Zoom indica em Vinho

Os 8 Melhores Vinhos em 2018

Tinto, seco ou branco. Veja a seleção dos melhores vinhos de 2018.

melhor vinho, melhores vinhos

O vinho já ganhou espaço na mesa dos brasileiros e vai dividindo protagonismo com a boa e velha cerveja na hora de reunir amigos e família.

Mesmo com um clima de alta amplitude térmica entre os diferentes estados, o país já se consolidou tanto como consumidor, quanto como produtor de alguns dos melhores vinhos do continente.

E, por esses motivos, separamos algumas opções, mesclando qualidade, variedade e custo/benefício.


Leia também: As Melhores Cervejeiras do Momento

8. Um merlot de bom custo/benefício: Vinho Emiliana

Vinho Emliana

Um dos mais tradicionais produtores do continente, o Chile tem por tradição, e pelo clima, produzir um dos melhores vinhos tintos da região. Além disso, consegue casar bem qualidade e preço.

Com um GDL de 13%, o vinho Emiliana é dona de um bom Merlot, feito do Valle Central. O rótulo tem boa persistência de sabor e algumas notas de morango e café, entre os aromas de frutas vermelha.

Ah, e uma boa carne vermelha é a combinação ideal para esse tipo de uva! Ficou interessado? Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

7. O Casa Valduga representa bem o vinho tinto nacional

 Vinho Casa Valduga

O Vale dos Vinhedos é uma região famosa no sul do país pela produção de um dos melhores vinhos da uva Cabernet.

A fria Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, acabou se consolidando com um excelente clima para a produção das uvas mais fortes. A vinícola Casa Valduga produz um ótimo Tinto Suave, feito com seleção manual e frutas frescas.

Esse vinho harmoniza bem com queijos azuis, doces ou sobremesas, sendo uma ótima opção nacional em custo/benefício.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

6. Tem vinho verde na lista de melhores: Casal Garcia

 Vinho Casal Garcia

Apesar do sucesso do famoso vinho do porto, Portugal não faz feio quando falamos de produção de alguns dos melhores vinhos brancos do mercado.

O Casal Garcia é o chamado vinho verde, pois traz notas frutadas e muito frescor, sendo uma ótima pedida para dias mais quentes.

Sua temperatura ideal é entre 8 e 10 graus e vai acompanhar perfeitamente pratos mais leves como saladas ou carnes brancas. Seu GDL é de 10,5%.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

5. Um clássico no Brasil é o Vinho Casillero Del Diablo

 Vinho Casillero Del Diablo

Provavelmente o Casillero Del Diablo é um dos mais famosos rótulos chilenos no Brasil. O tinto da marca é um dos melhores vinhos por mesclar bem um sabor marcante com bom custo/benefício.

Com o seu Cabernet Sauvignon, o Casillero oferece um vinho de longo sabor e um vermelho bem fechado, com traços presentes de frutas vermelhas, como amoras.

Esse vinho tem um GDL de 13,5% e vai bem com carnes vermelhas ou pratos mais condimentados.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

4. O outro lado do sabor: Vinho Travessia

 Vinho Travessia

Mais um entre os melhores vinhos do Valle Central chileno é o Cabernet Sauvignon Travessia.

Com aroma marcante de cereja e notas de pimenta, o Travessia é mais um bom exemplo de vinho tinto com custo/benefício bacana. Tem um GDL de 12,5% e deve ser servido entre 16 e 18 graus.

Os melhores acompanhamentos também têm sabores fortes, como carnes vermelhas ou queijos.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

3. Vinho Lambrusco é o frisante italiano da lista

 Vinho Lambrusco

Rótulo famoso na Itália, a DellEmilia produz ótimos frisantes e sempre estão entre as opções dos melhores vinhos brancos.

A uva Lambrusco é bem refrescante e vai bem em períodos mais quentes. O ideal é servir a uma temperatura entre 6 e 8 graus. A identidade gustativa é doce com uma leve acidez de paladar.

É bastante indicado para servir junto com doces de frutas cítricas ou sorvetes mais leves e tropicais.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

2. Vinho Concha y Toro é o carménere chileno

Vinho Concha y Toro

Mais um rótulo tradicional chileno é o Concha y Toro. A edição com a uva Carménere é um dos carros-chefes da vinícola.

É um dos melhores vinhos tintos em custo/benefício e traz um sabor intenso de frutas vermelhas, como a cereja. Tem um final prolongado e acompanha muito bem nosso querido churrasco.
Sua temperatura ideal é entre 14 e 16 graus e oferece um GDL de 13%.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

1. O melhor vinho é do Porto!

Vinho do Porto Valduro

Provavelmente o mais famoso vinho do mundo é o do Porto. Produzido nas proximidades da cidade homônima, o estilo do rótulo é bastante licoroso e encorpado.

Além disso, ele é um dos únicos que não tem o ciclo de fermentação completa, ou seja, é naturalmente mais doce e possui um GDL bem acima da maioria, com 19%. O Porto Tawny envelhece mais do que o Ruby, tendo um maior contato com o carvalho e incorporando mais características amadeiradas, sendo um dos melhores vinhos do porto.

O Valdouro Tawny é uma ótima opção em custo/benefício e normalmente é mais servido ao final das refeições com queijos ou frutas frescas.

Clique aqui para comparar os preços deste vinho.

 

Leia também: Os Melhores Vinhos Baratos do Momento

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!