PS5 vs PS4 vs PS4 Pro: veja comparativo entre os consoles da Sony

O Zoom analisou as fichas técnicas dos consoles de videogame e te mostra as diferenças e novidades do PS5.

PS5 vs PS4 vs PS4 Pro: veja comparativo entre os consoles da Sony
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 5 min. de leitura.

O Playstation 5 (PS5) já teve as especificações técnicas reveladas. De acordo com a Sony, o novo videogame promete um grande poder de processamento gráfico nos jogos por conta dos 10,23 teraflops de potência na placa gráfica. O armazenamento em SSD chega para diminuir muito as telas de carregamento durante a jogatina. Além disso, a fabricante também revelou algumas novidades em tecnologias, como a retrocompatibilidade do console com o PS4 e PS4 Pro.

Para ajudar você a entender a potência do novo console, o Zoom preparou um comparativo entre o PS5 e dois consoles da própria Sony, o PS4 e PS4 Pro. Compare as fichas técnicas dos três consoles e veja quais são as diferenças entre elas, além de ficar por dentro das novidades do novo videogame.

Leia também: Os melhores consoles de videogame para comprar

Produto indisponível

a partir de:R$ 2.260,14

a partir de:R$ 2.399,99

CPU
Octa-core Zen 2 a 3,5Ghz (frequência variável)
Octa-core Jaguar a 2,3 GHz
Octa-core Jaguar a 1,6 GHz
GPU
AMD Radeon com 10,28 TFLOPs e 36 CUs
AMD Radeon com 4,20 TFLOPs e 36 CUs
AMD Radeon com 1,84 TFLOPs e 18 CUs
Memória RAM
16 GB DDR6
8 GB DDR5
8 GB DDR5
Armazenamento interno
852 GB de SSD customizado
1 TB em HD
500 GB ou 1 TB de HD
Memória expansível
Sim, com slot USB para SSD NVME
Não
Não
Armazenamento externo
Suporta HD externo
Suporta HD externo
Suporta HD externo
Drive Óptico
4K UHD Blu-Ray
4K UHD Blu-Ray
Blu-ray
Resolução
4K
4K
Full HD
Ofertas
Produto indisponível
Ver preçosVer preços

CPU e GPU com desempenho bem superiores para o PS5

A AMD continuará produzindo processadores customizados, tanto para o PS5 quanto para o Xbox Series X. O novo console da Sony terá um Ryzen “Zen 2” octa-core que consegue atingir até 3,5 GHz. Vale lembrar que essa frequência é variável. O PS4 Pro usa um Jaguar octa-core que atinge até 2,3 GHz, ou seja, já é uma diferença em relação à nova geração.

Essa diferença aumenta quando comparamos o Zen 2 com o Jaguar do PS4 normal, que atinge “apenas” 1,6 GHz, ou seja, a nova geração de processadores terá mais que o dobro de potência neste caso. Não significa que necessariamente o PS5 será duas vezes melhor, mas considerando as outras configurações, é esperado uma boa diferença entre as gerações.

AMD Jaguar presente nas versões do PS4. (Foto: Reprodução/Tech Insights)
AMD Jaguar presente nas versões do PS4. (Foto: Reprodução/Tech Insights)

Assim como o processador, o PS5 continuará usando uma GPU da AMD. A placa de vídeo terá um total de 10,23 teraflops, quantidade que ultrapassa em mais de duas vezes o PS4 Pro, que possui 4,20 teraflops. A diferença aumenta ainda mais quando o comparamos com o PS4, que conta com 1,84 teraflops, ou seja, 5 vezes menos que o console da nova geração.

O teraflop é a medida indicada para mostrar a força da GPU e, quanto maior for, mais poder de processamento gráfico tem o dispositivo. O novo console da Sony rodará jogos em 4K nativamente, mas ainda não foi divulgado a quantos quadros por segundo ele conseguirá fazer isso. Da geração anterior, apenas o PS4 Pro tem suporte a jogos em 4K.

O PS5 tem mais RAM e armazenamento interno em forma de SSD

Tanto o PS4 quanto o PS4 possuem 8 GB de memória RAM em padrão DDR5. Já o PS5 terá o dobro, chegando no mercado com 16 GB. A tecnologia da memória também muda para uma versão DDR6, ou seja, além de ter uma maior quantidade de RAM disponível para os jogos e outros usos do sistema, ela também será mais atualizada.

Já o armazenamento interno é uma das melhorias mais importantes presentes no PS5. Enquanto o PS4 possui 500 GB ou 1 TB e o PS4 Pro tem 1 TB de armazenamento interno, ambos em forma de HD, o novo videogame da Sony contará com 825 GB de SSD em versão customizada para o console.

Com a adição do SSD, a inicialização de qualquer recurso do videogame, incluindo os jogos, ficará muito mais rápida, tendo em vista que esse tipo de armazenamento pode ser até 10 vezes mais rápido que um HD convencional. O tempo de espera para mapas carregarem dentro do jogo também diminuirá bastante.

O PS5 chegará com algumas tecnologias novas

Não só em números se baseiam a força do PS5. Ele também contará com a tecnologia Ray Tracing, que melhora a qualidade da iluminação, reflexos e sombras nos jogos, os tornando mais realistas. Esse recurso não está disponível em nenhum dos consoles da geração atual da Sony.

A esquerda, Battlefield V sem Ray Tracing, a direita ele com o recurso ativado. (Foto: Reprodução/YouTube “Cycu1”)
A esquerda, Battlefield V sem Ray Tracing, a direita ele com o recurso ativado. (Foto: Reprodução/YouTube “Cycu1”)

Além disso, o PS5 contará com um modo “boost”, que aumentará sua força ao rodar alguns jogos. Apesar de o resultado ser o mesmo de tecnologias que vemos em celulares e computadores, a forma com que isso é feito será diferente, não dependendo de nenhum fator térmico para alcançar bons resultados. Em outras palavras, mesmo se o videogame esquentar, o ganho em desempenho continuará o mesmo.

O console também terá um sistema de áudio tridimensional, que a empresa chama de “Tempest”. A fabricante promete que os jogadores poderão ouvir cada som ao seu redor, de forma com que eles fiquem totalmente imersivos nos jogos. De acordo com a Sony essa tecnologia irá trazer um novo nível de experiência para os jogadores.

O PS5 terá retrocompatibilidade com o PS4

Outro recurso que é novidade no PS5 é a retrocompatibilidade, que dá a capacidade para que ele rode jogos do PS4. De acordo com Mark Cerny, arquiteto-chefe do console, a Sony planeja fazer com que todos os jogos do PS4 rodem no PS5.

Godfall foi o primeiro jogo anunciado para o PS5. (Foto: Divulgação/Sony)
Godfall foi o primeiro jogo anunciado para o PS5. (Foto: Divulgação/Sony)

No entanto, por conta da diferença entre as arquiteturas dos consoles, apenas os 100 títulos mais jogados do console anterior receberão atualizações e poderão rodar melhor no videogame mais atual. Outros games devem funcionar por meio de emulação.

Fontes: Tech Radar, Playstation, Eurogamer

Quer comprar um PS4 ou PS4 Pro? Confira as ofertas com os melhores preços no Zoom!

Leia também: