesse estilo, a ideia é conectar respiração e movimento, fluindo com a prática - que pode ser super intensa ou mais suave.

Vantagens: por ser posturas sincronizadas com a respiração, essa prática é uma ótima aliada para quem está em busca de mais equilíbrio, redução de estresse e ansiedade, além de alinhamento e consciência corporal.

Dica: assim como no Ashtanga Yoga, a dica para esse tipo de yoga também é apostar em roupas confortáveis e flexíveis. Além disso, o tapete de PU ou borracha natural é o mais indicado para garantir que você não escorregue durante a atividade.

Que tal ver algumas opções de roupas de academia para começar a prática de yoga? Clique aqui e confira ofertas!

Como escolher o tipo de yoga ideal?

Mulher fazendo yoga em jardim ao lado da piscina

E então, já sabe qual tipo de yoga seria o melhor para você? Se ainda estiver em dúvida, a dica da professora Maria Clara é simples: experimente! Segundo ela, não existe exatamente uma regra para definir qual tipo de yoga é ideal para cada aluno. No entanto, a boa notícia é que por existirem diversos estilos, um deles vai acabar sendo perfeito para você.

"Às vezes por ser uma pessoa mais agitada, você vai se sentir melhor com uma prática intensa e fluida. Mas, o contrário também pode acontecer. Ser muito enérgico e buscar uma forma mais serena e tranquila para equilibrar, por exemplo. Só se descobre experimentando", conta.

Mas, atenção:, nem tudo que parece yoga é mesmo yoga, viu? A especialista reforça que, ao vir pro ocidente, surgiu uma nova era de ramificações que podem fugir da prática original.

"É importante pesquisar e entender qual é a linha, qual é o tipo, e como ele é ensinado. Tudo para garantir que você esteja, de fato, praticando yoga", aconselha Maria Clara.

O que é preciso ter para começar a yoga?

Um top de academia confortável, uma calça legging e um tapete de yoga: esses são basicamente os itens necessários para começar. Mas, afinal de contas, como escolher os melhores? E o que é preciso ter em mente antes de iniciar a prática de qualquer tipo de yoga?

Se essas perguntas ainda estão passando pela sua cabeça, confira aqui o nosso artigo sobre tudo que você precisa ter e saber quando o assunto é yoga para iniciantes!