Zenfone 6 vs Zenfone 5Z: o que muda entre os celulares Asus?

As diferenças entre as duas gerações de smartphones da Asus vão muito além da câmera flip; compare ficha técnica e preço

Zenfone 6 vs Zenfone 5Z: o que muda entre os celulares Asus?
Ricardo BergherEditor(a)

Publicado e atualizado 6 min. de leitura.

O Zenfone 6 é o novo celular top de linha da Asus, sucessor do Zenfone 5Z, de 2018. O smartphone mais recente chega com algumas melhorias significativas em ficha técnica, como o processador Qualcomm Snapdragon 855 e a câmera “flip”, composta por duas lentes.

Mas será que o upgrade justifica uma troca entre as gerações? E para quem busca um novo celular, o preço do Zenfone 6 entrega bom custo-benefício, ou é melhor pagar mais barato no modelo anterior? Descubra a resposta para essas dúvidas neste comparativo de especificações entre os celulares Asus.

Leia também: Os Melhores Celulares de 2019

Produto indisponível

a partir de:R$ 3.299,00

Data de lançamento
Agosto de 2018
Outubro de 2019
Tamanho da Tela
6,2 polegadas (18,7:9)
6,4 polegadas (19,5:9)
Resolução da Tela
Full HD+ 2246 x 1080 pixels
Full HD+ 2340 x 1080 pixels
Processador
Octa-core de até 2,7 GHz (Snapdragon 845)
Octa-core de até 2,84 GHz (Snapdragon 855)
Memória RAM
4 GB, 6 GB ou 8 GB
6 ou 8 GB
Armazenamento
64 GB, 128 GB ou 256 GB
64 GB, 128 GB ou 256 GB
Memória expansível
Sim (até 1 TB)
Sim (até 1 TB)
Câmera traseira
12 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.0)
Flip: 48 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4)
Câmera frontal
8 MP (f/2.0)
Flip: 48 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4)
Filma em
4K (2160p)
4K (2160p) @ 60 fps
Bateria
3.300 mAh
5.000 mAh
Dual chip
Sim
Sim
Acesso à Internet
Sim
4G, 3G e Wi-Fi
Sistema operacional
Android 9 Pie
Android 9 Pie
Leitor de digitais
Sim
Sim
Reconhecimento Facial
Sim
Sim
Scanner de íris
Sim
Sim
Resistência à água e poeira
Sim
Sim
TV Digital
Não
Não
Dimensões
153 x 75,7 x 7,9 mm
159,1 x 75,4 x 9,2 mm
Peso
165 gramas
190 gramas
Cores
Azul e cinza
Preto e cinza
Ofertas
Produto indisponível
Ver preços

Câmera “flip” é o maior diferencial do Zenfone 6

Foto: câmera “flip” do Zenfone 6 ativada no modo selfie. Créditos: Reprodução/Shutterstock

O Zenfone 6 tem câmera “flip” – isso é, que gira para atuar na parte frontal ou traseira, de acordo com a necessidade do usuário. O conjunto é composto por dois sensores, o principal com 48 MP (f/1.8) e o secundário com 13 MP (f/2.4) e flash LED.

Além de proporcionar um maior aproveitamento da área frontal do aparelho, fazendo com que a tela ocupe praticamente toda a parte da frente do Zenfone 6, a solução também é bacana por permitir que o usuário tire selfies com a mesma qualidade das imagens feitas com o que seria o sistema principal de câmera dupla do smartphone.

Uma das grandes adições, que vai na onda das demais fabricantes de smartphones em 2019, é o Modo Noturno para fotos, que promete otimizar o resultado das imagens capturadas à noite em em locais com baixa iluminação. O recurso torna as cores mais agradáveis e naturais, sem prejudicar a nitidez.

Foto: Zenfone 5Z tem câmera dupla com IA na parte traseira. Créditos: Reprodução/Shutterstock
Foto: Zenfone 5Z tem câmera dupla com IA na parte traseira. Créditos: Reprodução/Shutterstock

O conjunto fotográfico do Zenfone 5Z, por sua vez, é bem mais simples, com dois sensores na traseira 12 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.4) e mais uma câmera de selfie de 8 MP (f/2.0). Ele conta com sistema de inteligência artificial para reconhecer os tipos de cena e propor melhorias.

Nos dois casos é possível gravar vídeos em 4K a 60 frames por segundo. Contudo, para vídeos em slow motion, o smartphone mais antigo vai a “apenas” 240 fps, enquanto o modelo mais novo é capaz de captar até 480 fps. Uma super câmera lenta!

