Repetidor TP-Link branco preso em parede

Melhor repetidor TP-Link: 5 modelos para melhorar seu sinal Wi-Fi

Um sinal ruim de Wi-Fi pode atrapalhar estudo, trabalho, jogatina ou maratona de séries. Veja modelos de repetidor TP-Link que podem resolver o problema.

Redação - Zoom

Publicado e atualizado 4 min. de leitura.

Compartilhe:

O sinal de Wi-Fi da sua casa não chega a todos os cômodos? Existem algumas maneiras de corrigir esse problema, como reposicionar o roteador, verificar a banda e outras conforme indicamos no artigo de dicas para melhorar o sinal do roteador. Mas, caso nenhuma delas funcione, então você pode precisar de um repetidor TP-Link.

Você pode usar qualquer repetidor para melhorar o sinal, mas é importante escolher um de qualidade. Por isso, optar por um repetidor de sinal WiFi TP-Link é uma forma de contar com uma marca conhecida no mercado.

Você não precisa ter um roteador TP-Link para comprar um TP-Link repetidor, já que não precisa ter compatibilidade de marca. Mas, se você quiser, pode conferir nossas sugestões de melhor roteador TP-Link.

Se você ainda está incerto sobre comprar um repetidor de sinal TP-Link, saiba que não é tão difícil instalar e ele pode melhorar bem o sinal de internet para chegar em cada canto da casa. Você pode inclusive seguir nosso guia para saber como configurar repetidor TP-Link. Com isso esclarecido, confira abaixo cinco modelos de repetidor TP-Link para ter um bom sinal Wi-Fi em toda a sua casa.

Para quem não quer gastar muito com um repetidor Wi-Fi TP-Link, o modelo TL-WA850RE é bem simples e em conta. Ele é bem pequeno e com poucos botões, o que também o faz ser fácil de usar. Ele pode ser configurado por Wi-Fi, cabo de rede ou WPS. Suas funções permitem controlar o acesso e também salvar configurações de conexão pra mantê-las mesmo ao mudar a rede.

O repetidor TP-Link TL-WA850RE usa frequência de 2.4GHz e tem velocidade de 300Mbps. Ou seja, não é tão potente quanto outros modelos. Mas é justificável pelo preço e ainda pode quebrar um galho em muitas situações. Ele tem conexão wireless, é compatível com padrões de rede IEEE 802.11b/g/n e tem uma porta LAN 10/100. Esse repetidor de sinal TP-Link tem duas antenas internas.

Se você quer um repetidor TP-Link mais potente, mas ainda bastante acessível, o RE200 V1 é o ideal. Ele é Dual Band, então tem um canal de 5GHz com até 450Mbps e outro de 2.4GHz de 300Mpbs. Com isso você pode escolher entre velocidade e alcance, dependendo da sua necessidade no momento.

Ele tem conexão de wireless e três antenas internas, mas vem também com uma porta para cabo Ethernet. O repetidor TP-Link RE200 V1 é compatível com vários padrões de rede, são eles: IEEE 802.11b/g/n/a/ac. Tudo isso sem perder a praticidade de instalação. Para completar, ele tem um design elegante para ficar bonito na sua decoração.

Se configurar um repetidor TP-Link é complicado para você, então o TL-PA4010KIT TP-Link repetidor é para você. Ele tem um sistema “Plug and Play” para não precisar fazer ajustes. Ele funciona com, pelo menos, dois aparelhos, um que você conecta no roteador e outro no dispositivo que quer melhorar o sinal. Após ligar os cabos é só apertar o botão “pair” para parear.

Se quiser conectar o repetidor a mais dispositivos, então precisará de mais um repetidor para entrar no sistema. Por isso ele tem uma porta Ethernet para ligar ao roteador e ao dispositivo. Os padrões de rede que o repetidor TP-Link TL-PA4010KIT usa são IEEE 802.3 e IEEE 802.3u. O sistema, além de prático, é rápido, com até 500 Mbps.

O repetidor TP-Link TL-WPA4220 é outro que utiliza o sistema Powerline. Isso significa que ele usa dois aparelhos, como o anterior, com um deles conectado ao roteador via cabo Ethernet. A diferença é que o repetidor TP-Link TL-WPA4220 não precisa ser conectado com cabo nos dispositivos, já que funciona como um típico repetidor sem fio.

O uso desses dois aparelhos o torna um repetidor TP-Link de mais qualidade pois ele estende o sinal pela tomada. Ou seja, você conecta um lado no roteador e o coloca na tomada. Já o repetidor TP-Link fica na tomada de outro cômodo. Assim o sinal passará pelo cabo de energia em vez de pelo ar, atravessando paredes que normalmente reduzem o alcance e força do Wi-Fi.

Com isso, a taxa de transferência de dados pela fiação chega a 600Mbps. Naturalmente, ele tem conexão wireless e vem com duas portas Ethernet. Os padrões de rede compatíveis são IEEE 802.11b/g/n, IEEE 802.3 e IEEE 802.3u. Um adicional interessante é o botão de clonar Wi-Fi, que copia as configurações do seu roteador, facilitando o uso.

O último da lista é o repetidor TP-Link RE450. Seu preço é um mais alto que os anteriores, mas ele ainda fornece um bom custo-benefício. Como um repetidor de sinal TP-Link Dual Band, ele tem dois modos, um de 2.4GHz com 450Mbps e outro com 5GHz e 1300Mbps. Dessa maneira, ele é o mais potente repetidor TP-Link desta seleção.

Suas três antenas são externas, o que pode prejudicar no visual, mas beneficia a estabilidade do sinal. Além da wireless, a porta gigabit Ethernet dá mais uma opção de conexão. Ele usa padrões de rede IEEE 802.11ac/b/g/n.

O repetidor TP-Link RE450 tem modos inteligentes para tirar mais do aparelho. O Modo AP consegue melhorar até a internet cabeada, enquanto o Modo de Alta Velocidade recebe dados por uma banda e envia por outra, excelente para jogos ou streaming de vídeos. Para completar, toda a rede pode ser administrada pelo aplicativo de celular TP-Link Tether.