Zoom indica em Celular e Smartphone

Do Galaxy Note 9 ao Galaxy Note 10: o que muda no lançamento da Samsung

Entre as novidades, está a ausência da entrada para cartão de memória e para fones de ouvido; tela também mudou.

Celular
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

O Galaxy Note 10 chegou ao mercado internacional no dia 07 de agosto para substituir o Galaxy Note 9 no segmento de celulares “super premium” da Samsung. Com ficha técnica de ponta, que inclui câmera tripla, visual ainda mais moderno, processamento avançado e controle por gestos (com a caneta eletrônica S Pen), o novo smartphone promete entregar o que há de melhor na indústria.

No entanto, ao contrário do que se espera normalmente, nem tudo evoluiu no Note 10 – é o caso do tamanho e da resolução da tela. Para te ajudar a entender as mudanças que a Samsung fez em seu lançamento, montamos esse comparativo de ficha técnica. Veja a análise a seguir e descubra todas as novidades que chegam à linha Galaxy Note.

*Ah, é importante deixar claro: a Samsung apresentou também o Galaxy Note 10 Plus, uma variante maior, seguindo o padrão já visto na linha Galaxy S. No entanto, todas as especificações que você verá neste comparativo são entre os dois smartphones convencionais, o Note 9 e o Note 10. Vamos lá?

Galaxy Note 9Galaxy Note 9Galaxy Note 10Galaxy Note 10
Data de lançamento
Agosto de 2018 Agosto de 2019
Tamanho da Tela
6,4 polegadas 6,3 polegadas
Resolução da Tela
QHD+ (2960 x 1440 pixels) Full HD+ (2280 x 1080 pixels)
Processador
Exynos 9810 (octa-core) Exynos 9825 (octe-core)
Memória RAM
6 GB 8 GB
Armazenamento
128 GB 256 GB
Memória expansível
até 256 GB não há
Câmera traseira
12 MP + 12 MP 16 MP + 12 MP + 12 MP
Câmera frontal
8 MP 10 MP
Bateria
4.000 mAh 3.500 mAh
Dual chip
Sim Sim
Sistema operacional
Android 8.1 (Oreo) Android 9 (Pie)
Leitor de digitais
Sim (traseira) Sim (sob a tela, ultrassônico)
Reconhecimento Facial
Sim Sim
Scanner de íris
Não Não
Resistência à água e poeira
Sim (IP68) Sim (IP68)
Dimensões
161,9 x 76,4 x 8,8 mm 151 x 71,8 x 7,9 mm
Peso
201 gramas 168 gramas
Cores
Azul, preto e cobre Aurora Glow, preto e branco
Ver ofertas Ver ofertas

Tela: Galaxy Note 9 supera em resolução, mas Note 10 entrega maior aproveitamento espacial

Verdade seja dita, a resolução de tela do novo Galaxy Note 10 é inferior em relação ao seu antecessor (e também o tamanho): enquanto o Galaxy Note 9 conta com painel de 6,4 polegadas e resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels), o novo smartphone tem a tela de 6,3” Full HD+ (2280 x 1080 pixels).

Na prática, a diferença de resolução pode passar despercebida para muitos usuários. Mas os mais exigentes, que esperam o máximo de um smartphone com esse preço, podem ficar um pouco chateados em não ter máxima riqueza em detalhes.

Galaxy Note 9 vs Galaxy Note 10Tela do Galaxy Note 10 tem notch em formato circular - Foto: Divulgação/Samsung


De qualquer forma, o Galaxy Note 10 tem pontos positivos para equilibrar essa disputa. O display tem a tecnologia AMOLED dinâmica, que estreou com o lançamento do Galaxy S10, oferecendo uma gama de cores ainda maior e mais conforto para os olhos por reduzir a emissão de luz azul. Esse painel é compatível com HDR10+ e oferece qualidade de imagem muito boa, com até 1.200 nits de brilho e taxa de contraste de 2.000.000:1.

O Galaxy Note 9, por sua vez, tem a tradicional tela Super AMOLED, que também é econômica e entrega cores vivas, além de contrastes intensos, agradando a quem curte imagens mais fantasiosas.

Galaxy Note 9 vs Galaxy Note 10Tela do Galaxy Note 9 tem 6,4 polegadas e bordas mais avantajadas do que Note 10 - Foto: Shutterstock


O formato de tela mudou ligeiramente: enquanto o modelo mais antigo é construído em 18,5:9, o novo é levemente mais estreito, com proporção de 19:9. Essa diferença, aliada às bordas ainda mais finas e à adoção do notch circular (padrão Infinity-O), confere maior aproveitamento da área frontal ao Note 10. Ou seja, é basicamente tudo tela no smartphone mais recente.

No que diz respeito às dimensões gerais do aparelho, o Galaxy Note 10 é menor, mais fino e mais leve, o que tende a agradar os usuários com mãos pequenas. A entrada P2 (3,5 mm) para fone de ouvido, presente no Note 9, não existe no Note 10, o que obriga o usuário a usar um adaptador USB-C/P2 ou fones Bluetooth.

O smartphone de 2018 é encontrado nas cores azul, preto e cobre, e o seu irmão mais recente em Aurora Glow, preto e branco.

Câmera: mais lentes e recursos para vídeo no Galaxy Note 10

A Samsung caprichou no conjunto fotográfico do Galaxy Note 10. O celular tem câmera traseira tripla com sensores de 16 MP (f/2.2) (ultra grande-angular) + 12 MP (grande-angular) (f/1.5;2.4) + 12 MP (telefoto) (f/2.1).

A lente extra – em relação ao Note 9, que tem câmera dupla de 12 MP (f/1.5;2.4) + 12 MP (f/2.4) – representa maior versatilidade na hora de fotografar. Isso porque com a lente ultra grande-angular, o usuário poderá fazer fotos excelentes de paisagens ou grupos muito grandes de pessoas. Já com a lente telefoto, ele consegue capturar detalhes que estão muito distantes – e tudo isso no mesmo lugar.

Galaxy Note 9 vs Galaxy Note 10Galaxy Note 10 tem câmera tripla - Foto: Divulgação/Samsung


Outros recursos melhoram a capacidade fotográfica e para captação de vídeos, como o “Modo Noturno”, que permite boa qualidade mesmo com baixa luminosidade; a função “Super Estabilizador”, que evita trepidações mesmo quando há muito movimento na captura;  o efeito “Foco Dinâmico”, para desfocar o fundo do vídeo, deixando apenas o tema em destaque; e o “Zoom-in Mic”, que promete uma melhor captação de áudio sem precisar de acessórios.

Somados todos estes recursos, a Samsung busca ganhar espaço em um mercado cada vez mais promissor, o de produtores de vídeo e criadores de conteúdo. O Galaxy Note 10 tem também o Adobe Rush4, uma ferramenta de edição de vídeos que usa a caneta S Pen para entregar uma experiência ainda mais precisa.

Para selfies, também há upgrade no sensor frontal. Enquanto o Galaxy Note 9 trazia uma câmera de 8 MP (f/1.7), o Note 10 chega com 10 MP (f/2.2).

Desempenho: processador em 7 nm do Galaxy Note 10 é mais eficiente e veloz

Outro ponto de melhora da família Galaxy Note é o novo processador Exynos 9825 (octa-core de até 2,7 GHz), fabricado em 7 nanômetros, que é uma resposta da Samsung ao Snapdragon 855+, da Qualcomm. Ele promete um desempenho ainda melhor do que o também octa-core Exynos 9810 presente no Note 9, que era fabricado em 10 nanômetros e gastava mais energia.

O novo smartphone também conta com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, sem a possibilidade de expansão via microSD. O seu antecessor tem 6 GB de RAM e 128 de armazenamento, porém, conta com a possibilidade de expansão via cartão de memória.

Bateria: compartilhamento e recarga super rápida sem fio são destaques do Galaxy Note 10

Já em relação à bateria, a capacidade foi reduzida. O modelo mais antigo tem uma de 4.000 mAh, enquanto o aparelho mais novo vem com uma bateria de 3.500 mAh. Na prática, porém, é possível que ambos entreguem autonomia semelhante, já que a tela do Note 10 é mais econômica e seu processador é mais eficiente energeticamente.

Os recurso de compartilhamento de bateria sem fio e de carregamento wireless super rápido estão presentes apenas na nova geração.

Galaxy Note 9 vs Galaxy Note 10Kit do Galaxy Note 10: destaque para a caneta S Pen, ainda mais inteligente - Foto: Divulgação/Samsung

S Pen e recursos extras

A caneta S Pen é uma das marcas dos Galaxy Note e ganhou novos “poderes” nos modelos mais recentes. Em 2018, ela já impressionou muita gente pela conectividade Bluetooth que a transformava em uma espécie de controle remoto do smartphone. O usuário pode, por exemplo, tirar fotos à distância, pular uma música no Spotify e a executar muitas outras tarefas.

O Galaxy Note 10 vai além, já que agora a S Pen é compatível com a função “Air Actions”, que permite controlar ações do celular com gestos feitos com a caneta. É uma espécie de resposta da Samsung a marcas como LG e Google, que vêm investindo em controle por gestos em seus smartphones.

Galaxy Note 9 vs Galaxy Note 10Caneta eletrônica S Pen do Galaxy Note 10 - Foto: Divulgação/Samsung


Outra novidade é a possibilidade de fazer anotações e converter facilmente a escrita à mão em texto digital com o app Samsung Notes, para posteriormente compartilhar em formatos com .doc ou PDF.

Para os gamers, destaque para a função “Game Booster” que utiliza inteligência artificial (IA) para otimizar o desempenho e o consumo energético durante jogos.

Custo-benefício: afinal, vale a pena investir em um Galaxy Note 10?

No geral, o Galaxy Note 10 representa uma evolução significativa em relação à geração anterior. Mesmo o que parece ser um downgrade em especificações acaba sendo compensado por outros pontos da ficha técnica. Portanto, se você é um usuário ávido pelas tecnologias mais recentes da indústria, encontrará neste smartphone uma excelente companhia para capturar fotos, gravar vídeos, usar aplicativos de produtividade, assistir aos seus filmes e séries favoritos e ainda jogar os títulos mais populares disponíveis para Android.

No entanto, a avaliação efetiva sobre o custo-benefício só é possível após a chegada do Galaxy Note 10 ao país. Sabe-se que, nos Estados Unidos, seu preço de lançamento é de US$ 949 (cerca de 3,8 mil, sem impostos), e que o Note 9 chegou por aqui custando R$ 5,5 mil. Logo, não espere um custo menor do que R$ 5 mil para o Note 10 inicialmente.

Considerando esse preço (estimado, diga-se de passagem), vale mais a pena comprar o Galaxy S10 Plus, que já é encontrado em promoções por R$ 3,4 mil (na data de publicação deste artigo) – se você não estiver interessado na S Pen, é claro.

Compare os preços do Galaxy Note 9 e Galaxy Note 10 aqui, no Zoom:

 

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone