Homem correndo em uma esteira ergométrica na sala

10 motivos para investir numa esteira ergométrica

Ainda na dúvida sobre ter uma esteira ergométrica em casa? Veja aqui alguns benefícios que podem te ajudar a decidir pela compra!

Raquel CarlettoRedatora

Publicado e atualizado 7 min. de leitura.

Compartilhe:

Você anda pesquisando por esteira ergométrica, acompanhando preços e analisando marcas. Mas, mesmo assim, ainda não sabe se vale a pena ter uma em casa? A gente entende que essa compra requer bastante reflexão mesmo. Só que, às vezes, tudo que você precisa para bater o martelo é lembrar das (muitas!) vantagens de ter uma esteira só sua.

Pensando nisso, separamos pelo menos 10 motivos que fazem a compra de um esteira ergométrica valer a pena. Que tal dar uma olhada? Se fizer sentido pra você, esse pode ser um bom sinal de que chegou a hora de investir na sua rotina de exercícios domésticos. Confere só aqui embaixo!

Ah, e por que não ver uma lista das melhores esteiras? Veja aqui e saiba em quais modelos ficar de olho!

Mulher correndo na esteira em casa e mexendo no celular
Ter uma esteira ergométrica pode ser uma ótima forma de ter constância nos exercícios (Foto: Reprodução/Shutterstock)

Elétrica ou mecânica: qual a melhor esteira ergométrica para uso doméstico?

Antes de tudo, é importante esclarecer uma coisa: sabia que esteiras esteiras ergométricas podem ser elétricas ou mecânicas? Na prática, elas têm algumas diferenças entre si, e a escolha deve considerar suas preferências e seu tipo de treino.

  • A esteira elétrica costuma ser a mais comum. Ela costuma ter um painel para facilitar o uso de diferentes recursos, tais como aferição dos batimentos cardíacos e execução de treinos já setados pela máquina. Além disso, nela você pode definir a velocidade que prefere para o treino, e é mais fácil de realizá-lo porque o motor movimenta a lona e ajuda a dar impulso à corrida ou caminhada.
  • Por outro lado, a esteira mecânica é visualmente mais simples, na maioria das vezes sem painel. Ela não precisa de energia elétrica e, por isso, o que dira o ritmo da corrida e caminhada é a velocidade das passadas do usuário, e não a lona. Embora seja um modelo mais em conta, vale lembrar que ela é um pouco mais difícil de usar - ainda mais para quem está começando.

Quer mais dicas de como escolher uma esteira ergométrica? Veja em nosso guia de compras para esse produto!

10 motivos para ter uma esteira ergométrica em casa

E aí, já sabe qual é o melhor tipo de esteira ergométrica para o seu treino em casa? Então, chegou a hora de lembrar por que tê-la pode ser um bom negócio! Veja alguns dos principais motivos para comprar uma esteira - além do aumento da resistência física, queima de gordura e desenvolvimento dos músculos do corpo.

1. Tá chovendo? Isso não vai te impedir de correr ou caminhar

Pode fazer chuva, sol e até aquele frio de doer: nada vai ser um empecilho para a sua corrida ou caminhada se ela for realizada em uma esteira ergométrica! Parece clichê falar desse benefício, mas ele é real, né?

Afinal, atire a primeira pedra quem nunca desistiu de sair para correr na rua por causa de um temporal de verão ou de temperaturas altas demais. Com uma esteira em casa, você tem toda praticidade e comodidade que precisa - e aí, entra um ponto importante: não tem mais desculpas para fugir do treino!

2. Acha que correr na esteira é mais fácil? Então, experimente se desafiar mais!

E por falar em treino, você é do tipo que gosta de se desafiar na corrida? Então, a boa notícia é que com a esteira ergométrica dá se exercitar com muito mais intensidade. O motivo é simples: enquanto na rua você acaba diminuindo o ritmo naturalmente a medida que se cansa, na esteira ergométrica elétrica o cenário muda.

A própria velocidade constante da lona, te impulsionando pra frente sempre no mesmo ritmo, faz com que você saia da sua zona de conforto. Assim, você pode se desafiar a seguir na velocidade que está sendo mantida - mesmo quando o corpo começa a cansar.

Homem correndo na esteira em casa com estante ao fundo
Com uma esteira ergométrica em casa você pode correr a qualquer hora! (Foto: Reprodução/Shutterstock)

3. Treine no melhor horário pra você - seja ele qual for!

Lembra que falamos de não sobrar mais pretextos relacionados ao clima quando se tem uma esteira ergométrica? Isso vale também para a desculpa clássica do "não tenho tempo para treinar". Quer coisa melhor do que correr ou caminhar no seu horário? Com uma esteira em casa, não existe cedo ou tarde demais para malhar.

Isso ajuda bastante quem tem uma agenda mais apertada e não sente segurança em treinar na rua em horários sem movimento. Ah, e claro, também facilita muito no quesito não precisar mais se preocupar com o horário que a academia abre ou fecha. É ou não é perfeito?

4. Menos acidentes no percurso: a esteira ergométrica diminui o risco de lesões

Ainda sobre treino na rua, quem já correu ou caminhou ao ar livre sabe: infelizmente, existe risco de acidentes no caminho. Pode ser um desnível na rua, um buraco na calçada, um choque com algum ciclista ou pedreste... Além disso, o risco de lesão pelo impacto dos pés no chão firme também é um fator bem importante de se considerar.

No entanto, esses problemas podem ser bastante amenizados com uma esteira ergométrica em casa. Isso porque ela ajuda a amortecer as passadas e, de quebra, controlar as variáveis de uma corrida na rua. Fora que poder realizar o treino numa superfície plana e lisa é ainda mais importante para quem já tem alguma lesão, ajudando a não sobrecarregar o corpo.

5. Você vai poder criar o seu próprio circuito de corrida

Não quer correr apenas em uma superfície plana? Ou, pelo contrário, prefere evitar as subidas e descidas da rua? A esteira ergométrica é perfeita para que você possa criar seu próprio circuito! Assim, se quiser optar pelo treino simples, basta mantê-la plana. Da mesma forma, caso queira se desafiar, você é quem escolhe como será os 'altos e baixos' do circuito.

Isso porque, hoje, diversas esteiras contam com o recurso de inclinação automática. Por meio dele, você pode 'subir ou descer' a estrutura onde fica a lona da esteira. Essa possibilidade intensifica o esforço feito na caminhada ou corrida com subidas em diferentes níveis sempre que quiser. Legal, né?

Um bom exemplo de esteira ergométrica com esse recurso é a Esteira Elétrica Residencial Concept 1.8, da Dream Fitness. Ela é chega a até 12km/h e ainda conta com rodinhas que facilitam o transporte!

6. Sem espaço em casa? Veja modelos compactos e dobráveis de esteira ergométrica

Quem foi que disse que uma esteira ergométrica precisa ocupar espaço demais da casa? Atualmente, não faltam modelos mais compactos e facilmente adaptáveis a cômodos até de apartamentos!

Mas ok, a gente sabe: em alguns casos, fica realmente difícil encontrar um cantinho para alocar o produto em casa. Só que antes de desistir da compra, vale considerar as esteiras dobráveis também, viu? Com elas, você termina de fazer seu exercício, dobra a esteira e ganha de volta o espaço que ela ocuparia na sala ou varanda.

Um bom exemplo é a Esteira Elétrica Residencial EP-1600 da Polimet. Ela é super fácil de manter em casa, mas atenção: ela só chega a 9km/h. Para quem aposta na caminhada ou corrida leve, vale a pena considerar!

7. Foco na postura: na esteira ergométrica dá para melhorar sua técnica

Você sente que precisa melhorar um pouco na técnica da corrida? Então, é possível que a esteira te ajude nessa tarefa também. Especialmente se você posicionar o aparelho perto ou ao lado de um espelho. Assim, enquanto você corre e analisa o próprio reflexo, fica mais fácil acertar a postura e corrigir os movimentos que possam estar errados.

De todo jeito, mesmo sem um espelho por perto, só pelo fato de não ter as distrações da rua ou da academia você já conseguirá se concentrar mais na posição dos ombros, da coluna e na sua passada.

8. De olho na conta de luz: esteiras ergométricas não gastam tanta luz quanto você imagina

É bem provável que você tenha medo de investir na esteira ergométrica e tomar um susto com a conta de luz do mês seguinte. Quer uma notícia legal? Isso não necessariamente vai acontecer!

Dependendo da frequência de uso e do consumo de energia (muitas vezes, descrito pelo fabricante na ficha técnica), o aumento na conta de luz pode ser simples de manejar. Além disso, vale fazer as contas: se você paga academia para usar a esteira, por exemplo, pode ser até que consiga economizar por mês - dependendo do valor da sua mensalidade, é claro!

Mulher de 60 anos usando esteira ergométrica em casa
Aproveite a esteira ergométrica em casa para caminhar em qualquer horário (Foto: Reprodução/Shutterstock)

9. Existem, sim, esteiras ergométricas mais em conta

E ainda sobre dinheiro, vale dizer: existem, sim, esteiras ergométricas boas e baratas! Embora tenham menos recursos, esses modelos cumprem com o que prometem e são ótimos aliados para a prática de exercícios em casa.

O segredo para encontrar um modelo com bom custo-benefício é sempre a pesquisa - e nessa parte a gente pode ajudar com uma curadoria especial. Confira só nossa lista de opções de esteira boa e barata que vale considerar na compra!

10. Fica bem mais fácil manter o projeto saúde em dia

Por fim, não dá para negar: ter uma esteira em casa ajuda muito a manter uma rotina constante de exercícios físicos. E, vale destacar, constância é o grande segredo para sair do sedentarismo, se apaixonar pelos exercícios físicos e manter um estilo de vida mais saudável.

Se ter uma esteira ergométrica em casa vai te ajudar a perseverar nos bons hábitos, já vale a pena fazer o investimento, não acha?