Zenfone 6 proporciona maior imersão com bordas quase inexistentes e tela grande

É claro que as câmeras que se escondem têm um impacto no design da tela, já que a ausência de um sensor frontal do Zenfone 6 torna desnecessária a presença do famoso notch, aquele recorte na parte tela onde tradicionalmente fica sensor.

Foto: bordas finas e tela sem notch são destaques do visual do Zenfone 6. Créditos: Reprodução/Shutterstock

O modelo praticamente não tem bordas, o que o deixa com visual elegante e com uma maior capacidade de imersão para quem curte assistir vídeos, filmes e séries no celular. A tela, aliás, é um pouco maior do que a do modelo anterior: 6,4 polegadas contra 6,2 polegadas do Zenfone 5Z.

Em ambos os casos a tecnologia usada nas telas é IPS LCD, e a resolução é Full HD+, que promete reproduzir imagens com alto nível de detalhes.

Desempenho, que já era bom, melhorou

Aqui é importante dizer que os dois modelos têm, ao todo, seis versões diferentes:

Em comum, as versões do Zenfone 5Z contam com o processador Snapdragon 845, o mais avançado de 2018 lançado pela Qualcomm, com oito núcleos e velocidade máxima de 2,7 GHz – o é suficiente para executar programas mais pesados e jogos que exigem bastante do hardware do celular.

Foto: Zenfone 5Z tem versões com 4 GB, 6 GB e 8 GB de memória RAM. Créditos: Reprodução/Shutterstock

As versões do Zenfone 6 contam com o processador Qualcomm Snapdragon 855, ainda mais moderno que, é claro, apresenta um desempenho ainda melhor. Em testes, mostrou velocidade de processamento 46% superior ao seu antecessor. Se já não dava para reclamar do desempenho no modelo anterior, a Asus se superou com o novo chip.

Na parte de biometria e segurança, ambos os smartphones contam com leitor de digitais e reconhecimento facial, para desbloqueio de tela e apps.

Mais bateria: longa vida longe das tomadas

Outra mudança no top de linha da Asus é a bateria. A comparação é parecida com a do desempenho: o Zenfone 5Z já tinha uma ótima configuração, que melhorou no Zenfone 6.

O smartphone de 2018 contava com uma bateria com capacidade de 3.300 mAh, suficiente para um longo período fora das tomadas. No novo celular, este tempo é ainda maior, pois a capacidade é de 5.000 mAh.

Foto: Zenfone 6 tem bateria de 5.000 mAh. Créditos: Reprodução/Shutterstock
Foto: Zenfone 6 tem bateria de 5.000 mAh. Créditos: Reprodução/Shutterstock

De acordo com a Asus, essa especificação garante uma autonomia de 21 horas de acesso à Internet por Wi-Fi. Em um uso comum, a bateria certamente tem capacidade para mais de um dia sem a recarga com folgas. Vale lembrar ainda que os dois smartphones têm suporte para recargas rápidas.

Comprar o Zenfone 5Z? Trocar pelo Zenfone 6? Afinal, qual é o melhor negócio?

O Zenfone 6 é sem dúvida um aparelho mais avançado. A presença de um processador mais moderno, de câmeras que, além de diferentes são mais avançadas, e da bateria com maior capacidade tornam ele um celular completo e muito moderno.

No entanto, como em todo lançamento, o seu custo acaba sendo mais alto, ao mesmo tempo em que há uma tendência de queda de preço do modelo anterior. Por exemplo, o modelo mais caro do Zenfone 5Z, com 8 GB de RAM e 256 GB de memória interna, é mais barato do que o modelo mais simples do Zenfone 6 (com 6 GB de RAM e 64 GB de memória interna).

Portanto, olhe bem para o seu bolso e compare a versão que você quer. Se o seu orçamento estiver mais folgado, o Zenfone 6 é o modelo ideal para você. Ele é um dos flagships com melhor custo-benefício em 2019, e entrega soluções inovadoras e interessantes para quem está sempre em busca do que há de mais novo no mundo dos smartphones.

Se, por outro lado, você quer um celular que mande bem no dia a dia, mas não é tão exigente com câmeras e design, poderá economizar uns bons reais escolhendo o Zenfone 5Z, que não deve deixar a desejar em processamento e bateria para um dia comum.

Encontre as melhores ofertas para o Zenfone 6 e o Zenfone 5Z no Zoom:

Leia também: