Zoom indica em Celular e Smartphone

Galaxy A7 2017 vs Galaxy A7 2016: quais as diferenças entre estes celulares Samsung?

Tire todas as suas dúvidas e saiba se, para você, o melhor é comprar o Galaxy A7 2016 ou o Galaxy A7 2017.

Galaxy A7 2017 vs Galaxy A7 2016
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Quando uma linha ganha um novo celular, a gente logo quer saber qual a diferença entre ele e o modelo anterior. Por isso mesmo, colocamos lado a lado os celulares Samsung Galaxy A7 2016 e Galaxy A7 2017, para comparar os aparelhos e descobrir se vale a pena trocar o mais antigo pela versão mais recente, ou se o A7 2016 ainda é uma boa escolha, por exemplo.

Mas como é de se esperar, o A7 2017 se sai melhor na maioria dos quesitos que levamos em consideração no comparativo, mas isso não quer dizer que o A7 2016 não é mais uma boa escolha. Pelo contrário, o modelo anterior ainda pode ser uma aposta para quem quer um bom celular intermediário.

Confira a comparação entre o Galaxy A7 2017 e o Galaxy A7 2016 e descubra todas as diferenças entre eles.

 

Samsung Galaxy A7 2017

Samsung Galaxy A7 2017

Samsung Galaxy A7 2016

Samsung Galaxy A7 2016

Tela

5,7'' Super AMOLED Full HD

5,5'' Super AMOLED Full HD

Processador

Octa core de 1,9GHz

Octa core de 1,6GHz

Memória RAM

3GB

3GB

Armazenamento

32GB

16GB

Aceita cartão de memória

Sim (até 256GB)

Sim (até 128GB)

Acesso à internet

4G, 3G e Wi-Fi

4G, 3G e Wi-Fi

Dual chip

Sim

Sim

Leitor de digital

Sim

Sim

NFC

Sim

Sim

Câmera frontal

16MP

5MP

Câmera traseira

16MP

13MP

Filma em

Full HD

Full HD

Bateria

3.600 mAh

3.300 mAh

 
Leia também: Melhores Celulares Intermediários

Galaxy A7 2017 tem tela maior e design que parece o do Galaxy S7

Gosto é mesmo muito pessoal, mas não há como não deixar de falar sobre o design dos dois celulares comparados aqui. Mais arredondado, o Galaxy A7 2017 tem um visual que lembra bastante o top de linha de 2016 da Samsung, o Galaxy S7.

Tanto o Galaxy A7 2016 quanto o Galaxy A7 2017 têm traseira em vidro e bordas metálicas. Mas um detalhe bacana na versão mais recente é que a câmera traseira está totalmente integrada ao corpo, sem ficar um pouco saltada para fora, como acontece no Galaxy A7 2016.

Além disso, a tela do Galaxy A7 2017 também é maior, mas não muito. São 5,7 polegadas contra 5,5 polegadas do modelo de 2016. Sendo assim, o Galaxy A7 2017 pode ser a melhor escolha para quem quer um celular com tela grande de verdade. Mas, para quem tem mãos pequenas, o uso de um smartphone desse tamanho pode ser incômodo.

Isso porque, nas dimensões, claro que o aparelho mais novo acaba sendo maior, mas nem tanto. São 15,1 x 7,4 x 0,7 cm no Galaxy A7 2016, e 15,6 x 7,7 x 0,7 cm no Galaxy A7 2017.

Ainda sobre as telas, as duas são Super AMOLED com resolução Full HD. Porém, como o Galaxy A7 2016 tem display menor, acaba tendo uma densidade de pixels mais elevada, o que não chega a ser um diferencial no uso do dia a dia.

Para especificar, são 386 pixels por polegada (ppi) no Galaxy A7 2017 e 401 ppi no Galaxy A7 2016.

Resistência à água só no Galaxy A7 2017

Uma diferença entre o A7 2017 e o A7 2016 que pode ser decisiva na hora da escolha é a proteção contra água e poeira, que só é encontrada no Galaxy A7 2017. Com certificação IP68, o smartphone pode ficar submerso em água doce por até 30 minutos, a até 1,5 metro de profundidade.

Agora, é bom lembrar que a Samsung não considera ele um celular à prova d'água, ou seja, sua proteção é mais para o caso de molhar acidentalmente, como quando você pegar uma chuva com o aparelho.

Processador mais moderno faz do A7 2017 mais veloz; mas nem tanto

Como é de se esperar de uma versão mais nova, o Galaxy A7 2017 é, sim, mais rápido que o Galaxy A7 2016. Agora, a diferença não é tão grande assim, principalmente em tarefas comuns como uso de redes sociais e aplicativos de mensagens.

Equipado com o processador da Samsung Exynos 7880, o Galaxy A7 2017 é um celular octa core com 1,9GHz de velocidade, e que traz ainda 3GB de RAM. Já o Galaxy A7 2016 vem com o Exynos 7850, de 1,6GHz, e os mesmos 3GB de RAM.

Tenha o dobro de armazenamento no A7 2017

Agora, se tem um detalhe sobre o hardware que pode fazer diferença na comparação entre o Galaxy A7 2017 e o Galaxy A7 2016 é o armazenamento. Isso porque o modelo mais recente traz o dobro de espaço interno, ou seja, 32GB contra 16GB do A7 2016.

Vale ressaltar que a expansão com cartão de memória microSD também pode ser maior no A7 2017: 256GB contra 128GB do seu antecessor.

Para usar 2 chips e cartão de memória ao mesmo tempo, escolha o A7 2017

Galaxy A7 2017 não tem entrada híbrida

Ainda falando sobre o armazenamento, é bom destacar que, embora os dois sejam celulares dual chip, no Galaxy A7 2016 a entrada é híbrida, ou seja, você precisa escolher se usa dois chips, ou um chip e um cartão de memória; nunca os 3 ao mesmo tempo.

Já o Galaxy A7 2017 conta com 3 slots, o que quer dizer que, nele, você vai poder usar dois chips e um cartão de memória ao mesmo tempo!

Câmeras do A7 2017 ganharam melhorias, principalmente a frontal

Quando o assunto é câmera, temos dois celulares que filmam em Full HD e trazem sensores (traseiros e frontais) com abertura f/1.9, o que é ótimo para smartphones dessa categoria.

Porém, o Galaxy A7 2017 traz mais megapixels tanto na câmera traseira quanto na frontal, o que dá certa vantagem na hora de registrar os momentos. As imagens feitas com a câmera traseira, de maneira geral, são boas (e parecidas) nos dois aparelhos, com leve vantagem para a nitidez e a claridade do Galaxy A7 2017.

Galaxy A7 2016 também tem câmera boa

Já na câmera frontal, o A7 2017 passa à frente com 16MP de resolução máxima, contra 5MP do Galaxy A7 2016. Não que o aparelho de 2016 faça selfies ruins, mas as fotos feitas com o A7 2017 ficam menos borradas e mais claras, por exemplo.

Mais capacidade de bateria e porta USB-C no Galaxy A7 2017

Outras diferenças entre o Galaxy A7 2016 e o Galaxy A7 2017 são encontradas na bateria e na entrada do carregador. Tudo bem que o A7 2017 tem tela maior e, por isso, já consumiria mais bateria, mas o incremento de 300 mAh, junto com um hardware que trabalha para ser mais econômico, incrementam o tempo de uso do aparelho com relação ao modelo de 2016.

Segundo a Samsung, o Galaxy A7 2017 aguenta até 20 horas de reprodução de vídeo, 16 horas de navegação no 4G e 23 horas em ligações, enquanto no A7 2016 são até 15 horas assistindo a vídeos, 14 horas usando o 4G e 17 horas em ligações.

Sobre o conector para o carregador, no A7 2016 é o micro USB, mais conhecido e usado até então, e o A7 2017 traz um novo padrão, chamado USB-C, que é mais rápido na transferência de arquivos e no carregamento. E para completar, o A7 2017 ainda vem com um adaptador de USB-C para micro USB na caixa.

 

Leia também: O que é USB-C?

Leitor de digital nos dois, mas mais inteligente no A7 2017

Apesar dos dois serem celulares com leitor de digital, para o Galaxy A7 2017 a Samsung implementou algumas melhorias. Agora, o desbloqueio da tela pode ser feito mesmo se o display estiver apagado.

Já no Galaxy A7 2016 é preciso primeiro acender a tela apertando algum botão físico, para só depois usar a digital para desbloquear o smartphone.

Outra diferença do Galaxy A7 2017 é o Always On Display

Galaxy A7 2017 tem Aways On Display

O Galaxy A7 2017 leva mais um ponto por contar com uma funcionalidade que pode agradar bastante. Quando ativado, o Always On Display mostra data, hora e notificações de maneira discreta e sem consumir muita bateria.

Como nem o Galaxy A7 2016 e nem o Galaxy A7 2017 têm LED de notificações, o recurso pode ser interessante para quem não quer perder nenhuma mensagem, por exemplo.

Afinal, é melhor comprar o Galaxy A7 2017 ou o Galaxy A7 2016?

Você deve ter percebido que o Galaxy A7 2017 ganhou diversas melhorias, tanto em design, quanto em hardware e câmera. No entanto, é provável que elas não façam muita diferença para quem já tem o Galaxy A7 2016. Sendo assim, talvez não valha a pena trocar uma versão pela outra.

Porém, se você não tem nenhum dos dois celulares ainda, vale a pena investir um pouco mais e levar para casa o Galaxy A7 2017, já que ele tem câmera frontal melhor, mais armazenamento, processador e bateria superiores, além de permitir o uso simultâneo de dois chips e um cartão de memória.

Agora, caso o Galaxy A7 2017 esteja na faixa dos R$2.000, pode ser mais interessante optar pelo Galaxy S7 ou outro modelo mais avançado de outra marca.

E, claro, se o Galaxy A7 2017 não cabe no seu orçamento, o Galaxy A7 2016 ainda é sim uma boa escolha de smartphone intermediário, mesmo depois do lançamento do seu sucessor. Ele tem câmeras que fazem bons registros para as redes sociais, além de contar com bateria que dura um dia de uso moderado e processador que roda praticamente todos os aplicativos, incluindo alguns jogos mais pesados.

Veja preços do Galaxy A7 2017 e do Galaxy A7 2016:

 

 

Leia também: Galaxy A5 2017 vs Galaxy A5 2016: veja as diferenças entre os celulares Samsung

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone