Zoom indica em Celular e Smartphone

Quantum SKY ou Multilaser MS80: qual o melhor smartphone brasileiro?

Veja as semelhanças e diferenças entre os dois smartphones intermediários de marcas brasileiras.

quantum sky vs multilaser ms80
por Ricardo Bergher - Especialista em Tecnologia.

A Quantum e a Multilaser são duas marcas brasileiras conhecidas pelas várias opções de smartphones de entrada, ou seja, modelo simples para quem procura só os recursos mais básicos.

Mas elas também investiram em smartphones com características um pouco mais completas, que oferecem algumas vantagens dignas dos avançados, como bom espaço de armazenamento e até câmeras mais evoluídas.

Dois bons exemplos são o smartphone Quantum SKY e o smartphone Multilaser MS80, entre os mais completos das duas fabricantes, mas com preços mais baixos do que as marcas mais famosas.

Descubra qual o melhor smartphone brasileiro para o seu dia a dia: Quantum SKY ou Multilaser MS80.

 

Quantum Sky

Quantum SKY

Multilaser MS80

Multilaser MS80

Tela 5,5 polegadas Full HD (1920 x 1080 pixels)
5,5 polegadas HD+ (1440 x 720 pixels) 
Processador MediaTek MT6755 (Octa-core de 2,2 GHz) Qualcomm Snapdragon 430 (Octa-core de 1,4 GHz)
Memória RAM 4GB 3GB ou 4GB
Armazenamento 64GB 32 GB ou 64GB
Aceita cartão de memória Sim (Entrada híbrida) Sim
Conectividade 4G, 3G, Wi-Fi e Bluetooth 4.0 4G, 3G, Wi-Fi e Bluetooth 4.1
Dual chip Sim Sim
Leitor de impressões digitais Sim Sim
Reconhecimento facial Não Não
Câmera traseira 13 MP (f/2.0) Dupla: 20 MP + 8 MP
Câmera frontal 16 MP (f/2.0) 16 MP
Filma em Full HD
HD
Bateria 4.010 mAh 3.000 mAh
Dimensões (altura x largura x espessura) 154 x 76 x 8 mm 152 x 73 x 8 mm
Peso 181 gramas Não informado pela fabricante
Sistema operacional de fábrica Android 7 (Nougat) Android Puro 7 (Nougat)

Processadores garantem bom desempenho em redes sociais, apps de fotos e joguinhos casuais

Os dois modelos trabalham com processadores octa-core, o MediaTek MT6755 de 2,2GHz no smartphone Quantum e o Qualcomm Snapdragon 430 de 1,4GHz no Multilaser.

Ambos fazem parte das categorias mais simples dos octa-core, mas oferecem desempenho suficiente para lidar com os aplicativos mais usados, como redes sociais, apps de fotos e vídeos e reprodução de música e filmes em streaming. Mas o MediaTek tem uma leve vantagem em relação a esse modelo do Snapdragon, o que pode deixar a navegação um pouco mais fluída em tarefas que exigem mais potência.

O Quantum SKY tem versão única com RAM de 4GB, que favorece a velocidade de trabalho, mesmo com mais aplicativos abertos ao mesmo tempo, e armazenamento de 64GB, legal até para quem quer salvar várias fotos e vídeos no celular.

Já o Multilaser MS80 tem duas versões. A turbinada tem os mesmos 4GB de RAM e 64GB de armazenamento do Quantum SKY. Mas quem quer gastar menos pode optar pela versão mais simples do MS80 com RAM de 3GB e armazenamento de 32GB, que ainda vai dar conta das tarefas mais usadas no dia a dia, mas pode perder em velocidade de trabalho nos apps mais exigentes, além de contar com metade do espaço de armazenamento.

Os dois modelos têm entrada para dois chips e cartão de memória, mas o Quantum SKY tem slot híbrido, ou seja, é preciso escolher entre usar um segundo chip ou aumentar o espaço de armazenamento.

Multilaser MS80 aposta em Android Puro

O sistema operacional Android 7 (Nougat) também é um ponto em comum dos dois modelos. Mas, dessa vez, a Multilaser sai um pouco na frente, já que a marca optou pelo Android Puro, ou seja, com nenhuma ou poucas modificações de fábrica.

Com isso, os aplicativos pré-instalados do smartphone são os do Google, o que deixa sua navegação mais fluída e ocupa menos espaço de armazenamento.

Visual sem destaques, mas dentro do esperado da categoria

O smartphone Quantum SKY e o Multilaser MS80 também empatam em relação ao design, já que ambos têm visual sem novidades, mas que também não decepcionam, com bordas finas, mas aparentes, e estrutura traseira em material metalizado.

Com tela de 5,5” com proteção Gorilla Glass, o smartphone Quantum SKY tem definição de tela Full HD, com resolução de 1920x1080 pixels, superior aos 1440x720 pixels da tela HD+ do Multilaser MS80, com o mesmo tamanho de 5,5”. Então, se você quer maior qualidade de imagem, o modelo da Quantum é a melhor opção.

Câmera frontal dupla no Multilaser MS80

Além do melhor desempenho, outra vantagem desses modelos em relação aos smartphones mais básicos das fabricantes está nas câmeras.

O smartphone Quantum SKY se sai bem com câmera traseira de 13MP e câmera frontal de 16MP, ambas com HDR, que ajuda e melhorar o resultado dos contrastes e cores, e ajustes manuais. Só vale atentar para a abertura focal de f/2.0 das duas câmeras, que não tem tanta entrada de luz ambiente. Assim, as fotos noturnas ou em locais com pouca luz apresentam maior nível de ruídos, embora tenham uma ajuda do flash, inclusive na câmera frontal. Os vídeos podem ser gravados até em definição Full HD.

Mas o Multilaser MS80 leva a melhor ao apostar na câmera frontal com lente dupla de 20MP + 8MP, que garantem enquadramento maior e recursos como o Modo Retrato e fundo desfocado. A câmera traseira tem lente única de 16MP, e ambas apresentam opções de ajustes manuais e PDAF, que ajuda a evitar fotos tremidas. Já os vídeos ficam na definição HD.

Quantum SKY tem maior capacidade de bateria

Se a sua prioridade é a maior duração de bateria, o Quantum SKY é a melhor escolha, já que  seus 4.010mAh aguentam mais tempo de navegação do que os 3.000mAh do Multilaser. Além disso, o modelo da Quantum pode alcançar até 50% da carga em 30 minutos na tomada, segundo a marca.

Qual é melhor: Quantum SKY ou Multilaser MS80?

Considerando a versão do MS80 com RAM de 4GB e armazenamento de 64GB, o desempenho dos dois modelos é bem parecido. Então a decisão fica por conta das outras características.

O Quantum SKY é mais indicado para prioriza a maior definição de tela ou a bateria de longa duração e carregamento mais rápido, além do processador levemente melhor.

Já o Multilaser MS80 é bem legal para quem quer aproveitar os recursos da câmera frontal dupla, e ganha navegação mais simples e fluída com o Android Puro. Além disso, você pode gastar um pouco menos ao abrir mão de desempenho e armazenamento e optar pela versão mais simples.

De qualquer forma, os dois smartphones são alternativas interessantes para quem busca modelos intermediários com bom custo/benefício, mas não pretende trabalhar com aplicativos pesados e não quer investir os valores mais altos das marcas conhecidas.

Compare os preços:

 

 

Leia também:

O artigo foi útil?
Sim
Não
Obrigado!

Top 5 em celular e smartphone