Redmi Note 8 vs Redmi Note 9: o que muda nos celulares Xiaomi?

Pensando em fazer o upgrade? Comparativo detalha ficha técnica e preço dos smartphones.

Redação - ZoomEditor(a)

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

O Redmi Note 9 é o mais recente lançamento da Xiaomi para complementar o portfólio de smartphones da empresa no Brasil, e é destinado para usuários que não precisam do que há de mais avançado na indústria, mas não abrem mão de alguns dos recursos premium. O telefone tem câmera quádrupla, tela Full HD+ e uma bateria “gigante”, de 5.020 mAh.

Mas a dúvida que fica é: para quem possui o Redmi Note 8, antecessor do Redmi Note 9, compensa fazer a troca? Qual dos dois celulares tem o melhor custo-benefício? Para te ajudar a responder essas questões, montamos um comparativo mostrando todas as diferenças em fichas técnica e preço. Veja nas linhas abaixo.

Leia também: Melhor Xiaomi em 2020: 10 celulares para comprar no Brasil

a partir de:R$ 1.319,90

a partir de:R$ 1.299,90

Lançamento no Brasil
2019
2019
Linha
Redmi Note
Redmi Note
Tela
  • 6,3 polegadas
  • IPS LCD
  • Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
  • 6,53 polegadas
  • IPS LCD
  • Full HD+ (2340 x 1080 pixels)
Processador
  • Qualcomm Snapdragon 665
  • octa-core de até 2 GHz
  • GPU: Adreno 610
  • MediaTek Helio G85
  • octa-core de até 2 GHz
  • GPU: ARM Mali G52 MC2
Memória RAM
4 GB
  • 3 GB
  • 4 GB
Armazenamento
  • 64 GB
  • 128 GB
  • 64 GB
  • 128 GB
Memória expansível
Sim, via microSD de até 256 GB
Sim, via microSD de até 512 GB
Câmera traseira
  • 48 MP (f/1.79), Super Pixel 4 em 1.
  • 8 MP (f/2.2) (ultra-wide)
  • 2 MP(f/2.4) (macro)
  • 2MP (f/2.4) (modo retrato)
  • 48 MP (f/1.79), Super Pixel 4 em 1
  • 8 MP (f/2.2) (ultra-wide)
  • 2 MP (f/2.4) (macro)
  • 2 MP (f/2.4) (modo retrato)
Câmera frontal
13 MP (f/2.0)
13 MP (f/2.25)
Filma em
  • 1080p @ 30 fps
  • 1080p @ 60 fps
1080p @ 30 fps
Resistência à água e poeira
Não
Não
Sistema operacional de fábrica
Android 9.0 Pie
Android 10
Leitor de digitais
Sim
Sim
Reconhecimento facial
Sim
Sim
Dual chip
Sim
Sim
Bateria
4.000 mAh
5.020 mAh
Carregamento sem fios
Não
Não
Cores
  • Moonlight White
  • Space Black
  • Neptune Blue
  • Midnight Grey
  • Polar White
  • Forecast Green
Dimensões e peso
  • Altura: 158,3 mm
  • Largura: 75,3 mm
  • Espessura: 8,35 mm
  • Peso: 190 g
  •  Altura: 162,3 mm
  • Largura: 77,2 mm
  • Espessura: 8,8 mm
  • Peso: 199 g
Ofertas
Ver preçosVer preços

Design

Redmi Note 8 tem visual mais elegante

Os dois celulares seguiram as tendências de design de suas épocas, e mesmo com apenas seis meses de diferença entre seus lançamentos, podemos perceber que o visual da linha é algo que está mudando constantemente. O Redmi Note 9 tem o corpo feito em peças de plástico, uma traseira lisa, bordas arredondadas, para dar boa experiência na pegada, e câmeras alocadas em um módulo quadrado, algo que está se tornando mais comum hoje.

O Redmi Note 9 está disponível em 3 cores diferentes. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
O Redmi Note 9 está disponível em 3 cores diferentes. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O Redmi Note 8 tem aparência mais elegante devido ao corpo em vidro e ao efeito degradê que a Xiaomi colocou na parte de trás. Ele também conta com câmera quádrupla, mas essas são colocadas verticalmente na traseira, fazendo com que as lentes não tirem a atenção do belo trabalho que a empresa fez na aparência do aparelho.

Traseira do Redmi Note 8 tem revestimento em vidro. (Imagem: Lukmanazis/Shutterstock)
Traseira do Redmi Note 8 tem revestimento em vidro. (Imagem: Lukmanazis/Shutterstock)

Na parte frontal, o Redmi Note 8 tem uma tela com bom aproveitamento e poucas bordas, com a câmera frontal alocada em um pequeno entalhe no formato de gota. Já o Redmi Note 9 aposta em uma solução ainda mais discreta para a sua câmera, que fica em um recorte circular, no canto superior esquerdo.

Tela

Redmi Note 9 tem display maior

A tela dos dois modelos é semelhante, mas o Redmi Note 9 tem um tamanho um pouco maior. São 6,53 polegadas contra 6,3 polegadas do modelo mais antigo, ambas com resolução Full HD +, tecnologia IPS LCD, proporção 19.5:9 e claro, proteção Gorilla Glass contra arranhões.

Com poucas bordas, a Xiaomi aposta em uma tela mais imersiva para o Redmi Note 9. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Com poucas bordas, a Xiaomi aposta em uma tela mais imersiva para o Redmi Note 9. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A qualidade de imagem dos dois smartphones é boa, tudo dentro da medida da tecnologia IPS. No entanto, temos que lembrar que esse tipo de tela não entrega cores tão vivas ou cores mais intensas, quando comparada a uma tela AMOLED, por exemplo.

Desempenho

Vantagem para o mais recente: Redmi Note 9

No Redmi Note 8, a Xiaomi apostou no processador Snapdragon 665, um modelo intermediário já um pouco “antigo”. O Redmi Note 9 tem um processador Helio G85, da MediaTek, octa-core que também alcança até 2 GHz. Mesmo sendo parecidos em termos técnicos, o processador do lançamento mais recente da Xiaomi mostrou um desempenho até 22% melhor em testes de benchmark.

É uma boa diferença teoricamente, mas, na prática, quase não percebemos essa vantagem, que deve ficar mais evidente com o tempo de uso entre os aparelhos. Os dois celulares são capazes de rodar vários aplicativos do dia a dia (mesmo que um pouco mais pesados), além de também poderem ser usados para jogos, mas sem abusar muito, pois são modelos intermediários.

Na loja oficial da marca, é possível encontrar o Redmi Note 8 em uma versão única de memória RAM (4 GB). Já no Redmi Note 9 tem variantes com 3 GB ou 4 GB. Opte pela segunda para executar seus apps com maior fluidez e não ter dores de cabeças com engasgos.

Ambos os smartphones têm versões com 64 GB ou 128 GB de armazenamento, e espaço para expansão (até 256 GB no Redmi Note 8 e até 512 GB no Redmi Note 9).

Câmeras

Redmi Note 8 tem leve vantagem em vídeos

O Redmi Note 8 e o Redmi Note 9 têm câmera quádrupla com basicamente as mesmas especificações. Nos dois casos, a lente principal conta com sensor de 48 MP e abertura f/1.79. As lentes auxiliares são: ultra-wide (com sensor de 8 MP), para fotos com o ângulo mais aberto; macro (2 MP); e sensor de profundidade (2 MP), para auxiliar no desfoque do Modo Retrato.

Conjunto de câmeras do Redmi Note 9. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Conjunto de câmeras do Redmi Note 9. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Os dois celulares fazem uso da tecnologia Super Pixel, que se aproveita da grande quantidade de megapixels de seus sensores principais para criar uma foto menor, porém mais sensível à luz, unindo quatro pixels em 1. Apesar de serem modelos intermediários, eles conseguem boas fotos, com alto nível de detalhes, principalmente em ambientes com boa iluminação.

Câmeras do Redmi Note 8. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Câmeras do Redmi Note 8. (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Na câmera de selfies, a história se repete: os dois têm câmera de 13 MP, mas enquanto o Redmi Note 8 tem abertura f/2.0, o lançamento mais recente da Xiaomi tem abertura menor, f/2.2. Os dois modelos fazem filmagens em Full HD (1080p) com a câmera traseira, mas o Redmi Note 8 consegue essa resolução a 30 fps ou a 60 fps, enquanto o Redmi Note 9 faz apenas em 30 fps.

Bateria

Maior capacidade no Redmi Note 9

Para quem dá muita importância à autonomia de bateria, o Redmi Note 9 acaba sendo a melhor opção, já que é da safra de aparelhos da Xiaomi que chega com maior capacidade, neste caso de 5.020 mAh. A empresa promete até dois dias longe das tomadas, com uso moderado.

Já o Redmi Note 8 tem uma bateria de 4.000 mAh, que também é uma boa capacidade e deve conseguir resistir a um dia de uso sem grandes problemas. Os dois smartphones têm suporte ao carregamento turbo de 18 W.

Custo-benefício

Compensa trocar o Redmi Note 8 pelo Redmi Note 9?

Os dois celulares acabam sendo bem parecidos, então se você já possui um Redmi Note 8, não é muito vantajoso fazer a troca para o Redmi Note 9 já que as diferenças não são tão grandes. Neste caso, talvez seja melhor juntar um pouco mais de dinheiro e fazer a troca pelo Redmi Note 9 Pro, o modelo mais avançado dos lançamentos recentes. Você terá um ganho mais expressivo em processador, câmeras e bateria.

No momento de publicação deste artigo, o Redmi Note 8 custava R$ 1,3 mil no varejo eletrônico, enquanto o Redmi Note 9 partia de R$ 1,8 mil. Nesse caso, quem ganha em custo-benefício é o modelo mais antigo.

*Alerta de flutuação de preços: os preços citados nessa matéria correspondem ao valor praticado pelo varejo eletrônico na data de publicação do artigo e estão sujeitos à variação. Utilize nosso serviço de comparação e economize.

Compare preços

Encontre as melhores ofertas para o Redmi Note 8 e Redmi Note 9 no Zoom