Galaxy M31 vs Galaxy A31: 4 diferenças entre os celulares Samsung

Veja um comparativo completo entre o Galaxy M31 e o Galaxy A31, ambos aparelhos da Samsung.

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 7 min. de leitura.

Compartilhe:

Lançado em julho de 2020, o Galaxy M31 está chamando a atenção de muitos consumidores por ser um aparelho com boa ficha técnica e preço bem chamativo. No entanto, ele possui um concorrente à altura, o Galaxy A31, que também é da Samsung e está na disputa por ser o melhor celular custo-benefício.

Os dois aparelhos têm processadores com bom desempenho e tela de excelente qualidade, mas se diferenciam na qualidade das câmeras e tamanho da bateria, que é um dos grandes destaques do Galaxy M31. Para te ajudar a decidir qual a melhor escolha, o Zoom preparou um comparativo completo entre os celulares, mostrando suas fichas técnicas, principais características e, claro, os melhores preços.

Veja abaixo mais detalhes sobre o Galaxy A31 e Galaxy M31:

Produto indisponível

Produto indisponível

Lançamento
Abril de 2019
Julho de 2020
Linha
Galaxy A
Galaxy M
Tamanho da tela
6,4 polegadas
6,4 polegadas
Resolução da tela
 Full HD+ (1080 x 2340 pixels)
Full HD+ (1080 x 2400 pixels)
Processador
Helio P65
Exynos 9611 octa-core
Memória RAM
4 GB
6 GB
Armazenamento
128 GB
128 GB
Memória expansível
Sim
Sim
Câmera traseira
48 MP (f/1.8) quad-pixel
8 MP (f/2.2) ultra-wide
5 MP (f/2.4) macro
5 MP (f/2.2) sensor de profundidade
64 MP (f/2.2) quad-pixel
8 MP (f/2.2) ultra-wide
5 MP (f/2.4) macro
5 MP (f/2.2) sensor de profundidade
Câmera frontal
16 MP (f/2.0)
32 MP (f/2.0)
Filma em
Full HD @ 30 fps
4K @ 30 fps
Resistência à água e poeira
Não
Não
Sistema operacional de fábrica
Android 10
Android 10
Leitor de digitais
Sim, integrado à tela
Sim, na traseira
Reconhecimento facial
Sim
Sim
Dual chip
Sim
Sim
Bateria
5.000 mAh 
6.000 mAh 
Carregamento sem fios
Não
Não
Cores
Preto, Azul ou Branco
Preto, Azul ou Vermelho
Dimensões
Altura 159,3 mm
Largura 73,1 mm
Profundidade 8,6 mm
Peso 185 g
Altura 159,2 mm
Largura 75,1 mm
Profundidade 8,9 mm
Peso 191 g
Ofertas
Produto indisponível
Produto indisponível

Leia também: Melhor celular Samsung em 2020: 12 modelos para comprar no Brasil

Design

Como grande parte dos aparelhos intermediários da Samsung, o Galaxy M31 tem seu acabamento feito em plástico, sem nenhum detalhe em sua traseira e pintura um pouco brilhante. Essa pintura o destaca dos modelos de entrada da marca, mas não o suficiente para ter a aparência de celulares mais caros. Ele conta com o sensor biométrico na parte traseira e câmeras alocadas em formato de “L” invertido no módulo retangular.

Design do Galaxy M31 (Foto: Divulgação/Samsung)
Design do Galaxy M31 (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy A31 também possui acabamento em plástico, mas assim como outros modelos da linha A, a Samsung dá um “trato” a mais no seu visual. Ele conta com detalhes holográficos e pintura brilhante que reflete quanto está contra a luz. As câmeras também estão alocadas em módulo retangular, mas em formato de “L” normal.

Design do Galaxy A31 (Foto: Divulgação/Samsung)
Design do Galaxy A31 (Foto: Divulgação/Samsung)

Na parte frontal os aparelhos são parecidos, pois suas telas ocupam um bom espaço do corpo e as bordas são bem finas. Ambos utilizam o notch em formato de gota para alocar a câmera de selfies, deixando-a bem discreta e dando mais destaque para a tela.

O Galaxy A31 está disponível em três cores: azul, preto ou branco. Já o Galaxy M31 está disponível nas cores azul, preto ou vermelho.

Tela

Os aparelhos possuem tela Super AMOLED e alta resolução

Os dois celulares possuem tela com resolução Full HD (Foto: Galaxy M31/ Divulgação/Samsung)
Os dois celulares possuem tela com resolução Full HD (Foto: Galaxy M31/ Divulgação/Samsung)

Se você preza por telas de boa qualidade, não se decepcionará com nenhum dos dois celulares. O Galaxy A31 tem tela de 6,4 polegadas, com tecnologia Super AMOLED, resolução Full HD e proporção 20:9, que a deixa um pouco mais “esticada”. Ele conta com o diferencial de ter o leitor de digitais já integrado à sua tela, recurso que dá mais segurança ao usuário.

O Galaxy M31 segue o mesmo tamanho, resolução e tecnologia do Galaxy A31, mas tem a proporção 19.5:9 e possui proteção Gorilla Glass, que protege o celular daqueles pequenos arranhões que aparecem na tela.

As telas com tecnologia Super AMOLED tendem a apresentar imagens com cores mais vívidas e fortes, com bom contraste de preto e brilho alto. Além disso, a tecnologia tem menos uso de energia, por isso, mesmo com qualidade melhor, o seu celular será mais econômico. Tudo isso unido à resolução Full HD proporciona ótimas experiências para o usuário na hora de assistir filmes ou vídeos em qualquer um dos aparelhos.

Leia também: Como comprar celular? Saiba o que considerar na hora de escolher um modelo

Desempenho

Ambos entregam um bom desempenho em aplicativos e jogos

O Galaxy A51 usa o processador P65, modelo octa-core de até 2,0 GHz que é fabricado em arquitetura de 12 nm pela MediaTek. Já o Galaxy M31 usa o Exynos 9611, modelo de fabricação da Samsung que também é octa-core, mas alcança até 2,2 GHz e tem arquitetura de 10 nm.

Os dois modelos são para uso intermediário e cumprem isso bem, por isso, você não terá problemas para usar redes sociais, aplicativos mensageiros, diversos jogos e até alguns aplicativos que exigem um pouco mais do celular. A diferença de desempenho entre os dois modelos é mínima, mas o modelo Exynos é mais econômico, justamente por ser fabricado em uma arquitetura mais recente e menor.

Os aparelhos possuem o modo “Game Booster” que aumenta a performance em jogos (Foto: Divulgação/Samsung)
Os aparelhos possuem o modo “Game Booster” que aumenta a performance em jogos (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy A51 é vendido com 4 GB de memória RAM e 128 GB de memória externa, que pode ser expandida via cartão de memória. Já o Galaxy M31 chega em uma variante com 6 GB de memória RAM e 128 GB de memória interna, que também pode ser expandida. Em ambos os casos, o usuário terá muito espaço para armazenamento e bom desempenho no multitarefas, sem que os aparelhos “engasguem” por falta de RAM.

Além disso, os dois já chegam com o Android 10 instalado de fábrica, além de usarem a interface personalizada da Samsung, a ONE UI 2.0.

Câmeras

Os celulares têm diferenças em suas câmeras principais

Os dois celulares possuem conjuntos de câmeras excelentes, que são parecidos quanto aos sensores auxiliares, mas se diferenciam no principal. O Galaxy A31 usa um sensor de 48 MP, com abertura f/2.0 e foco automático por detecção de fase. Já o Galaxy M31 chegou com um maior ainda, de 64 MP, abertura f/1.8 e que também tem foco automático por detecção de fase.

Conjunto de câmeras do Galaxy M31 (Foto: Divulgação/Samsung)
Conjunto de câmeras do Galaxy M31 (Foto: Divulgação/Samsung)

Na parte de câmeras auxiliares, ambos possuem uma de 8 MP e lente ultra-wide, para fotos com ângulo mais aberto, câmera macro de 5 MP, que serve para capturar muitos detalhes quando o objeto está bem próximo à câmera, e outro sensor de 5 MP que é usado para realizar o efeito de desfoque no modo retrato.

Conjunto de câmeras do Galaxy A31 (Foto: Divulgação/Samsung)
Conjunto de câmeras do Galaxy A31 (Foto: Divulgação/Samsung)

Os sensores principais utilizam a tecnologia quad-pixel, que transformam quatro pixels em apenas um, por isso, as fotos são bem ricas em detalhes quando o ambiente está bem iluminado. Eles também conseguem captar mais luz, o que favorece fotos noturnas ou em ambientes com iluminação comprometida. As câmeras auxiliares dão versatilidade ao usuário, que pode tirar fotos em vários estilos diferentes.

No entanto, para quem costuma gravar vídeos com frequência, o M31 é mais atrativo, pois ele consegue filmar em 4K a 30 FPS, ou Full HD a 30 FPS com estabilização eletrônica. O Galaxy A31 só consegue gravar em Full HD a 30 FPS.

Na parte frontal, os celulares também possuem diferenças significantes nas câmeras de selfies. O Galaxy A31 tem sensor de 20 MP e abertura f/2.2, enquanto o Galaxy M31 tem um de 32 MP, abertura f/2.0, recurso de HDR e consegue gravar em até 4K a 30 FPS. Ambas têm foco dinâmico que desfoca o fundo das fotos e deixa apenas o rosto do usuário em destaque.

Leia mais: Samsung lança o Galaxy M21s e Galaxy M51, com baterias de 7.000 mAh

Bateria

O Galaxy M31 tem bateria para dois dias de uso

O Galaxy M31 tem bateria para dois dias de duração em uso moderado (Foto: Divulgação/Samsung)
O Galaxy M31 tem bateria para dois dias de duração em uso moderado (Foto: Divulgação/Samsung)

O Galaxy A31 tem bateria excelente, com 5.000 mAh de capacidade e que pode durar quase dois dias, caso o usuário tenha uso moderado. É mais que muitos dos seus concorrentes, mas já ouviu aquele ditado de que o que é bom sempre pode melhorar? Um dos destaques do Galaxy M31 é justamente a sua bateria, que tem incríveis 6.000 mAh de capacidade e pode oferecer autonomia de até dois dias completos em uso moderado.

O Galaxy M31 combina bateria grande e potente com recursos econômicos dos seus componentes, como o processador e tela, que tendem a gastar menos energia quando comparado a outras tecnologias dos concorrentes. Além dos celulares terem boa autonomia, eles ficam pouco tempo na tomada, pois contam com suporte para carregamento turbo de até 15W.

Custo-benefício

Os dois aparelhos são excelentes opções de custo-benefício, mas contam com uma pequena diferença de preço, o que é justificável tendo em vista algumas mudanças em suas fichas técnicas. O Galaxy A31 pode ser encontrado no mercado por valores a partir de R$ 1.400, enquanto o Galaxy M31, um pouco mais recente, tem seus valores a partir de R$ 1.500.

A diferença de R$ 100 é justamente pelo M31 ter um processador levemente melhor, câmeras melhores e uma bateria gigante, por isso, a escolha ideal aqui vai depender das necessidades do usuário.

Se você quer o melhor modelo, o Galaxy M31 é a escolha certa, porém se está tudo bem abrir mão de um pouco de bateria e qualidade de câmera para economizar um pouco, o Galaxy A31 será uma ótima escolha e ainda conta com o diferencial de ter leitor biométrico a tela.

Veja as melhores ofertas para cada um dos aparelhos aqui no Zoom.

Leia também: Melhores celulares em 2020: 20 smartphones para comprar no Brasil