Zoom indica em Celular e Smartphone

Moto G5 vs Galaxy J7 Prime: um comparativo entre intermediários

Colocamos lado a lado o Moto G5 e o Galaxy J7 Prime para te ajudar a escolher o melhor celular intermediário.

Moto G5 vs Galaxy J7 Prime
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

Dois dos smartphones mais buscados no Zoom em 2017, Galaxy J7 Prime e Moto G5 são aparelhos considerados intermediários, que aguentam bem a maioria das tarefas e ainda por cima não são muito caros.

Mas eles têm lá suas diferenças. O Moto G5, por exemplo, agrada a quem prefere o Android sem modificações, quer um leitor de digital com resposta rápida e não abre mão de ter um celular com giroscópio.

Já o Galaxy J7 Prime é ideal para quem quer um celular com tela grande, que tenha flash frontal, câmeras boas para as redes sociais e ainda se saia melhor quando o assunto é desempenho.

Para saber direitinho se o melhor para você é comprar o Moto G5 ou o Galaxy J7 Prime, comparamos os dois aparelhos. Confira o embate entre Motorola e Samsung:

 

Motorola Moto G5

Moto G5

Samsung Galaxy J7 Prime

Galaxy J7 Prime

Tela

5'' Full HD IPS LCD
(1.080x1.920 pixels)

5,5'' Full HD PLS TFT
(1.080x1.920 pixels)

Processador

Qualcomm Snapdragon 430

octa core (1,4GHz)

Exynos 7870 octa core (1,6Ghz)

Memória RAM

2GB

3GB

Armazenamento

32GB

32GB

Aceita cartão de memória

Sim (até 128GB)

Sim (até 256GB)

Acesso à internet

4G, 3G e Wi-Fi

4G, 3G e Wi-Fi

Dual chip

Sim

Sim

Leitor de digital

Sim

Sim

Câmera frontal

5MP

8MP

Câmera traseira

13MP

13MP

Filma em

Full HD

Full HD

Bateria

2.800 mAh

3.300 mAh

 

Leia também: Moto G5 vs Moto G5 Plus: veja a comparação entre estes Moto G

Design metálico dos dois lados, mas telas com tamanhos diferentes

Uma das vantagens que o J7 Prime e o Moto G5 têm em comum é o acabamento mais premium, em metal. No entanto, o corpo unibody e mais fino do Galaxy J7 Prime dá uma sensação de durabilidade e qualidade maior. Por falar nisso, no Moto G5 a tampa traseira pode ser removida.

Quanto às dimensões dos smartphones, no Galaxy J7 Prime são 15,1 x 7,5 x 0,8cm, enquanto no Moto G5 são 14,4 x 7,3 x 0,9cm.

Samsung Galaxy J7 Prime tem design metálico

E vale lembrar, ainda, que a tela do Galaxy J7 Prime é maior, de 5,5 polegadas, e a do Moto G5 tem 5 polegadas, sendo ideal para quem prefere aparelhos menores ou tem mãos pequenas.

Sobre a resolução, os dois têm display Full HD, mas com construções diferentes. No Moto G5 o painel é IPS LCD, e no J7 Prime é PLS TFT. A tecnologia usada no smartphone Samsung é bem similar ao IPS e, na prática, ele consegue ser mais brilhante, enquanto o Moto G5 exibe cores mais reais.

Um detalhe aqui é que, como as duas telas têm a mesma resolução, mas tamanhos diferentes, a quantidade de pixels acaba variando, sendo maior no smartphone de menor tamanho. Dessa maneira, no Galaxy J7 Prime são 401 pixels por polegada (ppi), e no Moto G5 são 441 ppi.

No desempenho, Galaxy J7 Prime leva pequena vantagem

Tanto em testes práticos como nos de benchmark, o Galaxy J7 Prime se sai um pouco melhor que o Moto G5, mas nada que vá atrapalhar o uso no dia a dia, já que a diferença no desempenho é realmente pequena.

Equipado com processador Qualcomm Snapdragon 430 de 1,4GHz, o Moto G5 é um celular octa core que trabalha com 2GB de RAM.

Já o Galaxy J7 Prime traz um processador da Samsung, o Exynos 7870, que também é octa core, mas com 1,6GHz. E na memória RAM, o J7 Prime sai na frente com 3GB.

Sobre o sistema operacional, o Moto G5 sai de fábrica com o Android 7.0 (Nougat) praticamente sem modificações, o que agrada a quem gosta de uma interface mais limpa.

No Samsung Galaxy J7 Prime, o sistema que vem é o Android 6.0 (Marshmallow), com a interface da marca, a TouchWiz, que apesar de estar mais leve que em modelos mais antigos da Samsung, ainda traz bastante aplicativo embarcado.

32GB de armazenamento e suporte para dois chips em ambos os celulares

Para quem gosta de guardar muitos arquivos no celular, tanto o Moto G5 quanto o Galaxy J7 Prime podem ser boas escolhas. Isso porque eles contam com 32GB de espaço interno.

Além disso, ambos têm suporte para cartão de memória, sendo de até 128GB no Moto G5, e até 256GB no Galaxy J7 Prime.

E outro ponto legal tanto no smartphone Motorola quanto no Samsung é que são celulares dual chip, e contam com 3 slots, para você poder usar dois chips e um cartão de memória ao mesmo tempo.

Leitor de digital mais rápido e giroscópio no Moto G5

Moto G5 tem leitor de digital

Nesse quesito, embora os dois sejam celulares com leitor de digital, o Moto G5 leva vantagem por causa de alguns detalhes.

O primeiro deles é o fato do leitor biométrico do Moto G5 ter resposta mais rápida que o do Galaxy J7 Prime.

Além disso, o Moto G5 conta com um recurso que permite substituir os botões virtuais do celular por comandos no leitor de digital, o que libera espaço na tela do smartphone.

Outro detalhe que pode fazer a diferença para quem curte jogos de realidade aumentada, como Pokémon Go, é o fato do Moto G5 ter giroscópio, enquanto o Galaxy J7 Prime não conta com o sensor, ou seja, nele você não vai poder enxergar os pokémons no mesmo ambiente que você está, por exemplo.

Câmeras: Galaxy J7 Prime se sai melhor nas selfies por ter flash frontal

Como é de se esperar de dois smartphones intermediários, tanto o Moto G5 quanto o Galaxy J7 Prime fazem fotos boas o suficiente para postar nas redes sociais, mas não são os melhores celulares nesse quesito, principalmente quando o assunto é foto noturna.

Pelo menos não com as câmeras traseiras, já que o Galaxy J7 Prime conta com flash frontal, para iluminar as selfies e permitir fazer fotos com boas condições de iluminação mesmo à noite.

Aliás, a câmera frontal do Galaxy J7 Prime também faz imagens maiores, com até 8MP, enquanto no Moto G5 são até 5MP. E a abertura do sensor do aparelho da Samsung também leva a melhor, sendo f/1.9, enquanto no Moto G5 ele é f/2.2.

Voltando para as câmeras traseiras, ambos fazem imagens com até 13MP, e são celulares que filmam em Full HD, entregando resultados, no geral, bem similares. A abertura dos sensores também é bastante parecida: f/1.9 no Galaxy J7 Prime, e f/2.0 no Moto G5. Vale destacar, ainda, que os dois contam com recursos como HDR, têm ajustes manuais, e fazem fotos panorâmicas.

Baterias com duração parecida, e carregamento mais rápido no Moto G5

Tudo bem que, numericamente, o Galaxy J7 Prime tem mais capacidade de bateria que o Moto G5 (3.300mAh contra 2.800 mAh). No entanto, alguns fatores interferem na duração total da bateria do celular, como o tamanho da tela.

Nesse caso, os dois aguentam bem um dia de uso moderado. Agora, uma vantagem do Moto G5 é que vem com um carregador mais rápido, de 10W.

Qual é melhor: Moto G5 ou Galaxy J7 Prime

Como já dissemos, os dois são boas opções de celular intermediário, mas contam com características que podem ser ideias para você ou não.

Para começar a escolher entre Moto G5 ou J7 Prime, o ideal é olhar para o tamanho da tela, e decidir se você quer um smartphone com tela grande, ou prefere celulares um pouco menores.

Já se você adora fazer selfies, o ideal pode ser investir no Galaxy J7 Prime, que é um celular com flash frontal. O J7 Prime também é o mais indicado para quem está pronto para decidir pelo smartphone que tiver o melhor desempenho, no geral.

E, do outro lado, o Moto G5 se mostra uma ótima opção para quem não abre mão do giroscópio, curte uma interface mais limpa do Android, e não tem paciência com leitores que demoram para reconhecer a digital.

Veja preços do Moto G5 e do Galaxy J7 Prime:

 

 

Leia também:

Moto G5 Plus vs Galaxy J7 Prime: quem vence essa batalha?

Moto G5S vs Moto G5: veja o que mudou de uma versão para a outra

 

Ah! A Black Friday está chegando e preparamos umas dicas para você aproveitar da melhor maneira o evento. Acesse a página da Black Friday aqui no Zoom e confira!

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone